quarta-feira, setembro 14, 2022

ESCRAVO DE QUEM?

 “…A QUEM OBEDECEIS SOIS SERVOS (escravos)…”

(Romanos 6.16)

A humanidade se acha dividida em dois grupos: escravos e escravos. Um grupo é o daqueles que são escravos do pecado (João 8.34), o outro grupo é daqueles que são escravos da justiça (Romanos 6.16).
Tudo vai depender da nossa obediência. 
Quem compra é Senhor; quem é comprado é escravo, ponto final, não se tem o que questionar.
Jesus nos comprou, pagou caríssimo (se esvaziou, deixou a glória, abriu mãos dos atributos incomunicáveis de Deus, se fez um de nós, sofreu como homem, e por fim se tornou pecado), para que “…NELE FÔSSEMOS FEITOS JUSTIÇA DE DEUS.” (2 Coríntios 5.21).
O homem se tornou escravo do pecado quando desobedeceu a ordem dada por Deus, no Éden, e obedeceu ao que o diabo falou. Você já sabe.
Toda desobediência a Deus é pecado e assim, todos os homens se tornaram escravos do pecado e daquele onde o mesmo nasceu.
Não havia como o homem se libertar do domínio do pecado. 
Deus separou um povo para Si, estabeleceu a Lei de Moises para eles lhe obedecerem por meio da Lei, todavia foi em vão. O povo falhou. O pecado continuava dominando os homens.
Deus enviou o Seu Filho Amado, e com Ele a graça foi manifestada e como está escrito: “…O PECADO NÃO TERA DOMÍNIO SOBRE VOS POIS NÃO ESTÁS DEBAIXO DA LEI, MAS, SIM DA GRAÇA.” (Romanos 6.14).
Contudo, só estamos debaixo da graça se nos submetermos ao senhorio de Cristo, tomando sobre nós o Seu jugo. Isto implica ser ser obediente ao que Ele determina.
Quando a Palavra de Deus nos ordena, por exemplo, perdoai, aliás foi o próprio Senhor Jesus quem falou e nós ao invés de obedecer sem questionar, preferimos obedecer ao pecado quando nos mostra uma série de razões pelas quais não devemos obedecer, todas elas pautadas no vírus luciferiano do orgulho. A quem obedecemos e de quem somos servos?
Jesus nos ensina a ser humildes e o outro a sermos orgulhosos, nossa imagem, amor próprio, etc…
Jesus diz: amai os vossos inimigos e o mundo diz odeie. A quem obedecermos?
A quem obedeceis sois servos, está escrito 
Jesus diz: perdoe, o mundo diz: se vingue…
Jesus diz: seja servo, o mundo diz: não se abaixe…
Jesus diz: seja o último, o mundo diz: seja o primeiro…
Jesus diz: perca a sua vida, o mundo diz: ganhe sua vida…
Jesus diz para sermos, o mundo diz que devemos ter…
Jesus diz: dê fruto, a religião diz trabalhe na instituição 
Jesus diz: IDE, a religião diz: venha ter conosco 
Enfim…
Amados, vamos parar um pouco e refletir de quem verdadeiramente somos servos, a partir da premissa: a quem obedecemos?
Escravo desobediente, rebelde, insubmisso, era castigado para aprender a se submeter àquele que o comprou, que colocou um selo nele para que fosse identificado como propriedade exclusiva. E nós meus queridos?
Escolhidos para sermos feitos filhos de Deus, selados com o Espírito Santo para o dia da redenção, cidadãos do reino da Luz, membros do Corpo de Cristo, quem é de fato nosso senhor? 
“…POR QUE ME CHAMAIS SENHOR, SENHOR, E NÃO FAZEIS O QUE VOS MANDO? (Lucas 6.46).
Meus amados, Àquele que nos comprou virá e levará para Si mesmo aqueles que O assumem como SENHOR de fato e de direito!
MARANATA!

sexta-feira, agosto 12, 2022

A HERANÇA

 


“HERANÇA DO SENHOR SÃO OS FILHOS…” (Salmos 127.3)


O significado de herança é “possessão” , “propriedade”, “quinhão “, ou seja cada um dos nossos filhos é possessão, propriedade de Deus. Já imaginou o peso dessa escritura?

Veja que a palavra não se refere apenas aos filhos dos que servem a Deus, mas abrange a todos.

