quarta-feira, junho 12, 2019

OBEDEÇAMOS, POIS!


“BUSCAI NO LIVRO DO SENHOR E LEDE:...” (Isaías 34.16).

O Amigo Espírito Santo usando o profeta Isaías nos dá duas ordens: BUSCAI... E LEDE.
Ordem dada é para ser obedecida.
Mas, será que todos os que se dizem evangélicos obedecem a essas ordens? Pelo visto, NÃO!
O que realmente tem sido prioridade no nosso buscar? Ouve-se muito as pessoas dizerem ao chegar ao templo: Vim buscar.
Entretanto, o que é mesmo que elas estão buscando?
Buscando as bênçãos de Deus para suas vidas. Tudo bem. Todos queremos bençãos, mas que tipo de bençãos buscamos?
Segundo a Palavra em Efésios 1.3 “ BENDITO O DEUS E PAI DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, QUE NOS TEM ABENÇOADO COM TODA SORTE DE BENÇÃO ESPIRITUAL NAS REGIÕES CELESTIAIS EM CRISTO.”
Portanto, quem está em Cristo, já está assentado nos lugares celestiais (Efésios 2.6). Desse modo, tal pessoa já está abençoado com toda sorte de benção espiritual.
E por que não buscamos no livro do Senhor para conhecermos todas as promessas que nele está registradas? Por que é mais fácil buscarmos estar em reuniões de oração onde esperamos ouvir profecias e palavras que vão nos alegrar? Por que é mais fácil jejuar? Por que é tão difícil buscar no livro do Senhor e ler?
Amados, ninguém poderá ser cheio do Espírito Santo  sem que esteja cheio da Palavra, pois sabemos pela Palavra que a “PALAVRA” é o próprio Senhor Jesus! Como está escrito: “...HÁ TRÊS QUE DÃO TESTEMUNHO NO CÉU: O PAI, A PALAVRA E O ESPÍRITO SANTO...” (1 João 5.7).
Bem, o Amigo me falou que as pessoas precisam se banhar diariamente para não ficar sujas, com má aparência. E há, ainda aqueles que sentem necessidade de banhar-se duas ou três vezes no dia. Isso exige muita água.
Agora, disse Ele, e quanto ao homem interior? Será que também não precisa ser lavado? Como podem pessoas que se dizem cristãos passarem dias sem se lavarem no homem interior com a água limpa da Palavra de Deus?
Para muitos, a primeira coisa a fazer ao acordar é tomar um bom banho, com muita água, contudo seque leem um capítulo do livro do Senhor.
Além do mais, essa é uma das causas de tantos crentes viverem sedentos... têm sede de poder, sede de cargo na igreja local, sede de dinheiro, sede de coisas materiais, sede de sexo, sede...sede...sede...
Jesus disse à mulher samaritana que quem beber da água que Ele dá nunca terá sede. As palavras de Jesus nos trazem saciedade em todas as áreas da nossa vida, glória a Jesus!
Quem vive cheio da Palavra fala da Palavra, porque “A BOCA FALA DAQUILO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÃO” disse Jesus.
A palavra satisfaz, aleluia! Evangélicos que não está lavados pela Palavra vivem insatisfeitos, sem fé, sem esperança (Romanos 10.17; 15.4).
Que tal priorizar o que realmente deve ser prioridade? Quero convidar-lhe a começar uma leitura sistemática da Bíblia Sagrada e posso lhe garantir que a sua vida será transformada pelo poder que vem da Palavra de Deus (Hebreus 4.12).
MARANATA!


quarta-feira, junho 05, 2019

A IGREJA QUE VAI SUBIR ESTÁ VESTIDA

“SE, TODAVIA, FORMOS ENCONTRADOS VESTIDOS E NÃO NUS.” (2 Coríntios 5.3).

