quarta-feira, setembro 18, 2019

GRATIDÃO

“...SEDE AGRADECIDOS.” (Colossenses 3.16)

Quero agradecer ao Pai celestial pela vida do meu primogênito DAVID, que faz aniversário neste dia.
Eu que não tinha condição biológica para engravidar, o Senhor, por sua infinita misericórdia me presenteou com três bençãos, herança dEle.
Louvo ao Senhor porque até aqui a mão bondosa do Pai tem ajudado o meu filho, para glória de Deus, em todas as áreas da sua vida.
Rogo as vossas orações em favor dele, para que tudo que o Todo Poderoso projetou se cumpra nele e através dele, para louvor da Sua glória.
Parabéns meu filho, aquele que me abriu a madre para glória de Deus!

sexta-feira, setembro 06, 2019

BEER-LAAI-ROI


“ ... VEJO TUDO O QUE LABÃO TE ESTÁ FAZENDO..” (Gênesis 31.12).

BEER-LAAI-ROI significa “o poço DAQUELE qu vê.”
Deus não é deus. Ele tem olhos e vê, aliás, Ele vê tudo e nada pode se ocultar dos seus olhos. Ele vê o  profundo e o escondido.
Os Seus olhos percorrem toda a terra; nada lhe passa despercebido. Ele está sempre ligado, glória a Deus.
Eu não sei que “LABÃO “  tem feito parte da sua história.
Labão tem a ver com alguém orgulhoso, egoista, mentiroso, enganador, explorador, injusto, vingativo.
Esse “Labão “  pode ser um marido, um filho, um patrão, um colega, uma pessoa qualquer que esteja oprimindo a sua vida. O que o Amigo quer lhe dizer é que Deus está vendo o que ela tem lhe feito.
Jacó viveu vinte mais de vinte anos sendo explorado, injustiçado, mas no tempo determinado por Deus ele saiu da servidão, mas só saiu autorizado pelo Deus dos seus pais.
Ele suportou pacientemente, não se revoltou, não confrontou Labão. A Bíblia não tem registro de seus filhos se levantando contra o avô. Todos esperaram até a  hora de Deus.
Dessa maneira deve ser a nossa atitude, se temos convicção de que pertencemos a Deus, Jesus nos comprou para Ele, o que não era o caso de Jacó.
Infelizmente há muitos que se dizem filhos de Deus, entretanto buscam se justificar quando têm um “Labão na sua vida.
Há outros que apelam para a justiça dos homens, quando as escrituras no orientam a não levar o irmão aos tribunais (1 Corintios 6.1.5).
Jacó esperou o tempo certo e saiu com a benção de Deus, tendo o próprio Deus impedido Labão de fazer-lhe mal.
Portanto, a hora vai chegar na sua vida, Labão não continuará por muito tempo, a providencia de Deus vai descer e mudará o rumo da,sua vida a sua história.
Deus está vendo o que “Labão “ lhe tem feito. Ele é justo. Justiça e juízo são a base do Seu trono.
MARANATA!

sábado, agosto 24, 2019

UM CONVITE. UMA ORDEM.

“VINDE...ALÍVIO...TOMAI...DESCANSO...(Mateus 11.2829).

O homem da pós modernidade vive literalmente precisando tanto de alívio quanto de descanso.
Alívio para as dores, para as tensões, as pressões psicológicas, e fim, e também de descanso para uma alma atribulada, confusa, sobrecarregada.
Jesus oferece as duas opções: alívio e descanso. Ele tem condições para dar a cada um de nós aquilo que necessitamos.
O que se percebe é que as pessoas estão muito mais interessadas em receber alívio do que descanso para a alma, a partir da resposta às palavras de Jesus.
Jesus nos convida a simplesmente ir a Ele quando estamos cansados e sobrecarregado se Ele garante alívio. Que convite glorioso! Essa atitude é mais fácil para o homem fazer. Quem estando cansado e oprimido, em sã consciência, seria capaz de recusar receber alívio?
Mas alívio é passageiro. Muitos vão ao culto, cantam, ouvem a palavra, e saem aliviados, se sentindo muito bem. Todavia, dia seguinte continua tudo na mesma. O cansaço, a angústia na alma...
Jesus oferece algo duradouro, desde que obedeçamos as suas ordens.
Primeiro: tomai sobre vós o meu jugo...
Isso significa receber o Senhorio de Cristo em nossa vida. Não te-lO somente como Salvador e sim, também, como Senhor, partindo da premissa que Ele nos comprou com o Seu sangue, aleluia!
Tomai o jugo de Jesus é se render completamente a Sua vontade, andar junto com Ele em tudo e para tudo, submissão total, geral e irrestrita.
Uma vez que estar debaixo do jugo dEle, andando todo tempo com Ele (“ESTAI EM MIM E EU EM VÓS...” João 15.5), necessariamente temos de aprender dEle. Ele não disse para aprender com Ele, e sim “de mim”, e isso quer dizer estar junto, relacionamento, intimidade diária.
O descanso para as nossa almas está diretamente ligado à Presença de Deus em nós, como disse Deus a Moisés: “IRÁ A MINHA PRESENÇA CONTIGO PARA TE DAR DESCANSO.” (Êxodo 33.14). E
ainda: “ARREPENDEI-VOS,  POIS, E CONVERTEI-VOS, PARA QUE SEJAM APAGADOS OS VOSSOS PECADOS E VENHAM OS TEMPOS DE REFRIGÉRIO PELA PRESENÇA DO SENHOR.” (Atos 3.19). A presença do Senhor traz refrigério, traz descanso, glória a Deus!
Sofremos com uma alma atribulada por causa do vírus luciferiano que nos leva à desobediência, a não aprendermos de Jesus mansidão e humildade.
Portanto, o convite está feito, as ordens está dadas. Agora, a escolha é de cada um, segundo a sua necessidade.
O que queremos? Alívio ou descanso?
MARANATA,

quinta-feira, agosto 15, 2019

LIBERDADE A PARTIR DA PRISÃO

“ E DEPOIS DE LHES DAREM. UITOS AÇOITES, OS LANÇARAM NO CÁRCERE, ORDENANDO AO CARCEREIRO QUE OS GUARDASSEM COM TODA A SEGURANÇA. ESTE, RECEBE DO TAL ORDEM, LEVOU-OS PARA O CÁRCERE INTERIOR E LHES PRENDEU OS PÉS NO TRONCO.”

Como agiríamos nós estando no lugar daqueles homens? Afinal, eles apenas ordenou a libertação espiritual daquela jovem em Filipos, em nome de Jesus.
Eles tinham todos os motivos do mundo para questionarem a Deus o porquê de estarem naquelas condições: feridos pelos açoites, cheio de dores, presos por cadeias e ainda tendo os pés presos ao tronco! A realidade era para que eles estivessem tristes, revoltados, amargurados, enfim.
Porém, ao invés disso, as escrituras afirmam que eles oravam e cantavam louvores! E cantavam em alta voz a ponto de todos os presos escutarem. Fé e coragem!
Oração e louvor, armas poderosas para serem usadas em horas difíceis da nossa vida. Eles não podiam se ajoelhar, mesmo assim oravam.
Como o próprio Paulo escreveu: “QUERO, PORTANTO, QUE OS VARÕES OREM EM TODO
LUGAR, LEVANTANDO MÃOS SANTAS, SEM IRÁ E SEM CONTENDA.” (1 Timóteo 2.8).
Um detalhe importante é que eles cantavam louvores. Não estavam cantando música de autoajuda, tampouco de lamentação, mas louvores.
Conforme escreveu Tiago, cantar louvores é atitude de quem está alegre (Tiago5.13).
Nos nossos dias, as musicas que estamos cantando, a parcela de louvor é mínima. Cantamos autoajuda, cantamos direcionado aos homens, cantamos massageando o ego de quem vem ao culto, declaramos vitórias e prosperidade sem vida em comunhão com Deus, misericórdia!
Deus age através da oração e do louvor. Foi o que aconteceu. A atitude de Deus em relação aos seus servos, não foi exclusiva somente para eles, mas para todos quantos se encontravam na mesma situação que eles. Todos foram livres das cadeias, porém continuaram em sua posição de presos.

O agir de Deus não provoca desordem.
A palavra do Senhor para nós este dia é que estando em qualquer situação que nos tire a liberdade, seja em que área for na nossa vida, façamos a receita de Paulo e Silas, e, certamente hoje ainda a liberdade acontecerá! E o detalhe é que todos os que estiverem em seu ambiente de prisão também serão livres das cadeias que os prendem, aleluia!
O objetivo do Senhor Jesus era a salvação do carcereiro e sua família, todavia, para que isso acontecesse implicava em sofrimento e dor dos que Ele escolhera para o propósito, glória a Deus!
Salvação, libertação espiritual, batismo em água, alegria por terem crido em Deus! Obra completa!
Todos estavam livres, mas não estavam soltos. Eles precisavam aguardar a ordem dos pretores para saírem em liberdade.
O protocolo foi cumprido e eles saíram para fazer mais uma obra no Reino de Deus, prontos para o que Deus tinha determinado para ser feito, para Sua glória.
O mesmo apóstolo Paulo escreve se dizendo prisioneiro de Cristo, prisioneiro no Senhor, mas também prisioneiro da lei do pecado que está em seus membros.
Em Cristo somos livres do domínio do pecado, mas não estamos soltos para fazer o que o nosso “eu”
deseja, visto que somos prisioneiros de Cristo e estamos prisioneiros no Senhor.
Vivemos sob o Senhorio de Cristo, porque tomamos  o Seu jugo e negamo-nos a nós mesmo para segui-lO.
Deste modo, os que estão em Cristo devem estar pronto para viver todo tipo de situação, mesmo que gere sofrimento e dor, contando que a vontade de Deus seja feita.
“É ELE MORREU POR TODOS, PQRA QUE OS QUE VIVEM  AO VIVAM MAIS PARA SI MESMOS, MAS PARA AQUELE QUE POR ELES MORREU E RESSUSCITOU.” (2 Coríntios 5.15).
E a pergunta é: para que iremos viver nesse dia? Para nós mesmos ou para Jesus?
MARANATA!

domingo, agosto 11, 2019

UMA PROMESSA



“E TODOS OS TEUS FILHOS SERÃO DISCÍPULOS DO SENHOR, E A PAZ DOS TEUS FILHOS SERÁ ABUNDANTE.”
Isaías 54.13

F E L I Z    D I A. DOS.  PAIS!

Que bom que não somos órfãos, temos um Pai!
Um Pai que nos ama
Um Pai que nos perdoa
Um Pai que cuida de cada detalhe da nossa vida
Um Pai que nos compreende com nossas fraquezas
Um Pai que não nos trata segundo as nossas iniquidades
Um Pai clemente
Um Pai bondoso
Um Pai benigno
Um Pai longânimo
Um Pai presente em todos os momentos
Um Pai que corrige, açoita, disciplina
Um Pai que instrui
Um Pai provedor
Um Pai que tem uma grande CASA e na Sua casa há um lugar, uma morada para os Seus filhos!
Esse Pai é DEUS!

sexta-feira, agosto 09, 2019

ELE VOS ENSINARÁ...

“O SENHOR DEUS ME ENSINA O QUE DEVO DIZER A FIM DE ANIMAR OS QUE ESTÃO CANSADOS. TODAS AS MANHÃS, ELE FAZ COM QUE EU TENHA VONTADE DE OUVIR COM ATENÇÃO O QUE ELE VAI DIZER.” (Isaías 50.4 - NTLH).

