domingo, maio 22, 2022

UM SERVO. UM FILHO. UMA CASA

 

“PORQUE FOSTES COMPRADOS...COM O PRECIOSO SANGUE... O SANGUE DE CRISTO...” (1 Coríntios 6.20; 1 Pedro 1.18.19).


O mundo um grande mercado de escravos. Escravos do pecado, sem a menor chance de ser libertos.
Todavia, o Filho amado do Pai, se ofereceu pelo Espírito eterno (Hebreus 9.14), assumiu a for a de Servo (escravo), viveu na terra como Servo, aliás, afirmou que não veio para ser servido mas para servir (Marcos 10.45).
No Calvário, ELE consumou o sacrifício que havia sido feito desde a fundação do mundo (Apocalipse 13.8), glória a Jesus!
COMPROU-NOS! Pagou à vista. E sem chance de recompra, aleluia! E como está escrito: “...OUTRORA SERVOS DO PECADO...FOSTES LIBERTADOS DO PECADO, E FOSTES FEITOS SERVOS DA JUSTIÇA.” (Romanos 6.17.18). Aleluia!
E porque fomos comprados para Deus, todos quantos receberam a Cristo foram feitos FILHOS DE DEUS!
Como filhos de Deus desfrutamos de todas as benesses de filho e até somos amados como Ele amou a Jesus, imagine! (João 17.23).
O direito de filhos nos garante a certeza de que somos herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo (Romanos 8.17).
Já parou para pensar tudo o que nos foi oferecido no Reino de Deus através do sacrifício do SERVO JESUS?
Como filhos temos a certeza de um dia irmos entrar na casa do Pai, pois Jesus já preparou lugar nas moradas de lá. Temos a garantia porque os varões afirmaram ter sido Ele recebido no ceu (Atos 1.11). Glória a Jesus!
O Pai fez uma promessa ao Filho de que enviaria o outro Consolador, o Paracleto, Aquele que estaria com a Igreja 
para sempre (João 14.16).
A promessa foi cumprida! Deus é fiel em todas as Suas promessas.
O Espírito Santo da verdade “...HABITA CONVOSCO E ESTARÁ EM VÓS.” (João 14.17). E agora: “...NÃO SABEIS VÓS QUE O VOSSO CORPO É SANTUÁRIO DO ESPÍRITO SANTO?...” (1 Coríntios 6.19).
Ei! O Amigo mora em nós! Somos Sua casa, aleluia!
Na Antiga Aliança, Deus se comunicava com o Seu povo à distância, eles ouviam a Sua voz, não podiam seque se aproximar da arca da aliança onde estava a presença de Deus.
Veio Jesus, agora os homens tinham Deus como um deles, Deus entre eles, vivendo as mesmas coisas que eles, porém, sem pecado! 
Missão cumprida. Retorno à casa do Pai, àquela glória que tinha antes! Agora O VENCEDOR! O TRIUNFANTE! Os portais eternos se abrem para que neles entre o REI DA GLÓRIA, O SENHOR DOS EXÉRCITOS! Aleluia! Aleluia!
Mas, AQUELE que nos comprou não nos deixou órfãos!
Hoje temos DEUS CONOSCO e DE DEUS DENTRO DE NÓS!
É um privilégio indizível, inexplicável fruto do AMOR!
O que queremos mais amados? Por que tanta insatisfação?
Por que murmurar, reclamar, queixar, querer desistir depois de tantas provas do cuidado de Deus por nós?
Devemos nos arrepender, nos humilhar debaixo da potente mão de Deus e ser agradecidos.
Responda com toda sinceridade: eu e você merece tanta bondade assim?
Como servos, filhos e casa espiritual temos a certeza de um dia participar das Bodas do Cordeiro como Sua Noiva, celebrando no banquete do perdão pela graça!
MARANATA!

domingo, maio 08, 2022

MÃES ESQUECEM, SIM

 “PODE UMA MÃE ESQUECER-SE DO SEU FILHO? “

(Isaías 49.15)