Há muitos nas igrejas locais preocupados em mostrar trabalho, serviço, subserviência até, sem contudo parar para examinar como andam suas vestes, ou se estar vestido devidamente, para se apresentar ao Senhor no dia da chamada, ou pela morte, ou pelo arrebatamento.
Enquanto o primeiro casal, no Éden, vivia em plena comunhão com Deus, embora estando nus não se envergonhavam, tampouco deixavam de se apresentar a Ele quando era chamado. A comunhão com o Criador os vestia diante dEle, Ele os cobria com a Sua glória.
Todavia, quando desobedeceram, logo perceberam a nudez e trataram de coser folhas de figueira e fizeram cintas para si (Gênesis 3.7). Comunhão quebrada, nudez exposta!
O pecado descobriu-lhes as vergonhas, fazendo com que eles se escondessem do seu melhor Amigo!
Que coisa lastimável! Agora eles precisavam estar cobertos diante dos homens, contudo, diante de Deus continuavam nus.
O Filho amado do Pai - Jesus, no momento mais terrível da sua vida neste mundo, quando não somente tomou sobre si os nossos pecados, mas como está escrito foi feito pecado ou se tornou pecado (5.Corintios 5.21), gritou ao sentir-se abandonado por Deus! Ele foi crucificado desnudo diante dos homens e diante de Deus!
Não podia ser diferente, a comunhão foi quebrada, os pecados de muitos o deixaram nu na presença de Deus!
A igreja em Laudicea, embora se julgando rica, ao ser avaliada pelo Senhor Jesus, recebeu a seguinte descrição: “...NEM SABES QUE TU ÉS INFELIZ, SIM, MISERÁVEL, POBRE, CEGO E NU...” (Apocalipse 3.17).
Era uma igreja cujo poderio econômico-financeiro não mantivera a sua comunhão com Deus, uma igreja sem cobertura da glória, uma igreja em que Jesus estava do lado de fora batendo à porta... ela vivia “icabô”.
O Senhor Jesus sequer ordenou, apenas deu um conselho: “...COMPRES DE MIM... VESTIDOS BRANCOS...” (Apocalipse 3.20).
Vestes brancas para integrar a Noiva tem preço, precisa ser comprada de Jesus. Somente em plena comunhão com Ele somos ajudados pelo Amigo Espírito Santo a negarmos a nós mesmos, tomar cada dia a nossa Cruz. Somente vivendo no Espírito, andando no Espírito, cheios do Espírito poderemos ser guiado em toda verdade e a verdade é a Palavra de Deus.
Para cuidar em manter as vestes precisamos lavá-las constantemente no sangue do Cordeiro, nos revestirmos do Senhor Jesus, do novo homem.
Jesus nos falou: “(EIS QUE VENHO COMO VEM O LADRÃO. BEM-AVENTURADO AQUELE QUE VIGIA E GUARDA AS SUAS VESTES, PARA QUE NÃO ANDE NU, E NÃO SE VEJA A SUA VERGONHA.” (Apocalipse 16.15).
A vigilância nunca foi tão importante como nos nossos dias, pois o que não falta é investidas de todos os lados afim de provocar nosso homem interior a descer da Cruz e agirmos com o braço de carne, sujando, assim, nossas vestes.
Vigilância para lavar constantemente no sangue do Cordeiro as nossas vestes para subirmos com a Noiva.
O Amigo me falou e me fez ver, certa vez, uma multidão com vestidos manchados. Ele me disse que era preciso ter cuidado para não manchar as vestes com as coisas que a Palavra diz que contaminam, tipo, obras da carne (Judas 23); raiz de amargura (Hebreus 12.15); coração sujo (Marcos 7.21-23); pecados da língua (Tiago 3).
Também me mostrou e falou sobre aqueles que quebram a comunhão com o irmão, não perdoa, dai faz um rasgo no vestido. Depois, resolve sair daquela igreja local e vai se congregar em outra, pensando que resolveu o problema. Ledo engano! Apenas colocou um remendo na roupa. Então o Amigo me perguntou: uma noiva vai para o casamento com o vestido manchado, rasgado e remendado? Eu respondi: não Senhor. Ele me disse nem aqueles que não estiverem de vestes brancas, impecável irão com o Noivo.
Meus amados, vigiemos, e examinemo-nos todos os dias, pedindo ao Amigo para nos mostrar como andam as nossas vestes espirituais, pois nosso objetivo maior é participar das bodas do Cordeiro, o de por Ele seremos servidos, aleluia!
MARANATA!