Ontem, mais precisamente ao acordar após um exame de polissonografia, o Amigo me trouxe à mente esssa escritura em particular. Gostei muito dessa versão.
O Senhor me ensina...
DEUS é um Senhor que ensina e está disposto e disponível para ensinar, porém, nem todos os que professam-nO como seu Deus estão dispostos a aprender o Seu ensino.
Na Antiga Aliança, Ele se coloca para ensinar ao Seu povo, como está escrito: “...EU SOU O SENHOR, O TEU DEUS, QUE TE ENSINA O QUE É ÚTIL E TE GUIA PELO CAMINHO EM QUE DEVES ANDAR.” ( Isaías 48.17). E ainda: “INSTRUIR-TE-EI E TE ENSINAREI O CAMINHO QUE DEVES SEGUIR; GUIAR-TE-EI COM OS MEUS OLHOS.” (Salmo 32.8).
Jesus, viveu sua vida como homem dedicando maior parte do seu tempo ao ensino. E, como se não bastasse, Ele rogou ao Pai e foi enviado o Amigo Espírito Santo, que está encarregado de nos ensinar todas as coisas (João 14.26). O evangelista João escreve que o Amigo é a Unção do Santo e todos os que O tem sabem todas as coisa, que não tem necessidade de que ninguém os ensine, porque a Unção nos ensina (1 João 2.20.27).
Assim, ninguém tem o direito de alegar ignorância sobre o assunto ensino x aprendizado.
Em primeiro lugar eu preciso estar com a audição espiritual livre para poder ouvir a voz de Deus.
Não está sofrendo com perda de audição, ou mesmo com deficiência auditiva espiritual. Em última hipótese, tendo os ouvidos incircunciso,  isto é, impuros, sujos, contaminados com as impurezas que escutamos diariamente, sem contudo os aspergirmos com o sangue da nova aliança para purificação destas portas de entrada para a alma.
Em segundo lugar carecemos de conhecer a voz de quem nos fala para poder identificar já no primeiro momento.
Conhecer a voz de alguém vai depender do relacionamento que temos com esse alguém, do tempo de convivência, da intimidade, enfim.
Conforme falou Jesus, para conhecer a Sua voz é necessário que sejamos Suas ovelhas, pois, essa sim, reconhecem porque Ele as chama pelo nome (João 10.3.4).
O que o Senhor meu Deus me ensina hoje? O QUE DEVO DIZER A FIM DE ANIMAR OS QUE ESTÃO CANSADOS...
AH, quantas pessoas cansadas irão cruzar hoje o nosso caminho! Mas não temos que nos preocupar em buscar no nosso banco de dados de conhecimentos adquiridos secularmente para ajudar, porque Ele nos ensina, nos dá a palavra certa que vai cair no coração do cansado “COMO MAÇÃS DE OURO EM SALVAS DE PRATA...”
Entretanto, para que isso aconteça se faz necessário que “TODAS AS MANHÃS EU TENHA VONTADE DE OUVIR COM ATENÇÃO O QUE ELE VAI DIZER.”
O detalhe importante que me faz vibrar de alegria é que a atitude de fazer com que eu tenha vontade de ouvir com atenção o que Ele vai dizer vem dEle, aleluia! Ou seja não depende de mim, eu sou tenho que te-lO como Senhor e Deus! Isso é simplesmente F A N T Á S T I C O !!!
Pense comigo, por favor: por que há tantos que se dizem evangélicos e só abrem a boca para reclamar, para desencorajar, para ferir o seu próximo? O que aconteceu com a sensibilidade de perceber a necessidade de quem de nós se aproxima se sentindo cansado?
Muitas das vezes sequer percebemos os que se sentem desanimados em nosso próprio lar! Falta-nos empatia, por causa do vírus luciferiano do orgulho que sufoca o amor de Deus em nós.
Aproveitemos o dia de hoje para ouvir o que Deus nos ensina, com atenção e não desperdiçarmos oportunidade de animar aqueles que o Senhor colocar no nosso caminho.
E assim, de aprendizagem em aprendizagem vamos crescendo na graça e no conhecimento do Senhor até que cheguemos à estatura de varão perfeito.
MARANATA!

quinta-feira, agosto 01, 2019

NOMÓFOBO, EU?

” ...TODAS AS COISAS ME SÃO LÍCITAS, MAS EU NÃO ME DEIXAREI DOMINAR POR NENHUMA DELAS...” ( 1 Coríntios 6.12).

NOMOFOBIA - síndrome de dependência digital.Ei, será que nos tornamos nomófobos? Será que estamos dependentes do digital a ponto de necessitarmos fazer tratamento psiquiátrico, ou mesmo psicológico? Aonde o povo que se chama pelo Nome do Senhor irá chegar?
No Brasil existem mais aparelhos celulares do que o número de brasileiros (cerca de 250 milhões deles).
Os sintomas da NOMOFOBIA são os seguintes:
Medo irracional de perder o celular
Medo de ficar sem celular
Vício em celular
Medo de estar sem mobilidade
Constantemente nas redes.

Sinais de dependência do celular
Deixar tudo o que está fazendo para atender.Nunca deixar o aparelho sem bateria.
Levar o aparelho na mão para atender imediatamente.
Se esquecer o celular, voltar imediatamente para pegar.
Sentir angústia quando acaba a bateria, quando perde ou pensa que perdeu.

Amados, nada deve ser prioridade em nossa vida senão Deus! Nada deve ocupar o tempo que devemos passar com Ele em oração, na leitura e meditação da Palavra, no serviço que prestamos na
casa,do Senhor.
Há quem não desliga o celular nem quando estar orando; há os que durante o culto estão conectados
nas redes, passando informações do que está acontecendo, como se fosse um furo jornalístico.
Na casa do Senhor não há lugares para informantes, repórteres, mas para os que O buscam de todo o coração.
Pasmem, já estive em cultos onde pessoas ficam a fazer Self! Misericórdia!
Até onde o celular se tornou um deus? um ídolo que merece maior atenção do que Deus é o Seu Reino?
Madrugada a dentro as pessoas ficam ansiosas esperando alguma mensagem, alguma informação nova, comprometendo a qualidade do sono, pela redução do hormônio melatonina, mas não conseguem ficar acordadas em oração.
O uso excessivo do celular compromete o relacionamento familiar, o rendimento escolar, a comunicação olho no olho, enfim...
Mateus 6.24 Jesus disse que ninguém pode servir a dois senhores, porque há de amar um e odiar o outro. Deus ou o nosso celular? Com quem estamos nos relacionando mais? De quem mais sentimos necessidade de estar junto?
Não esperemos receber a notícia do desaparecimento da Igreja em primeira mão dada por uma rede social, ao ouvir o famoso barulhinho de mensagem chegando.
Antes busquemos estar no meio dos que ouviram a trombeta tocar e subiram a encontrar Aquele que sempre teve o primeiro lugar em suas vidas.
MARANATA!


sexta-feira, julho 26, 2019

QUEM É O PIOR DOS PECADORES?

QUEM É O PIOR DOS PECADORES?*

*Não é aquele que somente diz que é, e sim aquele que sabe que é*. 
Certa vez, escrevendo sua primeira carta a Timóteo, orientado apelo Espírito Santo, Paulo assim se expressa: _Esta afirmação é fiel e digna de toda aceitação: Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal. (1 Timóteo 1.15)._

Quem em sã consciência se declararia como o pior dos pecadores, mesmo depois de haver sido lavado e purificado pelo sangue de Jesus? Eu? Você? 
O tempo passou, temos uma conversão em nossa história, mas de que forma continuamos a viver nossas vidas? Com baixo teor de biblicidade, regadas de uma santidade legalista (pseudônima) ou na certeza de que quanto mais o dia do Senhor se aproxima estamos buscando *conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejamos cheios de toda a plenitude de Deus? (Efésios 3.19).*

Qual pecado seria pior que o outro na sua concepção? Como medimos a nós mesmos, nossos irmãos e os que ainda não são salvos? Quais critérios seriam eficientes para medir pecados? O apóstolo Paulo nos dá uma excelente dica: ele não afirmou que era o mais excelente dos apóstolos e sim que era o PIOR DOS PECADORES, e que _por isso mesmo havia alcançado misericórdia, para que nele, o pior dos pecadores, Cristo Jesus demonstrasse toda a grandeza da sua paciência, usando-lhe como um exemplo para aqueles que haveriam de crer em Jesus para a vida eterna. (1 Timóteo 1.16)._

Não somos bons, Jesus já disse isso ao jovem rico (Marcos 10.18); o Senhor não morreu por gente boa e sim por inimigos para provar seu amor para conosco (Romanos 5.8), como, pois queremos dar uma de bonzinho, se precisamos do Espírito Santo para praticar a bondade? Podemos até manifestar boas atitudes, mas isso não nos torna bons, pois Jesus disse: Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos (Mateus 7.11a). SOMENTE DEUS É BOM, porém, todos aqueles que amam como Jesus amou terão a oportunidade de serem considerados por Deus servos bons e fiéis (Mateus 25.21). Quem ama é nascido de Deus (1 João 4.7).

Precisamos ser honestos conosco e ver que não temos a mesma coragem de Paulo de se declarar como o pior, porque na verdade, nossa consciência age como se merecêssemos coisas boas, tapinhas nas costas e elogios, mas o fato é que Deus precisou intervir pessoalmente dando sua preciosa vida para resgatar gerações de perversos, ou seja, todos nós. Qualquer obra da carne é condenada por Deus (Gálatas 5.19-21).

Podemos não assaltar a mão armada, mas podemos roubar ideias dos outros e aplica-las como nossas, é pecado também; podemos falar de perdão e, contudo viver indiferentes com aqueles que não simpatizamos, tendo uma ação homicida, por causa da ira abrigada no coração impiedoso, o qual pode se apartar do Deus vivo (Mateus 5.21-25; Hebreus 3.12). Podemos não mentir, porém falar mal do outro ou torcer pela queda de alguém. Depois desta meditação, amados, só posso dizer que estou na lista do principal dos pecadores. Quem é santo, santifique-se mais... (Apocalipse 22.11).

Shalom Adonai
MARANATA.
Flavio Moreira

quinta-feira, julho 18, 2019

ESTEJAMOS PREPARADOS

“NO DIA DA PROSPERIDADE, GOZA DO BEM; MAS NO DIA DA ADVERSIDADE, CONSIDERA EM QUE DEUS FEZ TANTO ESTE COMO AQUELE...” (Eclesiastes 7.14).

Meus amados, devemos estar preparados para as coisas que poderão nos sobrevir.
Todos nós queremos viver o dia da prosperidade, e há muitos que chegam a pensar que este dia nunca terá fim. É possível que assim creiam os arautos da doutrina da prosperidade.
Entretanto, a Palavra de Deus nos fala de outros dias que poderemos viver, como o dia da adversidade, que está no versículo acima.
Deus fez tanto o dia da prosperidade quanto o dia da adversidade, por isso com bom senso jamais atribuiremos ao inimigo de Deus as adversidades que atravessamos.
É bom aprendermos com José que nos dias de fartura preparou o povo para os dias da fome.
A Bíblia nos fala do dia mau e também, nos ensina como nos preparar para o mesmo (Efésios 6.13).
Há também o dia da angústia. Que dia terrível! Mas há uma finalidade deste tempo existir nas novas vidas, para que possamos fazer como o salmista e viver a mesma experiência que ele viveu quando escreveu: “NA MINHA ANGÚSTIA CLAMEI AO SENHOR E ELE ME OUVIU.” (Salmos 120.1).
O Senhor nosso Deus sabendo que por causa do pecado iríamos sofrer quando o dia da angústia chegasse para nós, falou dessa maneira: “INVOCA-ME NO DIA DA ANGÚSTIA;  EU TE LIVRAREI, E TU ME GLORIFICARÁS.” (Salmos 50. 15).
Já pensou se a única maneira de alguém glorificar a Deus ser quando passa pelo dia da angústia?
Precisamos estar preparados para os dias de trevas, e como está escrito: “AINDA QUE O HOMEM VIVA MUITOS ANOS, REGOZIJE-SE EM TODOS ELES; CONTUDO, DEVE LEMBRAR DE QUE HÁ DIAS DE TREVAS, PORQUE SERÃO MUITOS...” (Eclesiastes 11.8).
A Palavra nos orienta o que fazer quando estamos passando por dias de trevas: “ ...QUANDO
ANDAR EM TREVAS, E NÃO TIVER LUZ NENHUMA, CONFIE EM O NOME DO SENHOR E
FIRME-SE SOBRE O SEU DEUS.” (Isaías 50.10).
Seja qual for o dia que atravessarmos chegará o momento em que ele passará, glória a Deus! Para tudo há um tempo determinado, nada será eterno.
Nossa esperança é que em breve começará um novo dia para a Igreja que vai subir, aleluia! Quando esse dia chegar todos os dias maus que passamos na terra serão esquecidos, ao desfrutarmos da alegria do grande dia do triunfar do nosso Rei!
Nesse grandioso dia, o DIA DA REDENÇÃO, todos os que foram selados com o Espírito de Deus, estarão diante dAQuele que os comprou com Seu precioso sangue para Deus. Que extraordinário será, glória a Jesus!
Todos os que estiverem no Dia da Colação de Grau, Dia da Solenidade ( Oseias 9.5), estarão livres de alguns dias que as escrituras mencionam, tais como: DIA DO SENHOR; DIA DA VINGANÇA DO NOSSO DEUS; DIA DE INDIGNAÇÃO; DIA DE ANGÚSTIA; DIA DE ALVOROÇO; DIA DE DESOLAÇÃO; DIA DE ESCURIDADE E NEGRUME; DIA DE NUVENS E DENSAS TREVAS; DIA DE TROMBETA E DE REBATE...
Meus queridos, vigiemos, pois para não sermos surpreendidos no dia que a trombeta tocar, mas que estejamos prontos para subir ao encontro do Noivo amado, no grande DIA DAS BODAS!
QUANDO ENFIM, CHEGAR O DIA,
DO TRIUNFAR DO MEU REI;
QUANDO ENFIM CHEGAR O DIAAAAAAAAAAAAAAA!!!
PELA GRAÇA DE JESUS EU LÁ ESTAREI!
MARANATA!

quarta-feira, julho 10, 2019

O CORAÇÃO: UM ORATÓRIO

“ ...ESTES HOMENS LEVANTARAM OS SEUS ÍDOLOS DENTRO DO SEU CORAÇÃO...(Ezequiel 14.3).