Um filho deveria ser recebido com festa desde a sua concepção. A notícia de que uma mulher está grávida poderia ser motivo de um culto de ação de graças, porque aquele casal foi agraciado com uma possessão de Deus!

E a partir daí, o pai tomar o exemplo do pai de Sansão que pediu que o mensageiro viesse outra vez para lhe perguntar “…QUAL SERÁ O MODO DE VIVER DO MENINO E O SEU SERVIÇO?” (Juízes 13.12). Quantos pais agiram assim?

Acredito que entristece o coração de Deus quando um homem se revolta ao receber a notícia de que será pai. 

Há daqueles que incentivam a mulher a provocar aborto, ou seja, o desejo dele é a morte daquela criança. Há também profere ameaças tipo ou a criança ou eu! 

Ouvi no aconselhamento uma moça de dezenove anos, filha de evangélicos, que já tentara suicídio por três vezes. Na conversa, todo tempo ela dizia: pra que viver irmã, eu tenho que morrer.

O Amigo me falou que aquela história tinha a ver com a gravidez da mãe. Ao falar com a mãe, ela me disse ter três filhos homens quando engravidou a quarta vez. O marido rejeitou e mandou que ela abortasse. Ela disse não! Varias vezes eles esbravejava dizendo que aquela criança não poderia nascer, e ela, a mãe, permaneceu firme como serva de Deus (o marido evangélico!).

No final da gestação ele disse que daria a ela uma chance: se fosse menina ele criaria, mas se fosse menino ela ficaria sozinha para criar. Daí, o desejo de morrer daquela moça.

A situação foi resolvida diante do Senhor e hoje ela está casada, com filhos e liberta do desejo de se matar para glória de Deus.

A herança do Senhor precisa ser cuidada não apenas com comida e roupa, educação e saúde…

No dia da prestação de contas o Dono da herança já sabe como foi tratada a sua possessão.

O pai era presente no dia a dia dos filhos? Acompanhava o crescimento físico, emocional e espiritual? Dava exemplo de filho de Deus, que anda na verdade, ou ensinava os filhos a mentir? Fez dos filhos discípulos de Jesus, ensinando-os a guardar todas as coisas que Ele mandou? 

O apóstolo Paulo se refere ao comportamento de um pai como aquele que exorta, consola é admoesta (1 Tessalonicenses 2.11,12).

Uma das causas primárias de  jovens e adolescentes rebeldes, violentos, revoltados, é que a grande maioria deles são filhos gerados sem amor, o amor atrelado ao verbo AMAR; o amor que assume compromisso, não é egoísta; 

O amor disposto a doar, a se doar; o amor que vem de Deus!

São crianças geradas apenas por impulso sexual, ou quando muito geradas por um amor ligado ao verbo gostar (apreciar, admirar, ter interesse). Esse amor facilmente se acaba e cada um parte para um novo relacionamento onde o “gostar” é a atração.

Amados pais parem por uns minutos e pensem o que irão dizer ao Dono da herança em relação à confiança dele em você. 

As escrituras descrevem o homem que teme ao Senhor como aquele cujos filhos são como plantas de oliveira ao redor da sua mesa (Salmos 128.3).

Mesa? Que mesa? Hoje raramente um pai se senta à mesa com os filhos ao redor! Cada um toma as refeições em um lugar diferente e em horários diferentes! Conversas agradáveis, risadas, descontração em juntos? Coisas de um passado distante que não mais voltará! Triste! Só resta o isolamento dos filhos, a fuga no virtual! 

Minha oração ao Pai celestial é suplicando que Ele alcance cada família com graça e misericórdia e nos ajude a resgatar alguma coisa ainda em tempo, crendo na palavra do Senhor em Atos 16.31, para que cada pai possa apresentar a herança do Senhor no meio dos indultados pelo amor!

Maranata!

domingo, agosto 07, 2022

UM PAI SUBMISSO À LIDERANÇA

 “… FILHO DE JESSÉ, TEU SERVO.” (1 Samuel 17.58).