sexta-feira, maio 24, 2019

CIDADÃOS DO REINO DE DEUS

“ MAS A NOSSA PÁTRIA ESTÁ. OS CÉUS...” (Filipenses 3.20)

Meus amados e queridos leitores, nosso país está vivendo um momento de grande turbulência, é verdade.
Contudo,  apesar de sermos cidadãos brasileiros, nossa prioridade absoluta deve ser a nossa pátria
Celestial, pois sabemos muito bem, à luz da Sua Palavra que Ele é Soberano e age como lhe apraz.
“É ELE QUEM MUDA O TEMPO E AS ESTAÇÕES, REMOVE REIS E ESTABELECE REIS...”
(Daniel 2.21).
Como disse Jesus quando orava, que a Igreja não ê do mundo, mesmo estando no mundo. A Igreja, já está assentada em lugares celestiais em Cristo (Efésios 2.6).
A Igreja é formada por soldados cujo comandante é Aquele que os arregimentou, por isso,como está escrito, que não devemos nos embaraçar com os negócios desta vida, afim de “AGRADAR AQUELE QUE NOS ALISTOU.” (2Timoteo 2.11.2)
Aqueles que fazem parte da Igreja, a NOIVA, que vai subir com o Noivo, deve sair às ruas, sim, para proclamar as virtudes daquele que nos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz (1 Pedro. 2.9).
Com respeito às autoridades, sabemos de acordo com a Palavra de Deus, que são colocadas por Deus,  a Sua Soberania (Romanos 13) e ainda está escrito: “COMO RIBEIROS DE ÁGUAS, ASSIM É O CORAÇÃO DO REI NA MÃO DO SENHOR; A TUDO QUANTO QUER O INCLINA.” (Provérbios 21.1).
Nosso dever como Igreja é ser sal da terra e luz do mundo, espalhar por toda parte o bom cheiro do conhecimento de Cristo, resplandecer como astros neste mundo tenebroso, pregar a Palavra, fazer discípulos, cuidar dos necessitados, viver o verdadeiro amor e em unidade como Corpo de Cristo.
Interceder pelas autoridades como manda a Palavra (1 Timóteo 2.1,2).
Jesus é o nosso exemplo, e,  mesmo vivendo em um tempo em que seu povo era dominado por Roma,Ele nunca convocou o povo para ir às ruas se manifestando contra ou a favor de absolutamente  nada .
E quando os discípulos o interrogaram acerca do assunto da restauração do reino a Israel, Ele desconversou e deu uma resposta enfatizando as coisas espirituais.
Aprendamos, pois, com nosso Mestre!
MARANATA!

quinta-feira, maio 16, 2019

PROMOVENDO ALEGRIA NO CÉU

“ DIGO-VOS QUE, ASSIM, HAVERÁ MAIOR JÚBILO NO CEU POR UM PECADOR QUE SE ARREPENDE DO QUE POR NOVENTA E NOVE JUSTOS QUE NÃO NECESSITAM DE ARREPENDIMENTO...EU VOS AFIRMO QUE, DE IGUAL MODO, HÁ JÚBILO DIANTE DOS ANJOS DE DEUS POR UM PECADOR QUE SE ARREPENDE.” (Lucas 15.7,10).