Estes dias tenho pensado sobre esse assunto, pois o Amigo falou comigo a respeito.
Deus criou e fez o homem para o louvor da Sua glória, para que este O colocasse em primeiro lugar em sua vida.
Entretanto, quando o orgulho entrou no coração do primeiro casal, aquele espaço que era totalmente preenchido pelo Criador, foi substituído pelo “Eu”. Deus saiu do governo e o “Eu” passou a governar o homem. Que desgraça! O homem tomou a primeira decisão pelo seu “Eu”. Eu serei como Deus tendo conhecimento do bem e do mal.
A idolatria estava instalada. Quando qualquer coisa ou pessoa toma o lugar de Deus no nosso coração somos idólatras.
Deus não aceita dividir o seu lugar com nada e tampouco com ninguém. Ele tem que ser ÚNICO!
“ OUVE, ISRAEL, O SENHOR, NOSSO DEUS, É O ÚNICO SENHOR. AMARÁS, POIS, O SENHOR, TEU DEUS, DE TODO O TEU CORAÇÃO, DE TODA A TUA ALMA E DE TODA A TUA ALMA E DE TODA A TUA FORÇA.” ( Deuteronômio 6.4.5).
Deus não aceita metade.
Quando Jesus foi confrontado pelo intérprete da Lei acerca do grande mandamento na Lei Ele disse:
“...AMARÁS O SENHOR, TEU DEUS, DE TODO O TEU CORAÇÃO, DE TODA A TUA ALMA E DE TODO O TEU ENTENDIMENTO.” (Mateus 22.37).
Por causa do orgulho que infla o nosso “eu”, somos tendenciosos a colocar ídolos no nosso coração,
deuses conforme a nossa conveniência e, tentamos fazer como o faziam os samaritanos, como está escrito: “DE MANEIRA QUE TEMIAM O SENHOR E, AO MESMO TEMPO, SERVIAM AOS
SEUS PRÓPRIOS DEUSES...” (2 Reis 17.33).
O Amigo Espírito Santo me falou sobre evangélicos cujos corações são verdadeiros oratórios (nichos usados para colocação de ídolos).
Examinemo-nos com a ajuda do Espírito Santo e vejamos se há ídolos em nosso coração. Há muitas espécies de ídolos, desde objetos, independente de ser imagem de escultura, coisas, até pessoa a quem se dá exarcebada honra (Dicionário de Aurélio).
Lendo mais uma vez a Santa Palavra, encontrei referência a um deus. Está escrito: “ENTÃO, PASSAM COMO PASSA O VENTO E SEGUEM; FAZEM-SE CULPADOS ESTES CUJO PODER É O SEUS deus. “ (Habacuque 1.11).
Cantores e cantoras, pregadores e pregadoras, templos suntuosos, e, como não podemos esquecer, o famoso deus mamom,  as riquezas.
Aqueles que amam o dinheiro, tem-no como seu deus e, segundo Jesus, quem ama mamom odeia ou aborrece a Deus. Ninguém pode servir a dois senhores ( Mateus 6.24).
O amor ao dinheiro é chamado avareza, e conforme a palavra, a avareza é idolatria.
Tudo o que toma o lugar de Deus em nossa vida é verdadeiramente um ídolo. Tudo o que ocupa mais o nosso tempo, e o tempo com Deus deixa de ser prioridade para nós é idolatria.
Ha os que cultuam ao deus corpo, pois vivem mais em função do corpo do que de coisas espirituais.
Um deus que verdadeiramente tem tomado lugar nos corações de muitos evangélicos é a mídia em geral, especialmente as redes sociais. Hoje passa - se a maior parte do tempo nas redes, e quando se pergunta quanto tempo diário em particular com Jesus fica difícil responder, visto que o celular sequer pode estremecer, já preciso ser verificado, ele não pode esperar. Não há respeito à hora das refeições, pois em todo e qualquer lugar ele é prioridade absoluta, portanto se tornou um deus para muitos.
Até mesmo durante o culto as pessoas estão conectadas, passando informações, e, pasmem, fazendo self!
Idolatria é uma forma de adultério espiritual, assim Deus tratou a Israel como nação adúltera, por te-lO deixado e se contaminado com outros deuses. PERFÍDIA!
Amados, a trombeta irá tocar a qualquer momento e se houver oratorio em nosso coração, estaremos fora da Noiva, (que nos guarde o Senhor), pois idólatras, nem impuros entrarão na cidade pelas portas!
Consultemos o Espírito Santo para saber se estamos amando ao Senhor integralmente, ou se há ídolos em nosso coração. Observemos se quem nos domina, governa nossa vida é Deus pelo Seu Espírito que em nós habita ou o nosso “eu”. É a vontade do Pai ou a nossa quem comanda nosso dia-a-dia?
Cuidado para não sermos avaliados pelo Senhor e achados com o nosso coração um oratório.
Amemos, pois, ao Senhor como nos fala a Palavra, e somente assim estaremos para sempre com Ele.
MARANATA!



quarta-feira, julho 03, 2019

SATISFAÇÃO PLENA: UMA CARACTERÍSTICA DA OVELHA DE JESUS

“ O SENHOR É O MEU PASTOR; NADA ME FALTARÁ. EU SOU O BOM PASTOR.”(Salmo 23.1; João 10.11)

É possível que este primeiro versículo acima seja mais falado do que até mesmo o texto áureo João 3.16.
Desde a criança na mais tenra idade até o idoso senil, e até mesmo aqueles que não professam Jesus com seu Senhor o conhecem.Porém, não são todos os que o declaram que verdadeiramente o vivenciam, pois para que tenhamos um pastor necessário se faz sermos ovelhas.
Por que será que existem tantos evangélicos insatisfeitos? Por que tantas queixas? Por que tantos questionamentos por aqueles que professam o nome de Jesus? Por que há tantos reclamando por ter falta de alguma coisa? Que responda para si mesmo: sou ovelha de Jesus, o bom Pastor?
O que lhe falta?
Coisas espirituais ou materiais? Seja qual for a resposta, se lhe falta alguma coisa como ovelha pode se entender que seu pastor tem negligenciado em suprir as suas necessidades. E agora?
Está escrito: “ E O MEU DEUS, SEGUNDO A SUA RIQUEZA EM GLÓRIA, HÁ DE SUPRIR, EM CRISTO JESUS, CADA UMA DE VOSSAS NECESSIDADES.” (Filipenses 4.19).
Deus não mente. Sua Palavra é a verdade, portanto, se está faltando alguma coisa que necessitamos precisamos rever nossa posição. Se estamos em Cristo cada uma das nossas necessidades será suprida.
Necessidades espirituais. Já somos abençoados com toda sorte de bençãos espirituais em Cristo.
(Efésios 1.3).
Em Cristo temos as riquezas da graça, as riquezas da glória, somos herdeiros de Deus e do-herdeiros de Cristo.
Necessidades materiais. Se buscamos em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, todas as demais coisas nos serão acrescentadas.( Mateus 6.33).
Necessidades emocional. Temos o Espírito Santo que nos consola, e nos ajuda nas nossas fraquezas (Romanos 8.26).
Se, contudo, não dependemos dele em tudo, se não o consultamos principalmente quanto à administração financeira, nos enchemos de dívidas, e depois ficamos passando por necessidades.
Cuidado com as dívidas pois está escrito: “...AÍ DAQUELE QUE SE CARREGA A SI MESMO DE DÍVIDAS.” ( Habacuque 2.6).
A propósito,  se estás sendo consultado para ser fiador de alguém, ou mesmo comprar em teu nome, ou também usar o teu cartão de crédito(dívida),  não aceite. Isso vira a ser um laço para sua vida, trazer inimizade e problema espiritual. Vigie!
O bom Pastor cuida muito bem das suas ovelhas, glória a Jesus e por isso suas ovelhas vivem satisfeitas embora sofram as dificuldades naturais deste mundo, porque elas sabem que na fartura ou na escassez; na alegria ou na tristeza; na saúde ou na doença; na tempestade ou na bonança; com muito ou pouco dinheiro, seja qual for a circunstância Ele está conosco.
E mesmo no vale da sombra da morte não há o que temer Ele está conosco!
A verdadeira ovelha tem esse comportamento: “ ...COMO ENGANADORES E SENDO VERDADEIROS; COMO DESCONHECIDOS E, ENTRETANTO BEM CONHECIDOS; COMO SE ESTIVÉSSEMOS MORRENDO E, CONTUDO, EIS QUE VIVEMOS; COMO CASTIGADOS , PORÉM NÃO MORTOS; ENTRISTECIDOS, MAS SEMPRE ALEGRES; POBRES, MAS ENRIQUECENDO A MUITOS; NADA TENDO, MAS POSSUINDO TUDO.” (2 Coríntios 6.8-10).
Afinal, somos ou não ovelhas do rebanho de Jesus?
MARANATA!

sexta-feira, junho 28, 2019

ABRAMOS OS OLHOS AMADOS!

“OLHAI, VIGIAI E ORAI...” (Marcos 13.33).