Conheço algumas histórias de mães que esqueceram seus filhos, no ônibus, na escola e até no templo!
Não somente uma mãe pode esquecer o filho como abandona-los, maltrata-los, usá-los como instrumentos de conseguir dinheiro, e até assassina-los de diferentes maneiras, enfim...
Todavia, o Deus Todo Poderoso, o Criador dos céus e da terra, o Soberano, o Absoluto, e tudo o que se possa imaginar em autoridade e poder, Ele, sim, Ele mesmo afirma que: “...AINDA QUE ESTA SE ESQUECESSE, EU, TODAVIA, ME NÃO ESQUECEREI DE TI.” (Isaías 49.15). Aleluia!
Ei, mãe aflita, Ele não esqueceu de você!
Mãe abandonada pelos filhos, ELE não esqueceu de você!
Mãe preocupada com a salvação dos filhos, Ele não esqueceu de você e seus filhos não irão fazer companhia ao inimigo de Deus!
Mãe enferma de doença incurável, Ele não esqueceu de você!
Mãe , Endividada, Ele não esqueceu de você! Tem azeite na botija? O milagre vai acontecer, tão somente creia!
Mãe depressiva, Ele não esqueceu de você!
Agora, é necessário analisar nosso comportamento como discípula de Jesus e tomar decisões que nos ajudem a viver verdadeiramente como tal.
Mãe raivosa, urge fazer despojamento (Colossenses 3.8); Ele não esquece de você!
Mãe amargurada, lance fora a amargura para não se privar da graça de Deus (Hebreus 12.15).
Mãe vingativa, se arrependa e entregue o mal que lhe fizeram ao Seu Dono, Aquele que lhe comprou - Jesus! (Romanos 12.19); Ele, não esquece de você!
Mãe murmuradora, insatisfeita, Ele não esquece de você, mas seja uma ovelha satisfeita e agradecida. Quem é ovelha não precisa de nada, por isso não tem de que murmurar (Salmo 23.1).
A lista é grande, contudo, o melhor é ter a certeza de que Ele não esqueceu de nós! Ele só esquece uma coisa: “...DOS SEUS PECADOS NÃO ME LEMBRAREI MAIS.” (Hebreus10.17). Glória a Deus! (Você pode dar um glória a Jesus?).
E porque Ele não esquece não nos falta todos os dias a Sua misericórdia, a Sua graça, o Seu amor!
“ELE FAZ COM QUE A ESTÉRIL SEJA ALEGRE MÃE DE FILHOS...” (Salmos 113.9). Aleluia!
A maternidade dignifica a mulher!
Em nome de Jesus não entre no rol das mulheres arrependidas por terem filhos, daquelas que, sem motivo plausível não querem filhos. Pelo contrário, seja feliz em obedecer ao primeiro mandamento de Deus para o casal na terra: “...FRUTIFICAI...” (Gênesis 1.28).
A mãe tem um papel indispensável na vida espiritual dos filhos. Haja visto na vida de Noé.
Deus deu a ordem da entrada da família na arca: Noé, seus filhos, sua mulher e as mulheres dos filhos. A mãe estava na retaguarda como Atalaia para que os filhos não voltassem e fossem destruídos. Ela apoiava o marido que deveria ser seguido como líder da família para a salvação.
Mães queridas, minhas colegas(sou mãe, avó e bisa, glória a Deus), sejamos felizes e agradecidas ao Pai que nos confiou tão nobre missão!
MARANATA!

segunda-feira, maio 02, 2022

EVANGÉLICO E HOMICIDA

“TODO AQUELE QUE ODEIA A SEU IRMÃO É HOMICIDA...”

(1 João 3.15).