Cada um de nós respondamos para nós mesmos: quantos momentos de júbilo promovemos no céu e diante dos anjos, este ano por termos levado um pecador arrependido a Cristo?
Em compensação, de quantas festas participamos na igreja local, onde houve grande júbilo na terra?
E as festas sociais com muita alegria por diversos motivos?
Nada contra, porém, como cidadão do Reino, nossa prioridade deve ser promover júbilo e alegria no céu ao invés de nós desgastarmos para fazermos grandes comemorações, que muitas das vezes são culto à personalidade, projeção de alguém , exaltação do homem (só Deus conhecê-las intenções).
Ganhar almas, levar pessoas a Cristo através do arrependimento não é privilégio de alguns, absolutamente! É dever de todo discípulo de Jesus, porque depois de ressuscitar Ele deu a ordenança:
“IDE POR TODO MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA...” (Marcos 16.15).
Uma pessoa que se diz discípulo e não leva a sério essa ordem do Mestre, está em desobediência, e toda desobediência é pecado.
Depois ficamos a questionar por que isso, por que aquilo está acontecendo conosco. Mas como está escrito: “...QUEIXE-SE CADA UM DOS SEUS PRÓPRIO PECADOS. “ (Jeremias 3.29).
A prioridade para muitos evangélicos é orar muito, tudo bem 1 Tessalonicenses 5.17. Outros se esmeram no conhecimento da Palavra, nos originais, em fazer cursos, simpósios, participar de congressos. Outros, ainda, se ufanam por jejuar muitas vezes, manifestarem dons espirituais, coisas boas, porém que não promovem júbilo no céu.
Todos os dias devemos levar pecadores a Cristo através da nossa intercessão, com pesar pelo risco
que eles correm na sua vida futura, enquanto levamos Cristo a eles através da pregação da Palavra de Deus. Pregar o evangelho, as boas novas, que como está escrito: “ ...É PODER DE DEUS PARA SALVAÇÃO DE TODO AQUELE QUE CRÊ...”(Romanos 1.16).
Há uma promessa gloriosa para quem converter o pecador (Tiago 5.20).
Muitas pessoas estão buscando sabedoria, gastando dinheiro com essa finalidade, querendo ser conhecidas como sábias.
Contudo está escrito: “ ...O QUE GANHA ALMAS SÁBIO É.” (Provérbios 11.30).
Sempre é bom lembrar do evangelista Mood que não passava um dia sequer sem falar de Jesus para alguém.
Convencer do pecado é função do Amigo, salvar é da competência de Jesus, porém Ele nos mandou pregar e o apóstolo Paulo exorta seu filho na fé, Timóteo, dizendo: PREGA A PALAVRA..(2 Timóteo 4.2). Devemos pregar a palavra, porém há muitos que dão testemunho do que era a sua vida. Tudo bem, mas o foco da Palavra é para pregarmos a Palavra. Nada pode substituí-la.
Infelizmente, há muitos contando “tristemunho”, onde a maior parte do tempo enfatiza os feitos do inimigo de Deus e no final fala que Jesus os salvou.
Falamos muito de missões, contribuímos com missões, gastamos dinheiro e tempo participando de congressos de missoes, todavia, quando voltamos para o nosso dia-a-dia, continuamos inflamados pelo desejo de pregar o evangelho? Será que não é mais um evento no nosso currículo evangélico?
Pare e pense. Talvez, você caro leitor destas singelas linhas, já tenha participado de alguns eventos de missões. Ao retornar deles, quantas vidas já levou a Cristo? A quantos pregou as boas novas?
O revestimento de poder nos foi dado com a finalidade de sermos testemunhas de Jesus (Atos 1.8). Não posso entender alguém que diz ter sido revestido de poder, fala em línguas estranhas, mas consegue passar uma semana, um mês, um ano, sem dar testemunho de Jesus, não compartilha o que Ele fez na sua vida.  Sinceramente...
Portanto, meu amados e queridos leitores, busquemos mais e mais promover alegria no céu. Que os anjos celebrem a vitória do Cristo ressurrecto nas vidas que levamos para o Reino de Deus.
MARANATA!