Os prognósticos na terra são sombrios. A insegurança cerca a humanidade. Mesmo assim há esperança para a Noiva do Cordeiro, a Igreja que irá subir quando a trombeta tocar. Por isso, meu desejo prioritário é permanecer nela independente do que acontece ao meu redor. E você?
A Bíblia é tão atual como o jornal de hoje e nela está escrito o retrato da nossa sociedade de modo geral: “ PERECEU O BENIGNO DA TERRA, E NÃO HÁ ENTRE OS HOMENS UM QUE SEJA RETO; TODOS ARMAM CILADAS PARA SANGUE; CAÇA CADA UMA SEU IRMÃO COM UMA REDE. AS SUAS MÃOS FAZEM DILIGENTEMENTE O MAL; O PRÍNCIPE INQUIRE, E O JUIZ SE APRESSA À RECOMPENSA, E O GRANDE FALA DA CORRUPÇÃO DA SUA ALMA, E ASSIM TODOS ELES SÃO PERTURBADORES.” ( Miqueias 7.2,3).
E ainda: “...NÃO HÁ VERDADE, NEM BENIGNIDADE, NEM CONHECIMENTO DE DEUS NA TERRA. SÓ PREVALECEM O PERJURAR, E O MENTIR, E O MATAR, E O FURTAR, E O ADULTERAR, E HÁ HOMICÍDIOS SOBEE HOMICÍDIOS.” (Oseias 4.1,2).
No mundo o ódio se multiplica e com ele o derramamento de sangue dos homens e mulheres, nem as crianças e idosos escapam.
As mentes estão completamente dominadas pelo príncipe deste mundo tenebroso e as pessoas sentem prazer em praticar o mal. Não há mais sensibilidade, tampouco afeto natural. O sentimento de amar ao próximo se foi, por onde será que ele anda?
Como disse Jesus, procura-se fé, alguém que acredite em alguém ou em alguma coisa e não se encontra, meu Deus!
A ambição, a cobiça, a corrida pelo “ter” aumentam a cada dia.
As famílias destruídas, as alianças conjugais partidas, o divórcio (algo que Deus odeia) tornou-se natural até para os evangélicos, misericórdia!
Crianças geradas de relacionamentos sem compromisso, geradas somente pelo impulso sexual do amor Eros. As consequências estão bem aí, sendo divulgadas diariamente. Adolescentes usuários de drogas, vivendo em imoralidade, promiscuidade, sem razão nem motivação para viver, atentando contra a própria vida. Partem deste mundo desiludidos, sem Deus, sem esperança de uma eternidade na casa do Pai.
Até mesmo em igrejas locais pessoas vivem em homicídio pois segundo a Palavra de Deus “AQUELE QUE ODEIA A SEU IRMÃO É HOMICIDA...” (1 João 3.15).
Há aqueles que nem podem sentar-se junto na mesa da ceia do Senhor, e com profundo pesar escrevo que até lideranças estão nesse estado espiritual!
Muitos frequentando cultos mas com a alma sangrando de tanto serem feridos na comunidade que fazem parte.
A boa notícia é que os que fazem parte da Igreja que vai subir estão buscando obedecer à Palavra e mesmo sendo feridos e odiados conseguem  perdoar e amar o irmão ou  aqueles que os ferem, glória a Deus!
Sabem por quê? Porque estão em Cristo e antes mesmo que alguém nos fira, atinge o Senhor onde estamos, aleluia! E entendemos que é mais terrível ferir a Jesus do que  a nós! Dai, o Amigo nos convence a perdoar e ainda interceder pedindo misericórdia para os tais.
Daqui a bocadinho ouviremos o alarido e o anúncio: EIS AÍ O NOIVO! Somente os que estão nEle ouvirão, glória a Jesus!
Aliás, cuidado para não ficar impedido de ouvir por essa causa: “ ...QUEM DENTRE NÓS HABITARÁ COM O FOGO CONSUMIDOR?...O QUE TAPA OS OUVIDOS PARA NÃO OUVIR FALAR DE SANGUE E FECHA OS OLHOS PARA NÃO VER O MAL, ESTE HABITARÁ NAS ALTURAS...” (Isaías 33.14,15,16).
MARANATA!

sábado, junho 22, 2019

REMINDO O TEMPO

“REMINDO O TEMPO...” (Efésios 5.16)

Amados, já estamos quase no final de junho, praticamente na metade do ano 2019.
O que temos feito até agora em relação ao nosso relacionamento com Deus? Crescemos na graça e no conhecimento de Cristo? 2 Pedro 3.18
Estreitamento nossa comunhão com o Amigo? Nossa intimidade com Ele aumentou?
E no que diz respeito à convivência diária com a Palavra? Temos passado mais tempo com ela?
Temos obedecido à Palavra que nos ordena orar sem cessar? E também nos manda procurar com zelo os dons espirituais?
A quantos falamos de Jesus, pregamos o evangelho neste primeiro semestre de 2019? Levamos vidas a Cristo?
Temos feito discípulos?
Ao contabilizarmos as bênçãos que recebemos este ano o índice no aspecto espiritual está maior do que em relação às coisas materiais?
Quanto tempo temos computado com agradecimento em relação ao que pedimos?
A quantos enfermos e incapacitados visitamos, levando uma palavra de fé e de esperança?
Nos dedicamos mais ao serviço dentro das quatro paredes do templo, ou temos procurado ir lá fora onde os pecadores estão?
Produzimos para nós mesmos ou para glória de Deus?
Creio que necessitamos repensar o nosso tempo e como o estamos gastando...
Assim, meus amados, vamos remir o tempo e pedir que o Amigo nos ensine como administrar melhor   cada dia que vivermos como cidadãos do Reino de Deus.
“E EIS QUE VENHO SEM DEMORA, E COMIGO ESTÁ O GALARDÃO QUE TENHO PARA RETRIBUIR A CADA UM SEGUNDO AS SUAS OBRAS.” (Apocalipse 22.12)

MARANATA!

quarta-feira, junho 12, 2019

OBEDEÇAMOS, POIS!


“BUSCAI NO LIVRO DO SENHOR E LEDE:...” (Isaías 34.16).

O Amigo Espírito Santo usando o profeta Isaías nos dá duas ordens: BUSCAI... E LEDE.
Ordem dada é para ser obedecida.
Mas, será que todos os que se dizem evangélicos obedecem a essas ordens? Pelo visto, NÃO!
O que realmente tem sido prioridade no nosso buscar? Ouve-se muito as pessoas dizerem ao chegar ao templo: Vim buscar.
Entretanto, o que é mesmo que elas estão buscando?
Buscando as bênçãos de Deus para suas vidas. Tudo bem. Todos queremos bençãos, mas que tipo de bençãos buscamos?
Segundo a Palavra em Efésios 1.3 “ BENDITO O DEUS E PAI DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, QUE NOS TEM ABENÇOADO COM TODA SORTE DE BENÇÃO ESPIRITUAL NAS REGIÕES CELESTIAIS EM CRISTO.”
Portanto, quem está em Cristo, já está assentado nos lugares celestiais (Efésios 2.6). Desse modo, tal pessoa já está abençoado com toda sorte de benção espiritual.
E por que não buscamos no livro do Senhor para conhecermos todas as promessas que nele está registradas? Por que é mais fácil buscarmos estar em reuniões de oração onde esperamos ouvir profecias e palavras que vão nos alegrar? Por que é mais fácil jejuar? Por que é tão difícil buscar no livro do Senhor e ler?
Amados, ninguém poderá ser cheio do Espírito Santo  sem que esteja cheio da Palavra, pois sabemos pela Palavra que a “PALAVRA” é o próprio Senhor Jesus! Como está escrito: “...HÁ TRÊS QUE DÃO TESTEMUNHO NO CÉU: O PAI, A PALAVRA E O ESPÍRITO SANTO...” (1 João 5.7).
Bem, o Amigo me falou que as pessoas precisam se banhar diariamente para não ficar sujas, com má aparência. E há, ainda aqueles que sentem necessidade de banhar-se duas ou três vezes no dia. Isso exige muita água.
Agora, disse Ele, e quanto ao homem interior? Será que também não precisa ser lavado? Como podem pessoas que se dizem cristãos passarem dias sem se lavarem no homem interior com a água limpa da Palavra de Deus?
Para muitos, a primeira coisa a fazer ao acordar é tomar um bom banho, com muita água, contudo seque leem um capítulo do livro do Senhor.
Além do mais, essa é uma das causas de tantos crentes viverem sedentos... têm sede de poder, sede de cargo na igreja local, sede de dinheiro, sede de coisas materiais, sede de sexo, sede...sede...sede...
Jesus disse à mulher samaritana que quem beber da água que Ele dá nunca terá sede. As palavras de Jesus nos trazem saciedade em todas as áreas da nossa vida, glória a Jesus!
Quem vive cheio da Palavra fala da Palavra, porque “A BOCA FALA DAQUILO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÃO” disse Jesus.
A palavra satisfaz, aleluia! Evangélicos que não está lavados pela Palavra vivem insatisfeitos, sem fé, sem esperança (Romanos 10.17; 15.4).
Que tal priorizar o que realmente deve ser prioridade? Quero convidar-lhe a começar uma leitura sistemática da Bíblia Sagrada e posso lhe garantir que a sua vida será transformada pelo poder que vem da Palavra de Deus (Hebreus 4.12).
MARANATA!


quarta-feira, junho 05, 2019

A IGREJA QUE VAI SUBIR ESTÁ VESTIDA

“SE, TODAVIA, FORMOS ENCONTRADOS VESTIDOS E NÃO NUS.” (2 Coríntios 5.3).

Há muitos nas igrejas locais preocupados em mostrar trabalho, serviço, subserviência até, sem contudo parar para examinar como andam suas vestes, ou se estar vestido devidamente, para se apresentar ao Senhor no dia da chamada, ou pela morte, ou pelo arrebatamento.
Enquanto o primeiro casal, no Éden, vivia em plena comunhão com Deus, embora estando nus não se envergonhavam, tampouco deixavam de se apresentar a Ele quando era chamado. A comunhão com o Criador os vestia diante dEle, Ele os cobria com a Sua glória.
Todavia, quando desobedeceram, logo perceberam a nudez e trataram de coser folhas de figueira e fizeram cintas para si (Gênesis 3.7). Comunhão quebrada, nudez exposta!
O pecado descobriu-lhes as vergonhas, fazendo com que eles se escondessem do seu melhor Amigo!
Que coisa lastimável! Agora eles precisavam estar cobertos diante dos homens, contudo, diante de Deus continuavam nus.
O Filho amado do Pai - Jesus, no momento mais terrível da sua vida neste mundo, quando não somente tomou sobre si os nossos pecados, mas como está escrito foi feito pecado ou se tornou pecado (5.Corintios 5.21), gritou ao sentir-se abandonado por Deus! Ele foi crucificado desnudo diante dos homens e diante de Deus!
Não podia ser diferente, a comunhão foi quebrada, os pecados de muitos o deixaram nu na presença de Deus!
A igreja em Laudicea, embora se julgando rica, ao ser avaliada pelo Senhor Jesus, recebeu a seguinte descrição: “...NEM SABES QUE TU ÉS INFELIZ, SIM, MISERÁVEL, POBRE, CEGO E NU...” (Apocalipse 3.17).
Era uma igreja cujo poderio econômico-financeiro não mantivera a sua comunhão com Deus, uma igreja sem cobertura da glória, uma igreja em que Jesus estava do lado de fora batendo à porta... ela vivia “icabô”.
O Senhor Jesus sequer ordenou, apenas deu um conselho: “...COMPRES DE MIM... VESTIDOS BRANCOS...” (Apocalipse 3.20).
Vestes brancas para integrar a Noiva tem preço, precisa ser comprada de Jesus. Somente em plena comunhão com Ele somos ajudados pelo Amigo Espírito Santo a negarmos a nós mesmos, tomar cada dia a nossa Cruz. Somente vivendo no Espírito, andando no Espírito, cheios do Espírito poderemos ser guiado em toda verdade e a verdade é a Palavra de Deus.
Para cuidar em manter as vestes precisamos lavá-las constantemente no sangue do Cordeiro, nos revestirmos do Senhor Jesus, do novo homem.
Jesus nos falou: “(EIS QUE VENHO COMO VEM O LADRÃO. BEM-AVENTURADO AQUELE QUE VIGIA E GUARDA AS SUAS VESTES, PARA QUE NÃO ANDE NU, E NÃO SE VEJA A SUA VERGONHA.” (Apocalipse 16.15).
A vigilância nunca foi tão importante como nos nossos dias, pois o que não falta é investidas de todos os lados afim de provocar nosso homem interior a descer da Cruz e agirmos com o braço de carne, sujando, assim, nossas vestes.
Vigilância para lavar constantemente no sangue do Cordeiro as nossas vestes para subirmos com a Noiva.
O Amigo me falou e me fez ver, certa vez, uma multidão com vestidos manchados. Ele me disse que era preciso ter cuidado para não manchar as vestes com as coisas que a Palavra diz que contaminam, tipo, obras da carne (Judas 23); raiz de amargura (Hebreus 12.15); coração sujo (Marcos 7.21-23); pecados da língua (Tiago 3).
Também me mostrou e falou sobre aqueles que quebram a comunhão com o irmão, não perdoa, dai faz um rasgo no vestido. Depois, resolve sair daquela igreja local e vai se congregar em outra, pensando que resolveu o problema. Ledo engano! Apenas colocou um remendo na roupa. Então o Amigo me perguntou: uma noiva vai para o casamento com o vestido manchado, rasgado e remendado? Eu respondi: não Senhor. Ele me disse nem aqueles que não estiverem de vestes brancas, impecável irão com o Noivo.
Meus amados, vigiemos, e examinemo-nos todos os dias, pedindo ao Amigo para nos mostrar como andam as nossas vestes espirituais, pois nosso objetivo maior é participar das bodas do Cordeiro, o de por Ele seremos servidos, aleluia!
MARANATA!