Jesus está vindo! Despertemos-nos enquanto há tempo para lavar as nossas vestes no sangue do Cordeiro, com arrependimento e fé. 
O NOIVO ESTÁ CHEGANDO!
Uma das coisas que a Palavra de Deus nos afirma é de que o homicida ficará de fora da cidade celestial, portanto, não subirá com a Noiva quando a trombeta tocar.
Nem todos os pregadores estão dispostos a pregar essa mensagem, mas é necessário que o povo que se chama pelo Nome do Senhor seja despertado antes que seja tarde demais.
Todos sabemos que homicida é aquele que mata o seu próximo, como também dificilmente alguém assume que odeia seu irmão. Já ouvi pessoas dizerem: eu não odeio fulano. 
Entretanto, o Amigo certa vez enquanto ensaiava com um grupo de irmãs me disse: fale para elas que que não há meio termo, aquele que não ama seu irmão o odeia! Forte!
Na antiga aliança um dos mandamentos da lei é “NÃO MATARÁS.” (Êxodo 20.13). Esse matar é literalmente tirar a vida física de alguém. Pronto!
Contudo, na Constituição do Reino a coisa mudou! Agora é bem diferente: “ OUVISTES O QUE FOI DITO AOS ANTIGOS: NAO MATARÁS... EU, PORÉM, VOS DIGO: TODO AQUELE QUE SEM MOTIVO SE IRAR CONTRA SEU IRMÃO ESTARÁ SUJEITO A JULGAMENTO; É QUEM PROFERIR UM INSULTO À SEU IRMÃO ESTARÁ SUJEITO A JULGAMENTO DO TRIBUNAL; E QUEM LHE CHAMAR: TOLO,ESTARÁ SUJEITO AO INFERNO DE FOGO.” (MATEUS 5.21-23).
Na Nova Aliança ser homicida não quer dizer matar fisicamente apenas, Jesus acrescentou mais três situações nas quais poderemos ser homicidas.
Primeiro: precisamos ter cuidado com a ira, a raiva. Podemos nos irar, pois a irá é uma emoção da natureza humana, porém não pecar abrigando-a em nosso coração, para não dar lugar ao diabo (Efésios 4.26.27).
Quando deixamos a raiva ficar guardada ela se transforma em ódio e a pessoa contra a qual nos irmãos (justificável ou não) acaba sendo morta em nosso coração. O sentimento que mostra que a tal pessoa está morta para nós é a indiferença, que é uma manifestação de ódio!
Segundo: o insulto contra alguém provoca sua morte, porque ao insulta-ló faz com que tal pessoa se ire contra nós a ponto de nos odiar e se tornar homicida, e deste modo somos homicidas por torná-lo um homicida. Como consequência passamos a ignora-lo também.
Terceiro: ao fazermos certas colocações sobre uma pessoa poderemos torná-la desacreditada diante dos outros, desclassifica-lá a ponto de “matá-la” socialmente! Coisas do tipo: não preste atenção ao que ele fala, ele é tolo, não sabe o que diz, é sem noção, só fala besteira... Isso provoca a ira quem recebe, fá-lo tornar-se homicida e nós também por criarmos tal situação.
Em todas as situações o julgamento é certo e a condenação poderá levar ao inferno de fogo! Gente, não é brincadeira!
Amados, pecamos a ajuda do Amigo para examinar nosso coração, a fim de que possamos nos despojar de todo sentimento mau contra seja quem for. O primeiro sentimento que a Palavra nos manda despojar-nos é a ira (Colossenses 3.8). 
O despojamento diário é necessário para mantermos limpo o nosso coração para que possamos ver a Deus (Mateus 5.8).
A ira é tão terrível que se nosso coração abriga-na sequer podemos orar, pois está escrito: “QUERO QUE OS HOMENS OREM EM TODOS OS LUGARES, LEVANTANDO MÃOS SANTAS, SEM IRA E SEM CONTENDA.” (1 Timóteo 2.8) e como escreveu o sábio Salomão: “...A IRA SE ABRIGA NO CORAÇÃO DOS TOLOS...” (Eclesiastes 7.9).
Os espíritos enganadores estão agindo para ignorarmos as eternas verdades da Palavra e ainda usando a graça como pretexto para que desobedeçamos ao que Jesus ensinou.
Não nos enganemos meus queridos, porque está escrito: “FICARÃO DE FORA...OS HOMICIDAS...” (Apocalipse 21.8).
Portanto, meus amados, nos arrependamos e convertamos e cheguemo-nos com confiança ao trono da graça antes do estrugir da última trombeta!


sábado, abril 23, 2022

A CIDADE DOS INDULTADOS

 “...NELA NÃO ENTRARÁ NADA QUE SEJA IMPURO NEM NINGUÉM QUE FAÇA COISAS VERGONHOSAS OU QUE CONTE MENTIRAS...” (Apocalipse 21.27).