domingo, maio 12, 2019

ÀS MINHAS COLEGAS MÃES

O ADORNO DELAS SEJA... UM ESPÍRITO MANSO E TRANQUILO QUE É DE GRANDE VALOR DIANTE DE DEUS.” 1 Pedro 3.4


Queridas mães biológicas, adotivas ou mesmo as espirituais, que está palavra se cumpra em nossas vidas no dia-a-dia, para glória de Deus.
Que o Amigo nos ajude a sermos mulheres cujo adorno do homem interior (alma), seja um espírito manso e tranquilo, em nome de Jesus.
Guarde- nos o Senhor de sermos mães:
Voluntariosas,
Invejosas,
Iracundas,
Revoltadas,
Malcriadas,
Vingativas,
Odiosas,
Rixosas,
Contenciosas,
Imorais,
Relaxadas,
Frustradas,
Enfim...
Faço minhas as palavras de Tertuliano:
“QUE ELAS SEJAM VESTIDAS COM A SEDA DA HONESTIDADE, O LINHO DA SANTIDADE, E A PÚRPURA DA CASTIDADE, E ASSIM PODERÃO AGRADARÁ DEUS.”
Feliz dia das mães!
MARANATA!

quinta-feira, maio 09, 2019

O VALOR EMOCIONAL DE UM ABRAÇO

“...E ABRAÇANDO AFETUOSAMENTE A PAULO, O BEIJAVAM,” (Atos 20.37).

Por acaso você já recebeu um abraço afetuoso? Um abraço que lhe transmite esperança, conforto, ânimo, coragem?
No sábado passado, dia 04, fomos surpreendidos pelo dia da adversidade. De repente, meu marido fez um infarto do miocárdio, seguido de uma parada cardíaca. Verdadeiramente uma surpresa, algo inesperado.
Foi tudo tão de repente, mas nada melhor do que termos um Amigo chamado Espírito Santo, porque Ele encaminha tudo do melhor modo possível, e, sendo assim, em menos de quatro horas, tudo já estava sob controle, cateterismo, angioplastia, e colocação de dois stents, para glória de Deus.
Estávamos ainda em suspense sem saber o que estaria por vir, eu e a minha filha, quando, para nossa alegria, recebemos a visita do nosso PR. Ailton Junior, vice-presidente da nossa igreja.
Que momento confortante aquele abraço que recebi. O Pastor abraçando afetuosamente a “ovelha”, aleluia!
Não há palavras para expressar o que senti e o que aquele abraço significou para mim, glória a Deus!
Conforto, alento, segurança por sentir que além do Sumo Pastor, o Senhor Jesus Cristo, meu Mestre, meu Senhor e meu Rei, tenho um pastor sensível à dor da ovelha, glória a Deus!
Orou conosco e por nós! A presença do Amigo transbordou em nosso interior e fluímos em línguas estranhas magnificando a Deus, aleluia!
Nossa fé estava renovada e confiamos que a vontade do Pai estava sendo feita naquele momento na vida do meu marido. Deus é bom!
Aprendi desde muito pequena com minha querida mamãe a valorizar e honrar os homens que Jesus deu a Sua Igreja, para o aperfeiçoamento dos santos, glória a Jesus!
Um abraço pode fazer toda a diferença. A Bíblia diz que a mulher sunamita abraçou os pés do profeta Eliseu e ele atendeu o seu pedido. O filho que estava morto ressuscitou!
E, quem não se lembra do filho pródigo que, ao retornar à casa do pai, talvez jamais pensasse que seria recebido com um afetuoso abraço! Quão grande deve ter sido a alegria do moço! Sem palavras, um caloroso abraço pode dizer muita coisa para quem o recebe.
No dia da ressurreição de Jesus, o evangelista Mateus registra que as mulheres aproximaram-se do Mestre, abraçaram-lhe os pés e O adoraram! Ele não as repeliu.Absolutamente, porém lhes disse:
“NÃO TEMAIS!”
Amados leitores, por que nós não aproveitamos as oportunidades para abraçar, principalmente os que carecem de uma expressão de afeto na hora da dificuldade e dor?
E como está escrito: “LANÇA O TEU PÃO SOBRE AS ÁGUAS, PORQUE DEPOIS DE MUITOS DIAS O ACHARÁS. “
Nós semeamos hoje e quando não esperamos receberemos o resultado daquilo que semeamos, para glória de Deus!
Marido, abrace sua esposa e a musculatura paravertebral relaxará evitando gastar com os abençoados relaxantes musculares. Supra a necessidade de afetividade dela e ela lhe dará alegrias.
Esposa, abrace seu marido, preencha sua carência afetiva, antes que uma intrusa o faça. Seja sabia!
Pais, abracem vossos filhos, para que eles se sintam amados e seguros na amor demonstrado por atitudes. Não deixe passar um dia sem abraçá-los, e o pai deve priorizar o afeto em relação à filha, para que ela não procure uma figura masculina que supra a lacuna que o pai não preencheu.
Filhos, abracem vossos pais, mesmo que eles já estejam no ocaso da vida, enquanto eles podem olhar nos vossos olhos, sorrir (ainda que desdentados),  e vos abençoar. Não deixem que as mágoas do passado venham interferir no presente, pois quando os braços deles estiverem cruzados sobre o corpo,   jamais poderão retribuir o abraço recebido.
Aproveitemos o hoje para repassar o amor de Deus derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. (Romanos 5.5).
MARANATA!