sexta-feira, maio 24, 2019

CIDADÃOS DO REINO DE DEUS

“ MAS A NOSSA PÁTRIA ESTÁ. OS CÉUS...” (Filipenses 3.20)

Meus amados e queridos leitores, nosso país está vivendo um momento de grande turbulência, é verdade.
Contudo,  apesar de sermos cidadãos brasileiros, nossa prioridade absoluta deve ser a nossa pátria
Celestial, pois sabemos muito bem, à luz da Sua Palavra que Ele é Soberano e age como lhe apraz.
“É ELE QUEM MUDA O TEMPO E AS ESTAÇÕES, REMOVE REIS E ESTABELECE REIS...”
(Daniel 2.21).
Como disse Jesus quando orava, que a Igreja não ê do mundo, mesmo estando no mundo. A Igreja, já está assentada em lugares celestiais em Cristo (Efésios 2.6).
A Igreja é formada por soldados cujo comandante é Aquele que os arregimentou, por isso,como está escrito, que não devemos nos embaraçar com os negócios desta vida, afim de “AGRADAR AQUELE QUE NOS ALISTOU.” (2Timoteo 2.11.2)
Aqueles que fazem parte da Igreja, a NOIVA, que vai subir com o Noivo, deve sair às ruas, sim, para proclamar as virtudes daquele que nos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz (1 Pedro. 2.9).
Com respeito às autoridades, sabemos de acordo com a Palavra de Deus, que são colocadas por Deus,  a Sua Soberania (Romanos 13) e ainda está escrito: “COMO RIBEIROS DE ÁGUAS, ASSIM É O CORAÇÃO DO REI NA MÃO DO SENHOR; A TUDO QUANTO QUER O INCLINA.” (Provérbios 21.1).
Nosso dever como Igreja é ser sal da terra e luz do mundo, espalhar por toda parte o bom cheiro do conhecimento de Cristo, resplandecer como astros neste mundo tenebroso, pregar a Palavra, fazer discípulos, cuidar dos necessitados, viver o verdadeiro amor e em unidade como Corpo de Cristo.
Interceder pelas autoridades como manda a Palavra (1 Timóteo 2.1,2).
Jesus é o nosso exemplo, e,  mesmo vivendo em um tempo em que seu povo era dominado por Roma,Ele nunca convocou o povo para ir às ruas se manifestando contra ou a favor de absolutamente  nada .
E quando os discípulos o interrogaram acerca do assunto da restauração do reino a Israel, Ele desconversou e deu uma resposta enfatizando as coisas espirituais.
Aprendamos, pois, com nosso Mestre!
MARANATA!

quinta-feira, maio 16, 2019

PROMOVENDO ALEGRIA NO CÉU

“ DIGO-VOS QUE, ASSIM, HAVERÁ MAIOR JÚBILO NO CEU POR UM PECADOR QUE SE ARREPENDE DO QUE POR NOVENTA E NOVE JUSTOS QUE NÃO NECESSITAM DE ARREPENDIMENTO...EU VOS AFIRMO QUE, DE IGUAL MODO, HÁ JÚBILO DIANTE DOS ANJOS DE DEUS POR UM PECADOR QUE SE ARREPENDE.” (Lucas 15.7,10).

Cada um de nós respondamos para nós mesmos: quantos momentos de júbilo promovemos no céu e diante dos anjos, este ano por termos levado um pecador arrependido a Cristo?
Em compensação, de quantas festas participamos na igreja local, onde houve grande júbilo na terra?
E as festas sociais com muita alegria por diversos motivos?
Nada contra, porém, como cidadão do Reino, nossa prioridade deve ser promover júbilo e alegria no céu ao invés de nós desgastarmos para fazermos grandes comemorações, que muitas das vezes são culto à personalidade, projeção de alguém , exaltação do homem (só Deus conhecê-las intenções).
Ganhar almas, levar pessoas a Cristo através do arrependimento não é privilégio de alguns, absolutamente! É dever de todo discípulo de Jesus, porque depois de ressuscitar Ele deu a ordenança:
“IDE POR TODO MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA...” (Marcos 16.15).
Uma pessoa que se diz discípulo e não leva a sério essa ordem do Mestre, está em desobediência, e toda desobediência é pecado.
Depois ficamos a questionar por que isso, por que aquilo está acontecendo conosco. Mas como está escrito: “...QUEIXE-SE CADA UM DOS SEUS PRÓPRIO PECADOS. “ (Jeremias 3.29).
A prioridade para muitos evangélicos é orar muito, tudo bem 1 Tessalonicenses 5.17. Outros se esmeram no conhecimento da Palavra, nos originais, em fazer cursos, simpósios, participar de congressos. Outros, ainda, se ufanam por jejuar muitas vezes, manifestarem dons espirituais, coisas boas, porém que não promovem júbilo no céu.
Todos os dias devemos levar pecadores a Cristo através da nossa intercessão, com pesar pelo risco
que eles correm na sua vida futura, enquanto levamos Cristo a eles através da pregação da Palavra de Deus. Pregar o evangelho, as boas novas, que como está escrito: “ ...É PODER DE DEUS PARA SALVAÇÃO DE TODO AQUELE QUE CRÊ...”(Romanos 1.16).
Há uma promessa gloriosa para quem converter o pecador (Tiago 5.20).
Muitas pessoas estão buscando sabedoria, gastando dinheiro com essa finalidade, querendo ser conhecidas como sábias.
Contudo está escrito: “ ...O QUE GANHA ALMAS SÁBIO É.” (Provérbios 11.30).
Sempre é bom lembrar do evangelista Mood que não passava um dia sequer sem falar de Jesus para alguém.
Convencer do pecado é função do Amigo, salvar é da competência de Jesus, porém Ele nos mandou pregar e o apóstolo Paulo exorta seu filho na fé, Timóteo, dizendo: PREGA A PALAVRA..(2 Timóteo 4.2). Devemos pregar a palavra, porém há muitos que dão testemunho do que era a sua vida. Tudo bem, mas o foco da Palavra é para pregarmos a Palavra. Nada pode substituí-la.
Infelizmente, há muitos contando “tristemunho”, onde a maior parte do tempo enfatiza os feitos do inimigo de Deus e no final fala que Jesus os salvou.
Falamos muito de missões, contribuímos com missões, gastamos dinheiro e tempo participando de congressos de missoes, todavia, quando voltamos para o nosso dia-a-dia, continuamos inflamados pelo desejo de pregar o evangelho? Será que não é mais um evento no nosso currículo evangélico?
Pare e pense. Talvez, você caro leitor destas singelas linhas, já tenha participado de alguns eventos de missões. Ao retornar deles, quantas vidas já levou a Cristo? A quantos pregou as boas novas?
O revestimento de poder nos foi dado com a finalidade de sermos testemunhas de Jesus (Atos 1.8). Não posso entender alguém que diz ter sido revestido de poder, fala em línguas estranhas, mas consegue passar uma semana, um mês, um ano, sem dar testemunho de Jesus, não compartilha o que Ele fez na sua vida.  Sinceramente...
Portanto, meu amados e queridos leitores, busquemos mais e mais promover alegria no céu. Que os anjos celebrem a vitória do Cristo ressurrecto nas vidas que levamos para o Reino de Deus.
MARANATA!


domingo, maio 12, 2019

ÀS MINHAS COLEGAS MÃES

O ADORNO DELAS SEJA... UM ESPÍRITO MANSO E TRANQUILO QUE É DE GRANDE VALOR DIANTE DE DEUS.” 1 Pedro 3.4


Queridas mães biológicas, adotivas ou mesmo as espirituais, que está palavra se cumpra em nossas vidas no dia-a-dia, para glória de Deus.
Que o Amigo nos ajude a sermos mulheres cujo adorno do homem interior (alma), seja um espírito manso e tranquilo, em nome de Jesus.
Guarde- nos o Senhor de sermos mães:
Voluntariosas,
Invejosas,
Iracundas,
Revoltadas,
Malcriadas,
Vingativas,
Odiosas,
Rixosas,
Contenciosas,
Imorais,
Relaxadas,
Frustradas,
Enfim...
Faço minhas as palavras de Tertuliano:
“QUE ELAS SEJAM VESTIDAS COM A SEDA DA HONESTIDADE, O LINHO DA SANTIDADE, E A PÚRPURA DA CASTIDADE, E ASSIM PODERÃO AGRADARÁ DEUS.”
Feliz dia das mães!
MARANATA!

quinta-feira, maio 09, 2019

O VALOR EMOCIONAL DE UM ABRAÇO

“...E ABRAÇANDO AFETUOSAMENTE A PAULO, O BEIJAVAM,” (Atos 20.37).

Por acaso você já recebeu um abraço afetuoso? Um abraço que lhe transmite esperança, conforto, ânimo, coragem?
No sábado passado, dia 04, fomos surpreendidos pelo dia da adversidade. De repente, meu marido fez um infarto do miocárdio, seguido de uma parada cardíaca. Verdadeiramente uma surpresa, algo inesperado.
Foi tudo tão de repente, mas nada melhor do que termos um Amigo chamado Espírito Santo, porque Ele encaminha tudo do melhor modo possível, e, sendo assim, em menos de quatro horas, tudo já estava sob controle, cateterismo, angioplastia, e colocação de dois stents, para glória de Deus.
Estávamos ainda em suspense sem saber o que estaria por vir, eu e a minha filha, quando, para nossa alegria, recebemos a visita do nosso PR. Ailton Junior, vice-presidente da nossa igreja.
Que momento confortante aquele abraço que recebi. O Pastor abraçando afetuosamente a “ovelha”, aleluia!
Não há palavras para expressar o que senti e o que aquele abraço significou para mim, glória a Deus!
Conforto, alento, segurança por sentir que além do Sumo Pastor, o Senhor Jesus Cristo, meu Mestre, meu Senhor e meu Rei, tenho um pastor sensível à dor da ovelha, glória a Deus!
Orou conosco e por nós! A presença do Amigo transbordou em nosso interior e fluímos em línguas estranhas magnificando a Deus, aleluia!
Nossa fé estava renovada e confiamos que a vontade do Pai estava sendo feita naquele momento na vida do meu marido. Deus é bom!
Aprendi desde muito pequena com minha querida mamãe a valorizar e honrar os homens que Jesus deu a Sua Igreja, para o aperfeiçoamento dos santos, glória a Jesus!
Um abraço pode fazer toda a diferença. A Bíblia diz que a mulher sunamita abraçou os pés do profeta Eliseu e ele atendeu o seu pedido. O filho que estava morto ressuscitou!
E, quem não se lembra do filho pródigo que, ao retornar à casa do pai, talvez jamais pensasse que seria recebido com um afetuoso abraço! Quão grande deve ter sido a alegria do moço! Sem palavras, um caloroso abraço pode dizer muita coisa para quem o recebe.
No dia da ressurreição de Jesus, o evangelista Mateus registra que as mulheres aproximaram-se do Mestre, abraçaram-lhe os pés e O adoraram! Ele não as repeliu.Absolutamente, porém lhes disse:
“NÃO TEMAIS!”
Amados leitores, por que nós não aproveitamos as oportunidades para abraçar, principalmente os que carecem de uma expressão de afeto na hora da dificuldade e dor?
E como está escrito: “LANÇA O TEU PÃO SOBRE AS ÁGUAS, PORQUE DEPOIS DE MUITOS DIAS O ACHARÁS. “
Nós semeamos hoje e quando não esperamos receberemos o resultado daquilo que semeamos, para glória de Deus!
Marido, abrace sua esposa e a musculatura paravertebral relaxará evitando gastar com os abençoados relaxantes musculares. Supra a necessidade de afetividade dela e ela lhe dará alegrias.
Esposa, abrace seu marido, preencha sua carência afetiva, antes que uma intrusa o faça. Seja sabia!
Pais, abracem vossos filhos, para que eles se sintam amados e seguros na amor demonstrado por atitudes. Não deixe passar um dia sem abraçá-los, e o pai deve priorizar o afeto em relação à filha, para que ela não procure uma figura masculina que supra a lacuna que o pai não preencheu.
Filhos, abracem vossos pais, mesmo que eles já estejam no ocaso da vida, enquanto eles podem olhar nos vossos olhos, sorrir (ainda que desdentados),  e vos abençoar. Não deixem que as mágoas do passado venham interferir no presente, pois quando os braços deles estiverem cruzados sobre o corpo,   jamais poderão retribuir o abraço recebido.
Aproveitemos o hoje para repassar o amor de Deus derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. (Romanos 5.5).
MARANATA!