A Palavra afirma: “TODOS PECARAM...”; “...O PECADO HABITA EM MIM;” “SE DIZEMOS QUE NÃO TEMOS PECADOS, ESTAMOS NOS ENGANANDO...” “SE DIZEMOS QUE NÃO TEMOS COMETIDO PECADOS, FAZEMOS DE DEUS UM MENTIROSO...” E agora?
Pecado é a transgressão da lei; errar o alvo. Assim, todos somos pecadores porque desobedecemos aos mandamentos de Deus e só nos resta pagar a pena, até que...
A boa notícia: HÁ UMA ESPERANÇA! Um indulto; A GRAÇA SE MANIFESTOU EM CRISTO! Não somente como graça (favor a quem não merece), mas indulto, PERDÃO!
O perdão individual é chamado graça, enquanto que o perdão coletivo é chamado indulto.
O Filho de Deus — JESUS foi enviado e nos beneficiou individualmente para podermos estar no grupo dos indultados através da remissão pelo Seu sangue, aleluia!
Quero lhe convidar para pensar um pouco: mesmo estando em Cristo transgredimos, desobedecemos à Palavra, isto é real, portanto somos passíveis de ser punidos. Contudo, pela ação do Espírito Santo que em nós habita, nos arrependemos, pedimos perdão e recebemos a graça, o indulto para continuar livres como cidadãos do Reino da luz! 
Quantas vezes no nosso dia somos perdoados? Agora multiplique pelo número de anos que estamos seguindo a Jesus; impossível mensurar.
A Palavra de Deus afirma que somos alcançados pela graça, recebemos indulto através da intervenção de um Advogado: o Dr. Jesus! (1 João 2.1). Ele se apresenta diante do Juiz de toda a terra e entra com a petição e consegue nos absolver, glória a Jesus! (Hebreus 9.24).
Meus queridos leitores, quero vos rogar: AMEM A JESUS!
Na cruz Jesus cancelou nossa dívida e ainda se tornou nosso fiador, Aquele que se responsabiliza por nós! Isso é realmente maravilhoso amados!
É como está escrito: “...TEMOS RECEBIDO DELE GRAÇA SOBRE GRAÇA...” O que queremos mais?
Somos indultados diariamente por Aquele que nos ama, como podemos negar indulto a alguém? Só mesmo os que estão contaminados com o vírus luciferiano.
Da mesma maneira como recebemos a graça, o indulto, o perdão, devemos agir em relação àqueles que pecam contra nós meus amados.
Receber o perdão está diretamente relacionado a perdoar como disse Jesus: “...PERDOAI E SEREIS PERDOADOS.” (Lucas 6.37).
A nova Jerusalém a cidade santa está esperando a Noiva do Cordeiro. Todavia, só adentrarão suas portas os indultados, remidos pelo sangue do Cordeiro, aqueles que foram alcançados pela graça de Deus - JESUS e ao mesmo tempo perdoaram os seus devedores!
Todos os indultados têm os seus nomes inscritos no livro da Vida do Cordeiro desde a fundação do mundo (Apocalipse 17.8), estão com suas vestes lavadas no sangue do Cordeiro (Apocalipse 22.14), receberão um novo nome é terão gravado em si o novo nome de Jesus, e participarão do banquete do perdão (somente para indultados!)
MARANATA!





Enviado do meu iPad

sexta-feira, abril 08, 2022

NOSSAS FONTES

 “...TODAS AS MINHAS FONTES SÃO EM TI.” (Salmos 87.7).


JESUS! NOSSAS FONTES SÃO EM TI!
O meu Senhor querido falou com a mulher samaritana: “AQUELE, PORÉM, QUE BEBER DA ÁGUA QUE EU LHE DER NUNCA MAIS TERÁ SEDE; PELO CONTRÁRIO, A ÁGUA QUE EU LHE DER SERÁ NELE UMA FONTE A JORRAR PARA A VIDA ETERNA.” (João 4.14). E ainda: “ ...SE ALGUÉM TEM SEDE, VENHA A MIM E BEBA.” (João 7.37).
O salmista teve sede de Deus porque Jesus ainda na tinha sido enviado pelo Pai para saciar totalmente a sede da alma do homem. Quem ama a Jesus e guarda a Sua palavra, Ele e o Pai fará morada nele, glória a Deus!
Quando estamos em Cristo e Ele em nós, nos alimentamos dEle, bebemos dEle, temos vida abundante que Ele nos deu, pois como Ele falou: “...AS PALAVRAS QUE EU VOS TENHO DITO SÃO ESPIRE SÃO VIDA.” (João 6.63)
Temos vida eterna no presente por estarmos nEle (João17.3 - intimidade com Ele e com o Pai); e a promessa de vivermos eternamente junto com Ele na casa do Pai!
Amados, primeiro é aberta em nós uma fonte; depois, por causa do Espírito derramado rios de água viva fluem de nosso interior. A fonte é o início dos rios! Somos inundados pela Palavra e cheios do Espírito, aleluia!
A Palavra é a água que vai fazendo com que os rios aumentem em volume; a fonte não pode parar de jorrar. 
Assim meus queridos, devemos ter cuidado para não deixar entulhos (sentimentos ruins), que porventura venham a impedir tanto o jorrar da água como a chegada da mesma nos rios. Dessa maneira nosso coração (terra) se torna seca e só produz espinhos e abrolhos (Hebreus 6).
Muitos evangélicos, cristãos não produzem frutos porque terra sem água não faz a semente germinar; é terra com espinhos, sufoca a semente (Palavra). A fonte mal sai um filete de água e não há rios de águas vivas no seu interior!
Vidas secas! Vidas amargas! Insatisfeitos! Ao abrir a boca suas palavras são espinhos que ferem a família, os irmãos, amigos, enfim...
Estando em Jesus recebemos água viva como ramos da videira verdadeira e frutificamos (João 15.5). Glória a Jesus!
Ei, a fonte que um dia se fez em sua vida está jorrando ou cheia de entulhos, lixo, coisas que não edificam espiritualmente ou que não nutrem a alma?
O Noivo está vindo, e vem buscar a Noiva, mas a Noiva precisa estar cheia de águas vivas, para que o sedento seja saciado com as palavras da sua boca e sejam refrigerados em seu espírito e em sua alma para glória de Deus!
Os que têm em si essa fonte podem fazer suas estas palavras: “ O ESPIRITO E A NOIVA DIZEM: VEM! AQUELE QUE OUVE DIGA: VEM! AQUELE QUE TEM SEDE VENHA, E QUEM QUISER RECEBA DE GRAÇA A ÁGUA DA VIDA.” (Apocalipse 22.17).
MARANATA!