segunda-feira, abril 29, 2019

EM TUDO E POR TUDO, AGRADEÇA

“EM TUDO DAI GRAÇAS... DANDO SEMPRE GRAÇAS POR TUDO...” (1 Tessalonicences 5.18; Efésios 5.20

Em um mundo onde o vírus luciferiano do orgulho domina as vidas, o sentimento de gratidão está cada vez mais desaparecendo.
Ingratidão, é fruto do orgulho.
As pessoas que vivem no Reino de Deus tem o dever de serem agradecidas, uma vez que a humildade     domina seu coração, porque sem humildade não recebemos a graça e sem a graça quem poderá ser salvo?
Dai graças em tudo e dando sempre graças por tudo...
Graças pela vida, pela salvação, pela paz com Deus e com os homens
Graças na alegria! Graças na tristeza
Graças na saúde, graças na doença
Graças pelos ganhos, graças pelas perdas
Graças, graças, graças...
Está casado, agradeça...
Está solteiro, agradeça...
É solteirão ou solteirona, agradeça...
Vive sozinho ou sozinha, agradeça...
Tem muito dinheiro, agradeça...
Tem pouco dinheiro, agradeça...
Sofrendo dores...agradeça na esperança de em breve receber um corpo glorioso, sem dor!
Abandonado, desprezado, humilhado, caluniado, prejudicado, agradeça...
Pare de reclamar, questionar, agradeça (Romanos 8.28).
Viva uma vida de gratidão em tudo e por tudo, mesmo que aparentemente seja uma desgraça, uma calamidade, agradeçamos obedecendo à Palavra de Deus. Na nossa obediência Deus muda a situação.
Uma vida de gratidão é uma condição para sermos cheios do Espírito.
A falta de gratidão caracteriza insatisfação (vírus), leva à revolta, à rebelião e desse modo somos dominados pela síndrome de Lúcifer!
Pare um pouco e pense: quantas vezes hoje já agradeceu? Ao acordar? Ao levantar-se? Ao fazer suas AVDs? Ao se alimentar? Ao sair para trabalhar?
Agradeceu pelo marido, pela esposa, pelos filhos, pelos pais, pelos amigos, pelos irmãos?
Agradeceu pelos que são inimigos, porque temos a oportunidade de praticar o que Jesus mandou?
Deixe a insatisfação para trás e comece a agradecer em tudo e por tudo, em nome de Jesus!
Comece a agradecer hoje, e veja o resultado ainda esta semana para glória de Deus!
MARANATA!