segunda-feira, abril 29, 2019

EM TUDO E POR TUDO, AGRADEÇA

“EM TUDO DAI GRAÇAS... DANDO SEMPRE GRAÇAS POR TUDO...” (1 Tessalonicences 5.18; Efésios 5.20

Em um mundo onde o vírus luciferiano do orgulho domina as vidas, o sentimento de gratidão está cada vez mais desaparecendo.
Ingratidão, é fruto do orgulho.
As pessoas que vivem no Reino de Deus tem o dever de serem agradecidas, uma vez que a humildade     domina seu coração, porque sem humildade não recebemos a graça e sem a graça quem poderá ser salvo?
Dai graças em tudo e dando sempre graças por tudo...
Graças pela vida, pela salvação, pela paz com Deus e com os homens
Graças na alegria! Graças na tristeza
Graças na saúde, graças na doença
Graças pelos ganhos, graças pelas perdas
Graças, graças, graças...
Está casado, agradeça...
Está solteiro, agradeça...
É solteirão ou solteirona, agradeça...
Vive sozinho ou sozinha, agradeça...
Tem muito dinheiro, agradeça...
Tem pouco dinheiro, agradeça...
Sofrendo dores...agradeça na esperança de em breve receber um corpo glorioso, sem dor!
Abandonado, desprezado, humilhado, caluniado, prejudicado, agradeça...
Pare de reclamar, questionar, agradeça (Romanos 8.28).
Viva uma vida de gratidão em tudo e por tudo, mesmo que aparentemente seja uma desgraça, uma calamidade, agradeçamos obedecendo à Palavra de Deus. Na nossa obediência Deus muda a situação.
Uma vida de gratidão é uma condição para sermos cheios do Espírito.
A falta de gratidão caracteriza insatisfação (vírus), leva à revolta, à rebelião e desse modo somos dominados pela síndrome de Lúcifer!
Pare um pouco e pense: quantas vezes hoje já agradeceu? Ao acordar? Ao levantar-se? Ao fazer suas AVDs? Ao se alimentar? Ao sair para trabalhar?
Agradeceu pelo marido, pela esposa, pelos filhos, pelos pais, pelos amigos, pelos irmãos?
Agradeceu pelos que são inimigos, porque temos a oportunidade de praticar o que Jesus mandou?
Deixe a insatisfação para trás e comece a agradecer em tudo e por tudo, em nome de Jesus!
Comece a agradecer hoje, e veja o resultado ainda esta semana para glória de Deus!
MARANATA!

sexta-feira, abril 19, 2019

A ALMA VIRÓTICA

“...TAMBÉM DA SOBERBA GUARDA O TEU SERVO,  QUE ELA NÃO ME DOMINE...”
(Salmo 19.13).

Um dia como outro qualquer no jardim que Deus plantara e nele colocara o homem e sua mulher (mulher sem nome).
Homem e mulher estavam distantes um do outro.
De repente, a mulher é surpreendida com uma voz que lhe dirige a palavra. Meio que surpresa, ela descobre que é a serpente. Poxa, ela nunca vira antes a serpente falar. Que passa, então?
O diálogo se inicia, com a serpente fazendo uma pergunta ao que a mulher responde, não do modo que Deus dissera ao seu marido, mas acrescentando uma frase.
A serpente, o diabo, então, abrindo a boca solta a frase que age como um vírus de  ação imediata: “SEREIS COMO DEUS...”
A iniquidade, o vírus luciferiano do orgulho, que foi achada no diabo, manifestada no desejo de ser semelhante ao Altíssimo, entra imediatamente na mente da mulher, contaminando, assim, o seu espírito, sua alma e o seu corpo. Ação tríplice. Pecado consumado por ambos.
A partir daquele momento o vírus passou a todos os homens, e com ele a morte, como está escrito: “ENTRETANTO, REINOU A MORTE DESDE ADÃO, ATÉ MOISÉS, MESMO SOBRE AQUELES QUE NÃO PECARAM À SEMELHANÇA DA TRANSGRESSÃO DE ADÃO...” (Romanos 5.14).
O orgulho é pecado do espírito, contudo, a alma foi também contaminada e até hoje sofremos os efeitos do vírus em nós, mesmo os que estamos em Cristo. Enquanto nesse corpo do pecado, o pecado habita em nós (Romanos 7.17,20), ninguém pode nos livrar dele. Nossa esperança é que um dia que está próximo, esse corpo onde a natureza carnal tenta dominar, será transformado em um corpo glorioso, sem mais resquícios de pecado, aleluia!
Portanto, todo cuidado é pouco para nossa alma manifestar o vírus, o que acontece com muitos, até mesmo os que professam o Senhor Jesus.
Quando o vírus domina a razão, ao invés de vivermos por fé, ficamos a questionar tudo, querendo entender logicamente as coisas que nos acontecem. E aí, ficamos a indagar: por que isso? Por que aquilo? Não entendo para que isso, ou aquilo? Dai, só agimos a partir da razão, e nunca por fé. Se não andarmos por fé, desagradamos Àquele que é o Autor e Consumador da fé.
E, o que dizer quando o tal vírus entra em ação na nossa vontade? Aí, a pessoa fica tão “poderosa” que só faz o que quer, não se submete a ninguém. Tem problemas com figura de autoridade, porque entende que pode fazer o que quer.
As pessoas que estão na terceira idade precisam ter muito cuidado, pois somos tentados a não aceitar o que, principalmente os filhos dizem. O vírus nos leva a pensar que temos mais experiência, e não temos necessidade que nos dirijam a vida, e nos digam o que fazer.
Uma vontade insubmissa à vontade dAquele que nos comprou, caracteriza insubmissão ou rebelião e isso  extremamente grave, pode levar a óbito espiritual.
Conheço alguém, já na terceira idade que diz assim: pensam que vão mandar em mim? Ninguém vai-me governar. Dai, eu li para ela o que Jesus disse a Pedro, escrito em João 21.18. Fazer o que?
Humildade para não entrar em virose.
Quanto às emoções e sentimentos, o vírus age nos fazendo entender que podemos ser controlados por eles, e nos mostramos extremamente sensíveis a tudo o que ouvimos ou recebemos de alguém.
Quando o vírus domina as emoções, somos pessoas muito sensíveis, nos magoamos com tudo, nossa tolerância é zero, tudo é motivo para ficar os chateados, magoados, sofrendo como vítimas.
Certa vez, fui me queixar ao Amigo sobre algo que alguém fez e me feriu. Ele me perguntou: você não está morta? Morto sente alguma coisa? Eu respondi não. Ele me lembrou Colossenses 3.3.
Ainda me disse o seguinte: quanto maior a sensibilidade humana, menor a sensibilidade espiritual e quanto maior a sensibilidade espiritual menor a sensibilidade humana.
Por isso, devemos deixar que o Amigo assuma plenamente o controle das nossas emoções, vivendo sempre em comunhão com Deus, com os irmãos e em paz com todos os homens.
Amados, somente cheios do Espírito poderemos manter a nossa alma livre da virose luciferiana, que
ja tem infectado tantos que se dizem evangélicos, cristãos, e muitos até, têm o nome de que vivem mas estão mortos!
Vigiemos, pois!
MARANATA!

quinta-feira, abril 11, 2019

CRESCEM AS AFLIÇÕES NO MUNDO

“... NO MUNDO TEREIS AFLIÇÕES...” João 16.33

Aflições, segundo o dicionário de português significa estado de ânimo perturbado por causa quero atormenta; atribulação, tormento.
O significado da palavra Grega para aflições é ato de prensar, imprensar, pressão, tribulação, angústias, tormento. Misericórdia! Nada bom não é mesmo amados?
Todavia, as aflições fazem parte da nossa caminhada em Cristo e com Cristo. Não podemos alegar desconhecimento de que uma vida em Cristo nos isenta das aflições. Elas está bem presentes, e,para isso precisamos nos firmar nas sagradas escrituras para não sucumbir diante delas.
O salmista faz a seguinte afirmativa: “ MUITAS SÃO AS AFLIÇÕES DO JUSTO, MAS O SENHOR DE TODAS O LIVRA.” (Salmo 34.19). Glória a Deus pela promessa de livramento.
Jesus nos preveniu de que teríamos aflições no mundo, ou seja, sofremos pressões , tribulações, angústias, enfim e o que fazer quando enfrentamos situações que nos deixam nesse estado de animo?
1. Manter a paz que temos em Jesus (João 16.33). Para isso vai depender do nosso relacionamento com Ele. Se estivermos nEle, a paz permanecerá apesar de, “PORQUE ELE É A NOSSA PAZ...” (Efésios 2.14). Além disso, Ele ainda nos deixou a Sua paz e também no-la deu (João 14.27).
2. Devemos ter bom ânimo (João 16.33). Não nos deixar levar pelo desânimo, pelo sentimento de fracasso, confiando em Jesus que venceu o mundo. Observe que Ele disse eu venci, antes mesmo da ir ao Calvário, porque o Cordeiro já tinha sido morto desde a fundação do mundo. A vitória sobre o mundo já havia sido conquistada, estava garantida, aleluia!
3. Suportar. “SUPORTA AS AFLIÇÕES...”(2 Timóteo 4.5). Não entendo como tantos pregadores ensinam que os que estão em Cristo não sofrem. Será que é fácil aguentar pressão, angústia, tribulação, sem se queixar, sem murmurar, sem questionar, se, se justificar? Uma natureza má e carnal, onde o vírus luciferiano do orgulho quer dominar, nos fazendo sentir cheios de direitos...
4. Sofrer. “SOFRE, POIS, COMIGO, AS AFLIÇÕES, COMO BOM SOLDADO DE CRISTO
JESUS.” (2 Timóteo 2.3). Empatia, demonstração de amor fraternal, sofrer junto, chorar com os que choram.
Quando cada um de nós é tentado a se proteger para não sofrer, a se isolar dos que estão sofrendo a nossa volta, a Palavra nos orienta a sofrer com o irmão e ainda como bom soldado de Cristo Jesus!
Em nome do bom senso, de respeitar a privacidade do outro buscamos ignorar o que o irmão ou a irmã que cultua conosco na mesma congregação está passando. Muitas das vezes sequer percebemos a dor que está estampada em seu semblante.
Procuramos não nos envolver com o que diz respeito à viúva, ao órfão, à esposa de um homem mau, ao que se passa no coração de uma mãe ou pai sofrendo com filhos.
Porém, se quisermos que nas nossas aflições outros sofram conosco, devemos obedecer ao que está escrito. “O QUE QUEREIS QUE OS HOMENS VOS FAÇAM, FAÇAIS VÓS TAMBÉM.” (Lucas 6.31).
Amados, permaneçamos firmes em qualquer circunstância, sabendo que o mesmo Deus pode nos
provar na fornalha da aflição (Isaias 48.10). Por não seria sábio atribuir ao inimigo todo sofrimento que se nos apanha. É extremamente perigoso dizer que tal situação está sendo provocada por alguém usado pelo adversário, quando na realidade, é o próprio Deus quem está fazendo acontecer.
Peçamos ao Amigo Espírito Santo a sabedoria para entender o que acontece conosco, tendo sempre em mente Romanos 8.28.
E como está escrito: “...SE COM ELE SOFREMOS, TAMBÉM COM ELE SEREMOS GLORIFICADO.” (Romanos 8.17)
MARANATA!

segunda-feira, abril 01, 2019

O DESÁFIO DO NOVO ANO


“...BASTA AO DISCÍPULO SER COMO O SEU MESTRE, E AO SERVO COMO O SEU SENHOR...” (Mateus 10.25).