Jessé, cujo nome significa “abastado”, era pai de oito filhos, sendo o caçula o que pastoreava as ovelhas do seu pai.
Era um pai que mostrava aos filhos submissão à liderança do rei de Israel - Saul, de tal maneira que seu filho Davi aprendeu a honrar e respeitar o ungido do Senhor, mesmo sabendo que o tal era rejeitado por Deus, que ficava endemoniado, que se tornará seu inimigo por inveja, que intentava matá-lo.
O exemplo de submissão que seu pai Jessé lhe deu foi de tal maneira que, mesmo tendo oportunidades para exterminar o rei, seu inimigo, não o fez para não ferir o ungido do Senhor!
O peso do comportamento de Jessé era tão forte sobre o filho, que o rei Saul não chamava Davi pelo nome mas sempre dizia: “O FILHO DE JESSÉ (1 Samuel 20.27,30,31; 22.7,8,13).
O último versículo do Salmos 72, de Salomão, assim expressa: “ FINDAM AS ORAÇÕES DE DAVI, FILHO DE JESSÉ.” 
Nos escritos de Atos dos Apóstolos o Espírito Santo dá testemunho dizendo: “ACHEI DAVI, FILHO DE JESSÉ…” (Atos 13.22).
Jessé também deixou o exemplo de um pai que cuidava dos filhos pois ao enviar Davi aonde os filhos mais velhos estavam como soldados do exército de Israel, mandou saber como eles estavam, além de mandar presentes para os líderes dos filhos (1 Samuel 17.17.18).
Alô pai que porventura leia esta postagem: que exemplo seus filhos recebem no lar através do seu comportamento em relação às lideranças? Eles aprendem a respeitar e honrar? Ou os filhos escutam comentários negativos, críticas, acusações contra os líderes colocados por Deus na congregação?
Outra coisa: será que os pais estão procurando saber como estão os filhos na guerra contra as trevas deste mundo? Batalhas na escola contra o ateísmo, materialismo; batalha contra os bons princípios da família, contra os valores da Palavra de Deus e muito mais.
Há pai que sequer conhece os professores dos filhos menores, seus amigos, não procuram saber sobre o assunto que eles apreciam e como andam as influências das amizades, o que lhes interessa nas mídias e redes sociais.
Oh Pai celestial, oro por aqueles a quem o Senhor presenteou com filhos, Sua herança, para que busquem sabedoria do alto para cuidar de algo precioso, sem esquecer de que um dia irão devolver a herança ao Dono. 
Desejo que cada pai que confessa Jesus como Senhor, ao chegar diante de Deus possa se apresentar e dizer:
“…EIS AQUI ESTOU EU E OS FILHOS QUE DEUS ME DEU.” (Hebreus 2.13).
MARANATA!


Enviado do meu iPad

segunda-feira, julho 04, 2022

ESCRAVOS, PORÉM REINANDO!

“PORQUE PARA DEUS NADA É IMPOSSÍVEL.” Lucas 1.37


Um filho amado por seu pai.
Um irmão invejado.
Um sonhador!
Um símbolo rasgado.
Uma cisterna vazia…
Um escravo no Egito!

José viveu como escravo na casa de Potifar, contudo era o homem da sua confiança. Um escravo que tinha alguma coisa incomum pois tudo que ele fazia prosperava.
Um laço lhe foi preparado, mas ele não caiu em tentação para não pecar contra Deus! Sua fidelidade lhe deu o direito de ser colocado na masmorra e como está escrito “… CUJOS PÉS APERTARAM COM GRILHÕES E A QUEM PUSERAM EM FERROS.” (Salmos 105.18). Mas Deus era com ele sendo isso confirmado pela prosperidade que o acompanhava.
A interpretação de dois sonhos que se concretizou foi a porta para a mudança em sua vida, embora tendo sido esquecido por dois anos! Tempo de Deus!
E mais dois sonhos para serem interpretados. Busquem o escravo preso foi a ordem do Faraó, o rei do Egito.
José ao interpretar os sonhos do Faraó ainda lhe deu sugestões inteligentes fazendo com que todos o recebessem como o segundo no trono do Egito, apenas o Faraó estava em uma posição mais elevada.
O Faraó lhe disse: “VÊS QUE TE FAÇO AUTORIDADE SONRE TODA A TERRA DO EGITO.” (Gênesis 41.41). 
Além disse lhe deu o seu anel de sinete, vestiu-o com roupas de linho e como se não bastasse lhe pôs ao pescoço um anel de ouro!
Todavia, não lhe deu carta de alforria! Com toda autoridade e pompa de rei, era escravo do Potifar que o comprou dos ismaelitas! E S C R A V O!