terça-feira, março 29, 2022

NA CADEIRA DE DEUS

“ ...NA CADEIRA DE DEUS ME ASSENTO...” (Ezequiel 28.2).


O vírus luciferiano (orgulho) foi inoculado no primeiro casal quando eles acreditaram no mentiroso e pai da mentira, que disse à mulher: “ SEREIS COMO DEUS...” (Gênesis 3.5). 
Depois não houve remédio que conseguisse erradicar o tal da natureza do homem. Primeiro contaminou o espírito, depois a alma e por fim o corpo, corrompendo todos os seus sentidos. O apóstolo Paulo temia por isso em relação à Igreja (2. Coríntios 11.3).
O desejo de se sentar na cadeira de Deus como se fosse Deus, se manifesta em cada um de nós quando adotamos certas posturas, como por exemplo:
Eu não sei o que vou fazer da minha vida...
Eu não sei como sair dessa situação...
Vou decidir como o meu coração mandar...
Vou fazer o que tenho vontade...
E por aí vai...
Quantas vezes tiramos Deus da Sua cadeira para nela nos sentarmos e decidir não somente a nossa vida, mas, também as vidas da nossa família, assumindo o controle até da vontade deles a nossa conveniência.
Capaz de chegarmos às vias de empurrarmos Deus da cadeira, porque temos pressa em resolver uma questão e Ele não se manifesta. Então dizemos: eu mesmo vou agir, não tenho paciência para esperar.
Nos sentamos na cadeira de Deus como juiz quando julgamos quem quer que seja; quando falamos mal do próximo como se não fôssemos da mesma massa; quando reclamamos, murmuramos por não ter o que queremos; ao ver a prosperidade dos ímpios como o fez o Sr. Jó (Jó 21.7 a 13).
Nos sentamos na cadeira de Deus quando determinamos quem está salvo e quem não está olhando pelo exterior das pessoas.
Nos sentamos na cadeira de Deus quando não nos perdoamos, mesmo sabendo que fomos perdoados por Ele; quando não perdoamos nosso próximo, nosso irmão, mesmo sabendo que se não perdoarmos com Deus nos perdoou em Cristo (Efésios 4.32), não somos por Ele perdoados (Mateus 6.14).
Os papéis estão invertidos meus amados! Há quem cante como se fosse Deus a dizer: “ deixa eu te usar para curar, deixa eu te usar para salvar...” 
Realmente o homem (que se diz evangélico, cristão, crente, menos servo, claro) tirar Deus da cadeira, se sentar e o Criador ficar implorando para usar a criatura, isso é demais meus queridos.
Meus amados, quero vos convidar para amar mais a Jesus, glorifica-lo porque se manifestou como a Graça salvadora, pois somente por ela poderemos ser salvos apesar de tão pecadores!
Busquemos cada dia nos humilhar debaixo da potente mão de Deus, nos revestir de humildade, tomar o jugo de Jesus e aprender dEle (não com Ele; isso diz de intimidade, relacionamento).
Deixemos Deus na cadeira de Deus em nosso homem interior, que Ele seja o governo em todas as áreas da nossa vida e com certeza teremos um tempo de qualidade na terra, sem sermos dominados pelo estresse, controlados por emoções, mas pelo Seu Espírito que em nós habita.
Não sejamos hipócritas cantando “podes reinar Senhor Jesus” e logo a seguir, após o culto agir segundo o nosso “eu”.
Quando Ele permanece na cadeira, governando nossa vida, podemos viver em alegria constante, descansando na Sua fidelidade!
MARANATA 