Você sabia?
Segundo a Bíblia em ordem cronológica - Editora Vida, 2003, página 1026, onde está escrito o nascimento e infância de Jesus, está escrito: “ ENQUANTO ESTAVAM LÁ, CHEGOU O TEMPO DE NASCER O BEBÊ,
* 1o. de abril de 5 a.C.
Ninguém pode imaginar a minha alegria por ter nascido no dia em que meu Senhor nasceu! Não somente eu mas todos quantos como eu, tiveram o privilégio de nascer neste dia, glória a Deus!
Já conversei com o Amigo que, este ano que hoje começa em minha vida será um ano de um grande desafio: desejo ser como o meu Senhor!
Mesmo sabendo que o pecado habita em mim, como escreveu o apóstolo Paulo em Romanos 7, que sou sujeita às mesmas paixões que todos os humanos, ainda assim eu desejo ser como o meu Mestre.
Sendo manso e humilde de coração;
Sendo luz do mundo;
Sendo obediente ao Pai;
Sendo submisso à vontade do Pai;
Comendo a comida dele;
Sendo servo ;
Tendo compaixão dos pecadores;
Não discriminando ninguém;
Não fazendo acepção de pessoas;
Não revidando às injúrias;
Suportando tudo sem abrir a boca;
Entregando tudo Àquele que julga retamente
E tantas outras coisas mais, e eu convido você a pesquisar sobre tudo o que Ele foi enquanto na terra, como um de nós.
Mas o glorioso é que Ele passou tudo sozinho e eu tenho a Ele como Sumo Sacerdote, tenho o Amigo como Intercessor, tenho a Palavra que me traz fé e coragem, tenho a Igreja que é o Seu Corpo e me ajuda em oração. Também tenho anjos para me servir, tenho amigos que Ele me deu, de que mais preciso?Absolutamente nada!
Rogo as vossas orações, meus amados, para que o Amigo me ajude a conseguir o meu maior desejo: ser como o meu Senhor!
E o final de tudo será de felicidade com Ele, no lugar que Ele foi preparar nas moradas da casa do Pai!
MARANATA!

sábado, março 30, 2019

NÃO PARE! ANDE!

“... ESTE É O CAMINHO, ANDAI POR ELE.” (Isaias 30.21)

Ei, por que parar a essa altura da caminhada? Quem lhe deu ordem para parar? Ouviste a voz do mentiroso dizendo: “...INÚTIL É SERVIR A DEUS...” (Malaquias 3.14), como o povo de Israel falou?
Jesus é o CAMINHO! O ÚNICO CAMINHO que nos leva para a casa do Pai celestial (João 14.6).
Quando entramos pela PORTA já sabíamos que se a Porta é estreita, o CAMINHO é apertado, ninguém pode alegar ter sido enganado (Mateus 7.13.14).
Não estamos sozinhos na caminhada, absolutamente! Temos conosco o Divino Companheiro, aleluia!
Ele está conosco dia e noite, noite e dia.
Para andar por Jesus é necessário estar nEle. E vamos juntos, debaixo do mesmo jugo, glória a Deus!
Se há aflições na jornada, Ele já nos tinha avisado (João 16.33). E nos deu esperança.
Se a tempestade se levanta, os ventos fortes querem fazer com que o nosso frágil barquinho venha a naufragar, Ele tem domínio sobre a tempestade e, aliás, podemos até andar sobre o mar como o fez Pedro. O segredo, porém, é não tirar o foco do olhar de Jesus.
Ao perder a sintonia com o Autor e Consumador da fé, é claro que afundaremos. Isso é prioridade absoluta “...OLHANDO PARA JESUS, AUTOR E CONSUMADOR DA FÉ,” (Hebreus 12.2).
Todavia, se a tempestade acontece em terra, Ele é o nosso ESCONDERIJO, nossa ROCHA onde podemos nos abrigar e ficar em segurança até que passe a tempestade, glória a Jesus!
Enfrentando deserto, não  pare ANDE!
O Divino Companheiro é SOMBRA durante o dia, quando o sol causticante nos tira as forças e estamos a desfalecer. Ele é ÁGUA para dessedentar a nossa sede. (Isaias 25.4).
Quando a temperatura cai durante a noite, e o frio parece que vai nos congelar até os ossos, eis que
Ele chega devagarinho, docemente e nos aquece com Seu calor. Ficamos confortáveis mesmo que ao
nosso redor tudo esteja congelando.
E, se de repente o mar está diante de nós? Estamos cercados sem saber qual será  a saída, sem problema meus amados. Só temos que seguir as Suas instruções e entrar mar a dentro, pois Ele abre caminho no mar e atravessaremos a pé enxuto, Ele é DEUS!
Na enfermidade, NAO PARE, ANDE! Ele tem poder para curar todas as enfermidades e doenças, tanto do físico, quanto da alma. Agora é que precisamos andar...
Andar por fé, porque o justo viverá da fé!
Andar com confiança, por que os que confiam no Senhor são como o monte de Sião!
Andar com esperança, por que a esperança não traz confusão!
Andar na luz, por que somos filhos da luz!
Andar em comunhão com Deus e com o Corpo de Cristo!
Quando andamos em trevas, o que fazer? Parar? NUNCA! Confira: “... QUANDO ANDAR EM TREVAS E NÃO TIVER LUZ NENHUMA, CONFIE NO NOME DO SENHOR E FIRME-SE SOBRE O SEU DEUS.” (Isaías 50.10).
A velhice chegou! Tenho parar, faltam-me a saúde já não é a mesma... ABSOLUTAMENTE!
“ATÉ A VOSSA VELHICE, EU SEREI O MESMO E, AINDA ATÉ ÀS CÃS, EU VOS CARREGAREI; JÁ O TENHO FEITO; LEVAR-VOS-EI, POIS, CARREGAR-VOS-EI E VOS SALVAREI.” (Isaías 46.4). Aleluia! Glória a Deus!
Andando pelo vale da sombra da morte, e agora? Desesperar? JAMAIS! Pois, “AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, TU ESTÁS COMIGO...” (Salmo 23.4).
Portanto, “AQUELE QUE DIZ QUE ESTÁ NELE, TAMBÉM DEVE ANDAR COMO ELE ANDOU.” (1 João 2.6).
Jesus é o nosso exemplo. Ele foi até o fim, não recuou em nenhum momento mesmo enfrentando tudo desde tentações de todo tipo, e muito mais. Ele foi em frente até o Calvário. Cumpriu cabalmente sua missão e vitorioso e vencedor foi coroado pelo Pai!
Todos quantos não desistirem, não recuarem, mas prosseguirem apesar de igual modo chegarão ao destino final, a Nova Jerusalém que já está preparada para os vencedores da jornada deste mundo.
MARANATA!



sexta-feira, março 22, 2019

VIGILÂNCIA. CUIDADO. ATENÇÃO.


“... GUARDA O QUE TENS...”(Apocalipse 3.11)

Segundo os conceitos do reino das trevas - o mundo, precisamos guardar coisas que são importantes para os seus cidadãos, tipo:
Guardar dinheiro.....ajuntar... poupar... Jesus disse: “Não ajunteis tesouros na terra...”
Guardar bens... armazenar para o futuro... Jesus disse: “Louco, esta noite te pedirão a tua alma e o que tens guardado para quem será?”
Guardar conhecimento... adquirir ... aprender... Está escrito: “O conhecimento incha...”
Há quem guarde títulos, diplomas.
Outros guardam lembranças amargas, sentimentos ruins, (e como guardam!)
Guardar informações...coisas antigas...fotos...enfim...
De acordo com a Palavra de Deus devemos guardar:
A alma - “ ... GUARDA BEM A TUA ALMA...” (Deut. 4.9)
O coração - “...GUARDA O TEU CORAÇÃO... (Prov. 4.23)
A boca, a língua - “O QUE GUARDA A BOCA E A LÍNGUA GUARDA A SUA ALMA DAS ANGÚSTIAS.” (Prov.21.23;13.3)
As vestes - “BEM-AVENTURADO AQUELE QUE VIGIA E GUARDA AS SUAS VESTES...” (Apocalipse 16.15)
Na casa de Deus devemos guardar o pé - “GUARDA O TEU PÉ QUANDO ENTRARES NA CASA DE DEUS...” (Eclesiastes 5.1)
Guardemos também o que temos recebido do Senhor:
Ele nos deu o direito de filho de Deus
Ele nos deu vida
Ele nos deu vida eterna
Ele nos deu paz
Ele nos deu autoridade
Ele nos deu da Sua glória
Ele nos deu a Palavra
Ele nos deu do Seu Espírito
Ele nos deu o Seu amor!
O que queremos mais? Agora só temos que guardar tudo quanto temos recebido como cidadãos do Reino da luz, a partir do momento em que nascemos de novo, aleluia!
Jesus disse à igreja em Filadélfia, que mesmo tendo pouca força ela guardou a Sua Palavra e. Ao negou o Seu nome, por isso, também Ele o guardaria da hora da tentação (Apocalipse 3.8,10).
Para guardar a Palavra precisamos ler e meditar nela, deixar que desça ao coração, e cheios da palavra, seremos cheios do Espírito. Guardando a Palavra não pecaremos contra o Senhor.
Portanto, guardemos o que temos, e recebamos a coroa que está reservada no céu para nós.
MARANATA!



segunda-feira, março 11, 2019

QUANTOS ALTARES TEMOS EM NOSSA “CASA”?

“TEMOS UM ALTAR...” (Hebreus 13.10)

Será verdade que temos mesmo um só altar? Ou temos outros altares?
Quando temos somente um altar em  nós, Aquele que é Rei tem um governo total da nossa vida. Ele é quem dá as ordens, o comando é dEle, e nossa dependência é totalmente dEle.
Ele é prioridade em tudo.
Contudo, há muitos que se chamam pelo nome do Senhor, porém, possui em seu homem interior outros altares, de cujos deuses dependem, sendo os mesmos prioridade no seu viver.
Deus não divide altar. Se em nós o Altar que lhe pertence não é único Ele se afasta. Ele não permite que tenhamos outros deuses diante dEle, e ponto final.
Que tal o altar ao Deus ventre? Há muitos que vivem preocupados com a comida, a bebida... esquecidos que o Reino de Deus nem é comida e nem bebida (Romanos 14.17). Esquecidos, também, que o Pai celestial garante suprir nossas necessidades. Ainda há os que são glutões. Têm que priorizar o estômago, seque conseguem jejuar.
Outro altar que o deus que nele vive é cultuado é o corpo. Misericórdia! Quantas pessoas, especialmente mulheres evangélicas vivem em função do corpo. Passam longo tempo cuidando do cabelo, da pele, do corpo em si, mas não passam dez minutos conversando e adorando o Noivo Amado.
E por que não falar do Deus política? Esse está dominando muita gente boa. Já não precisamos mais de Deus agir por nós, temos políticos até para defender a igreja, ( não a IGREJA). O coração deles está tão cheio desse Deus que ao abrir a boca o assunto é somente a política. Vivem por dentro de tudo o que a política representa, mas de seu interior não flui rios de água vivas!
Há o Deus moleque em cujo altar as crianças estão sendo sacrificadas. Os pais privam os filhosdas suas presenças, terceirizam a criação e a educação deles, não inculcando neles a Palavra de Deus, como está escrito.
Ouvi o testemunho de um ex-muçulmano, falando que quando sua irmã nasceu, o seu pai pegou a criança ainda no sangue, levantou-a e falou ao seu ouvido: Alá é o seu deus!
E todos os dias o pai o fazia levantar-se as três e meia da manhã, ele muito criança ainda, para fazer a primeira oração do dia junto com ele. Depois o menino tinha que decorar o Alcorão antes de tomar café para ir à escola. Imagine!
Infelizmente os pais cristãos, com algumas exceções, deixa a cargo da igreja local o ensinar os seus filhos no caminho em que deve andar, enquanto isso o mundo está inculcando os seus princípios e valores antagônicos aos do Reino de Deus.
Líderes têm se tornado instrumentos de idolatria, cantores têm-se transformado em deuses, e assim os homens estão recebendo acho ra que é devida somente ao Deus único e verdadeiro.
Não podemos esquecer do altar ao Deus mamom. Esse Deus está dominando muitos que se dizem evangélicos, a ponto de usarem o verdadeiro Deus para satisfazer os caprichos de mamom. Buscam de Deus riquezas para gastarem em seus deleites.
Amados, não devemos ter o dinheiro como prioridade em nossa vida, absolutamente! Nossa dependência deve ser total de Deus. Muitos estão cultuando ao Deus trabalho, por causa de mamom.
Não têm tempo para Deus, tampouco para a família, porque sua prioridade é o dinheiro.
Deus tem levado muitos que se dizem seus filhos ao caminho do desemprego para que estes aprendam a viver por fé, a depender do Pai celestial e não do que conquistam com o trabalho.
Cuidado com o deus “eu”. Quando esse altar está ocupado, Deus não tem espaço para fazer coisa alguma. Em tudo e para tudo colocamos o eu. Nossa linguagem é toda voltada para o eu e não lembramos que o Senhor Jesus disse: “...PORQUE SEM MIM NADA PODEIS FAZER.”
Façamos, pois, como o rei Josias e derribemos todos os altares dos deuses a quem temos servido, e nos voltemos inteiramente para o único Deus!
Idolatria é pecado no espírito do homem, é uma manifestação de orgulho e quem é dominado por ela não entrará na cidade santa.
“FILHINHOS, GUARDAI-VOS DOS ÍDOLO.” (1 João 5.21)
MARANATA!

quinta-feira, fevereiro 28, 2019

UM DONO CHAMADO JESUS!