Uma menina órfã de pai e mãe. 
Um primo bondoso que a criou como filha.
Uma cativa dentre o povo de Deus que fora levado para o cativeiro!
Afinal, Ester ou Hadassa era uma escrava do rei Assuero, tal qual o seu primo!
Ao sair a ordem do rei para recrutamento de moças candidatas ao trono que estava vazio com a deposição de Vasti, lá foi a escrava. Seu tio não podia impedir; escravo apenas obedece!
Tendo achado graça diante de Hegai foi agraciada com algumas coisas especiais. Deus dá privilégios aos que O temem. Ele é fiel!
Seguindo as instruções do amigo Hegai, foi ela levada ao rei após outras moças, que não agradaram ao rei. Ester, porém era diferente. Ela era amiga do amigo do rei, de quem conhecia muito bem o rei, por isso a instruiu exatamente como ela poderia ser a escolhida. E foi!
Um trono lhe esperava como esposa do rei, a rainha, porém ainda continuava escrava como o povo a quem pertencia. Mudou o status mas não a condição. 
E S C R A V A!

Amados, embora sendo escravos pois fomos comprados pelo Senhor Jesus, que nos libertou da escravidão do pecado, temos a promessa 
que um trono nos espera! 
“AO QUE VENCER EU LHE CONCEDEREI QUE SE ASSENTE COMIGO, NO MEU TRONO, ASSIM COMO EU VENCI E ME ASSENTEI COM MEU PAI NO SEU TRONO.” (Apocalipse 3.21).
A promessa do trono foi feita a uma igreja onde Jesus se encontrava do lado de fora (Laodiceia) e não para a igreja de Filadélfia! Grande manifestação de amor e de interesse por crentes mornos, desgraçados, pobres, cegos e nus!
Apesar das nossas falhas, desobediências e fraquezas Aquele que nos comprou deseja que escravos sim, escravos, se assentem em Seu trono!
Meus queridos vale a pena ser fiel a esse Senhor maravilhoso e assumirmos de verdade nossa posição de servos (escravos), vivendo em submissão a Ele, tomando diariamente o Seu jugo, aprendendo dEle, renunciando a tudo o que não Lhe agrada para segui-lO.
Não cedamos à tentação de nossa natureza carnal onde o virus luciferiano está inoculado, para fazermos o queremos à revelia do Senhor Jesus.
José estava no trono, mas vivia em submissão ao Faraó, afinal ele era ainda escravo do servo do rei. 
Seu pai e irmãos vieram para o Egito com liberdade, debaixo da tutela de um irmão que fora vendido como escravo!
Ester era rainha do reino da Pérsia, porém, era escrava e se o seu povo fosse dizimado como escravos ela corria risco, mesmo como rainha. Vivia sob domínio.
Muito breve o Senhor dos escravos que Ele escolheu como sua Noiva, virá e os levará para Si mesmo para que onde Ele está estejam eles também.
MARANATA!

quarta-feira, junho 15, 2022

PLUGADOS EM JESUS

 “ESTAI EM MIM E EU EM VÓS...” (João 15.4).


Um dispositivo eletrônico plugado a uma fonte de energia permanecerá todo tempo recebendo o que precisa para um bom funcionamento.
A Igreja, a Noiva do Cordeiro, é formada por pessoas que estão plugadas em Jesus. 
Tal conexão não deve ser interrompida por hipótese nenhuma, porque um pequeno momento sem conexão poderá ser fatal.
Está escrito: “O ESPIRITO DO HOMEM É A LÂMPADA DO SENHOR...” (Provérbios 20.27). Por isso, como lâmpada precisamos estar plugados para que a luz permaneça sempre acesa, pois, como disse Jesus, somos luz e o apóstolo Paulo afirma : “...SOIS LUZ NO SENHOR.” (Efésios 5.8).
Portanto, Jesus é FONTE para todos quantos se encontram plugados nEle.
O salmista afirma que “...TODAS AS MINHAS FONTES SÃO EM TI.” (Salmos87.7).
Jesus é a fonte de água viva (João 7.37);
Jesus, a fonte da fé (Hebreus 12.2)
Jesus, a fonte da salvação (Mateus 1.21)
Jesus, a fonte da luz (João 8.12)
Jesus, a fonte da verdade (João 14.6)
Jesus a fonte da vida (João 11.25)
Jesus, a fonte da paz (João 14.27)
Jesus, a fonte da alegria (João 15.11)
Jesus, a fonte do poder (Mateus 28.18)
Jesus, a fonte da sabedoria (1 Coríntios 1.24)
Jesus, a fonte da vida eterna (João 10.28).
Ei, o que está faltando? É só plugar em Jesus, a FONTE!
LEMBRETE: somente quem estiver plugado vai ser transformado. A FONTE vai atraí-lo a SI!

sábado, junho 04, 2022

SIMPLESMENTE EXPECTADORES!