Enviado do meu iPad

sexta-feira, março 18, 2022

ESTÁ EM CRISTO? NÃO SOMOS ÓRFÃOS!

“NÃO VOS DEIXAREI ÓRFÃOS...”


O órfão é alguém privado de pais, de um dos pais, de um tutor, mentor. Enfim, alguém que está perdido sem saber que direção tomar.
Só sabe o que é viver a orfandade é quem a experimenta. 
A minha experiência como órfã de mãe aos cinco anos de idade, foi extremamente dolorosa, Deus o sabe muito bem!
É como se tivéssemos perdido o chão; somos tomados por um sentimento de perda irreparável, de insegurança sem saber de agora por diante que rumo vamos seguir. Ainda mais na primeira infância.
Todavia, o Jesus a quem minha querida mamãe serviu cuidou de mim e cuida até hoje. Ele honrou as palavras daquela serva quando me falou pouco antes de partir: JESUS VAI CUIDAR DE VOCÊ. Deus é fiel!
Os discípulos ainda eram meninos, aliás, sequer tinham vivenciado o novo nascimento, visto que Jesus não havia ainda morrido e ressuscitado, quando receberam a promessa de que ficariam órfãos da Sua presença, dos seus ensinamentos, das suas repreensões, enfim, do seu Mestre por excelência.
A promessa foi cumprida, glória a Jesus! Conforme Ele dissera que rogaria ao Pai e Ele enviaria um outro Consolador, assim aconteceu, aleluia!
O Amigo Espírito Santo foi derramado sobre todos quantos haviam nascido de novo e por isso estavam esperando em Jerusalém, tal qual o Mestre querido lhes tinha ordenado.
Portanto, não temos que viver lamentando como se fôssemos órfãos, de modo algum, a não ser que tal pessoa não experimentou o verdadeiro novo nascimento e, portanto, não está em Cristo. Pode até ser cristão, evangélico, crente, frequentador de templos, mas órfão, que tristeza!
Aquele que foi enviado pelo Pai, a terceira pessoa da Trindade, tem cumprido a missão para a qual foi enviado, aleluia!
Precisamos tão somente deixar que Ele seja de verdade quem controla a nossa vida. Isso significa uma dependência total da Sua orientação, porque Ele não divide o seu trabalho com ninguém: ou Ele ou nós! 
Se seguimos as nossas ideias de acordo com a nossa vontade corrompida pelo pecado, haveremos de pagar a fatura por nossa desobediência, em consequência do vírus luciferiano do orgulho inoculado em nossa natureza carnal.
A hora do casamento está cada dia mais próximo, aleluia, e somente aqueles que se deixarem conduzir pelo Guia maravilhoso, o Amigo, que está sensível a Sua voz, ouvirão o ressoar da trombeta! 
  • Como estão os seus ouvidos meus queridos? São eles circuncidados ou estão incircuncisos, como o povo de Israel? (Jeremias 6.10)
  • Estamos nos revestindo de humildade cada dia e aprendendo Daquele que é manso e humilde de coração? Temos que falar o idioma do Noivo!
  • Está se sentindo desamparado, sem direção, perdido, sem saber que decisão tomar? Não recebestes o Tutor ainda? Ele é garantia da nossa adoção de filhos, a redenção do nosso corpo (Romanos 8.23; Efésios 4.30).
A boa notícia é que todos quantos estão se sentindo órfãos, podem se tornar filhos adotados, recebendo todos os direitos de filhos de Deus através de Jesus, o Filho amado, glória a Jesus!
Quando a trombeta tocar somente os filhos adotados que estão em Cristo, terão os seus corpos transformados ( a redenção do corpo), para irem ao encontro do Noivo, e participarão da bodas do Cordeiro!
MARANATA!


Enviado do meu iPad