“...EU VOS NOMEEI PARA QUE VADES...IDE POR TODO MUNDO E PREGAI O EVANGELHO...” (João 15.16;Marcos 16.15).

Entre aqueles que seguiam o Mestre e Senhor estava um grupo de expectadores. Eles apenas O acompanhavam para assistir o que acontecia.
Hoje não é diferente!
Há muitos evangélico que são meros expectadores e como escreve Tozer a fé que eles confessam ter não é participativa.
Jesus nos escolheu “...EU VOS ESCOLHI A VÓS...” e Ele mesmo determinou o “para que” da escolha.
Não nos escolheu para receber coisas, nem saúde, nem para que nossa vontade seja plenamente satisfeita em tudo o que desejamos. Só o estarmos nEle e sermos suas ovelhas não precisamos de coisa alguma, visto que Ele nos supre perfeitamente (Salmos 23.1).
Fomos escolhidos, tomamos posse (compromisso com quem nos escolheu), e fomos nomeados. Agora temos uma responsabilidade, somos servos de Cristo e membros do Seu Corpo.
Todos os membros do nosso corpo trabalham, têm sua função designada pelo Criador. No corpo não há lugar para
preguiçoso, porque cada célula trabalha para o bom funcionamento de todos os membros.
No Corpo de Cristo todos os membros têm uma função. A propósito, o amado leitor sabe qual a sua função no Corpo?
Se a resposta for negativa lhe aconselho a descobrir (favor não confundir função eclesiástica ou trabalho na igreja local com função no Corpo).
Você conhece alguém que se limita a assistir cultos no domingo? Essas pessoas são boas religiosas, praticam as normas da religião, porém não se envolvem em nada no Corpo.
Estão há anos na igreja local, contudo não levam pessoas a Cristo, não pregam o evangelho aproveitando as oportunidades (Colossenses 4.5), não oram pelos que estão necessitados, não servem aos santos (1 Pedro 3.10), enfim, são simplesmente expectadores e frequentadores de cultos.
Precisamos obedecer ao que Jesus mandou meus amados, pois não fomos chamados para ficar, mas para IR! Jesus mandou os discípulos ficar em Jerusalém mas deu um prazo: “ATÉ QUE DO ALTO SEJAIS REVESTIDOS DE
PODER...” (Lucas 24.49).
Não podemos ser servos inúteis ou membros inativos no Corpo. A inatividade leva à imobilidade que por sua vez leva à inutilidade, e isso é extremamente perigoso na vida espiritual.
Disse Jesus: “...A NOITE VEM, QUANDO NINGUÉM PODE TRABALHAR.” (João 9.4).
O Senhor dos servos virá e cada um dará contas do que fez por meio do corpo e prestará contas da função que recebeu como membro do Seu Corpo.
MARANATA!

segunda-feira, maio 30, 2022

S.O.S. DE ORAÇÃO

 “COMUNICAI COM OS SANTOS NAS SUAS NECESSIDADES... “Romanos 12.13


AMADOS,
EM NOME DE JESUS ROGAMOS AS VOSSAS ORAÇÕES POIS MUITOS DOS NOSSOS IRMÃOS AQUI EM RECIFE ESTÃO DESABRIGADOS, PERDERAM TUDO O QUE TINHAM E ALGUNS TAMBÉM TIVERAM A CASA DERRUBADA PELAS ÁGUAS.
HA AQUELES QUE ESCAPARAM SOMENTE COM A ROUPA QUE ESTAVA VESTIDO.
OREMOS PQRA QUE A FÉ DELES NÃO DESFALEÇA DIANTE DAS AFLIÇÕES.
O SENHOR QUE NOS COMPROU RECOMPENSARÁ A CADA UM POR EXERCITAR O VERDADEIRO AMOR.
vossa irmã e conserva em Cristo 
amigadoAmigo 


Enviado do meu iPad