“PORQUE FOSTES COMPRADOS POR BOM PREÇO...” ( 1 Corintios 6.20).

Já parou para refletir sobre esse assunto tão sério? Ei, todo ser humano tem um dono.
“... EU, TODAVIA, SOU CARNAL, VENDIDO À ESCRAVIDÃO DO PECADO.” (Romanos 7.14).
“...TODO O QUE COMETE PECADO É ESCRAVO DO PECADO.” (João 8.34).
“ ... OUTRORA ESCRAVOS DO PECADO...” (Romanos 6.17).
Não tínhamos como nos libertar do domínio do pecado.  Mesmo debaixo da lei o pecado ainda nos dominava.
“ MAS DEUS, SENDO RICO EM MISERICÓRDIA, POR CAUSA DO GRANDE AMOR COM QUE NOS amou...NOS DEU VIDA JUNTAMENTE COM CRISTO — PELA GRAÇA SOIS SALVOS —“ (Efésios 2.4.5).
Jesus veio como um de nós com uma missão muito importante:  comprar os escravos do pecado!
E cumpriu essa missão, glória a Jesus, pois, como está escrito: “...COM O TEU SANGUE COMPRASTE PARA DEUS...” (Apocalipse 5.9).
Que amor! Que coragem! Comprar o que não tinha nenhum valor, trastes imprestaveis, que só mereciam a condenação eterna. Escolheu as coisas desprezadas, loucas, fracas, humildes... mandou trazer os coxos, cegos, mancos e toda a escória que vivia nos valados da vida, aqueles que a lei não permitia ser sacerdotes (Levítico 21), hoje, pela graça são sacerdócio real!
Não tem meio termo: ou servos, escravos do pecado, ou do Senhor Jesus.  Não mais livre arbítrio. Quem está sob o domínio do pecado é controlado, guiado, manipulado pelo príncipe do reino das trevas e seus demônios,  não têm decisão própria, enquanto os que receberam a Jesus, crendo nEle, são guiador, dominados, controlados pelo Espírito de Deus, porque não são de si mesmos.
Escolhidos,  comprados e selados com um Selo de propriedade exclusiva de quem comprou. Quem pertence a Deus tem a marca que lhe identificará no Dia da Redenção (Efésios 4.30).
Bem, agora os comprados por Jesus têm o direito de serem feitos filhos de Deus (João 1.12). E esse direito já é suficiente para que vivamos uma vida tranquila, confiando em quem assumiu a responsabilidade conosco.
Por outro lado, nada mais nos pertence. Tudo é dAquele que nos comprou. Ele é quem determina tudo sobre nossa vida, mas tudo mesmo.
Os escravos não tinham opção de escolha, simplesmente dependiam em todas as coisas do seu senhor.
Desde a comida, a roupa que vestiam, o lugar para viver, a pessoa com quem constituir família... Tambem, o serviço que executavam, se na casa, se no campo, se com os animais, enfim...
O escravo não se preocupava se alguém fizesse alguma coisa contra ele. Não era ele quem tinha que se defender,  mas o seu dono agiria em seu favor.
Amados, será que nos nossos dias, todos os evangélicos, cristãos e outros reconhecem mesmo sua
posição de comprados ?
Se assim fosse tanta gente não andaria por aí reinvidicando direitos no Reino, não é verdade?
Tantos exigindo que o Dono faça o que eles querem, administrando suas vidas à revelia do Dono,
Deixando o “eu” controlar tudo.
Quando verdadeiramente assumimos a posição de comprados, que temos um Dono que Todo Poder lhe foi dado no céu e na terra, podemos viver descansados, confiantes sabendo que a vontade dEle para nós é boa, agradável e perfeita.
Escravo rebelde tem o seu lugar no tronco, açoitado...cuidado, pois!
O nosso Dono cuida de todos os detalhes concernentes a nossa vida. Ele supre todas as nossas necessidades, e por isso temos razão de sobra para vivermos satisfeitos, alegres e felizes!
E como se não bastasse ainda prometeu que viveremos a eternidade junto com Ele na casa do Pai!
O que queremos mais?
Sejamos, portanto, servos submissos, obedientes e contentes em tudo o que nos for ordenado fazer.
MARANATA!




domingo, fevereiro 17, 2019

SOMENTE PARA OS SERVOS

“...OS SEUS SERVOS O SERVIRÃO, CONTEMPLARÃO A SUA FACE, E NA SUA FRONTE ESTÁ O NOME DELE.” (Apocalipse 22.3-4)

Glória a Deus pela gloriosa promessa, porém está é somente para os servos de Deus e do Cordeiro.
Em um tempo em que dificilmente alguém deseja ser servo, quando há um incentivo geral para que sejamos senhores, devemos atentar para este detalhe da Palavra de Deus.
Quando as mensagens que agradam os ouvintes fazendo até comichão nos ouvidos de tão confortáveis são baseadas em um evangelho que exige de Deus direitos, somos conclamados a ser simplesmente servos.
Servos assumidos, comprados por bom preço que alegremente aceitam o jugo do Seu Senhor.
Servos que não questionam ordens, que não reivindicam benesses, que não apresentam tempo de servico, lealdade, absolutamente!
Servos que reconhecem que, mesmo depois de fazerem tudo o que lhes foi mandado devem se considerar inuteis (Lucas 17.10).
Porém, servos que, uma vez comprados por Jesus para Deus, receberam o direito de serem feitos filhos de Deus, por crerem no nome de Jesus. (João 1.12).
E porque são filhos recebem o selo de propriedade exclusiva, a presença do Espírito Santo na vida.
O apóstolo João viu a cidade santa, onde se encontra o trono de Deus e do Cordeiro,  e do trono sai o rio de água viva.
No salmo quarenta e seis, o salmista se refere a “...UM RIO QUE ALEGRA A CIDADE DE DEUS, O SANTUÁRIO DAS MORADAS DO ALTÍSSIMO.”
Segundo as escrituras todos os que estão em Cristo são santuário de Deus, nós somos uma cidade onde Deus habita.
Agora, Ele precisa estar no trono, reinando em nós, assumindo o controle de tudo que nos diz respeito, para que o rio de águas vivas possa fluir do nosso interior.
Jesus disse: “QUEM CRÊ EM MIM, COMO DIZ A ESCRITURA, DO SEU INTERIOR FLUIRÃO RIOS DE ÁGUA VIVA. ISTO DISSE ELE COM RESPEITO AO ESPÍRITO QUE HAVIA DE RECEBER OS QUE NELE CRESSEM...” (João 7.38.39).
Quando recebemos a Cristo como Senhor, não somente como Salvador, estamos assumindo um compromisso de tomar sobre nós o Seu jugo, isto é, a partir daquele momento, Ele é quem vai governar em nós. Entregamos o controle a quem vem habitar na casa, sem exceção de nenhum espaço, tudo, absolutamente tudo, deve estar no controle dele - o Amigo Espírito Santo.
O trono tem domínio em nós e do trono sai o rio de água viva, aleluia! Primeiro o trono, depois o rio. Sem trono não há rio fluindo!
Quando Jesus governa a casa Ele tem liberdade e intimidade total. Ele senta à mesa, e como está escrito: “ ENQUANTO O REI ESTÁ ASSENTADO À SUA MESA, O MEU NARDO EXALA O SEU PERFUME.” (Cantares 1.12). Lindo!
Ele deseja que espalhemos por toda a parte o bom perfume do Seu conhecimento, por isso Ele não desiste e como fez em relação à igreja em Laudicea continua dizendo: EIS QUE ESTOU À PORTA E BATO; SE ALGUÉM OUVIR A MINHA VOZ E ABRIR A PORTA, ENTRAREI EM SUA CASA E CEAREI COM ELE, E ELE COMIGO.” (Apocalipse 3.20).
Está respondido porque há tantos cristãos, evangélicos que não manifestam a presença do Rio de água viva em seu interior: não há trono para Deus!
Quando estamos fluindo água viva, nossas palavras transmitem vida aos que estão mortos, porque ...DA ABUNDÂNCIA DO CORAÇÃO FALA A BOCA.”
Daquele que entronizamos sai o controle da nossa vida. Se deixamos que o nosso “eu” nos controle, Deus se afasta. Deus não governa onde o “eu” está no controle. Ou um ou outro.
O vírus luciferiano do orgulho em nossa vida nos leva a querer controlar não somente a nós mesmo, mas também o nosso próximo, a começar por nossa família. Queremos saber de tudo, estar por dentro de todas as situações, sermos os primeiros a saber das novidades, enfim. E, em nossos dias, nada
melhor do que ser escravo das redes sociais e da mídia em geral.
Se cremos que Deus é Soberano e que Sua vontade é de fato boa, agradável e perfeita, por que ficamos a perguntar a nós mesmos como resolveremos isso e aquilo que já entregamos a Ele para resolver ? Ou pior, ficamos perguntando como é que Ele irá fazer e muitas vezes dando sugestões no seu modo de agir?
Amados, entreguemos de uma vêz por todas o governo da nossa vida a quem de direito, pois somente os servos aqui O servirão ali, e terão o privilégio de contemplar o Seu rosto, aleluia!
Os que forem servos aqui, O tiverem entronizado em suas vidas, aceitando o senhorio dele, deixando que Ele controle tudo, esses, sim, receberão o nome dele na sua fronte, glória a Jesus!
Atenção: o verdadeiro servo, o que tem Deus entronizado em si, está preparado para servir aos santos, ao Corpo de Cristo, onde houver necessidade.
Estamos vivendo para servir a Deus e ao Reino ou buscando sermos servidos segundo a nossa vontade?
Cante comigo
Face a face espero vê-lo, no além do céu de luz,
Face a face em plena glória, hei de ver o meu Jesus!
MARANATA!











segunda-feira, fevereiro 11, 2019

O ANIMAL E O PROFETA

INTERESSANTE!

Em dois episódios na Bíblia Sagrada Deus se mostra corrigindo o profeta e poupando o seu animal.
Veja entre Balaão e a jumenta, quem dos dois o anjo disse que mataria e quem deixaria com vida?
Confira em Números 22.
No livro de 1 Reis 13 temos também um evento importante com um profeta em Bétel.
O profeta desobedeceu. Um leão o matou por ordem de Deus, todavia, o animal que o conduzia foi poupado.
Deus tem cuidado dos animais pois eles pagam uma fatura que não fizeram.
Ele os poupou na Arca. Gênesis 7.
Ele prepara alimento para os filhotes do corvo quando clamam a Ele. Jó. 38; Salmo 147.
E segundo Provérbios 12.10, o justo cuida pela vida dos seus animais.
Enfim, Deus tem cada comportamento!
Bem, Ele é DEUS!
MARANATA!

domingo, fevereiro 10, 2019

A IGREJA QUE VAI SUBIR...

” ...NOS FEZ ASSENTAR EM REGIÕES CELESTIAIS EM CRISTO JESUS.” (Efésios 2.6)

Amados, já parou para pensar onde aqueles que estão em Cristo, que são seu Corpo, a Igreja, se encontram agora?
Tudo bem que a Igreja visível está neste mundo, com a responsabilidade de ser o sal da terra e a luz do mundo (Mateus 5.13.14); para resplandecer como luzeiro no meio de uma geração corrompida e perversa (Filipenses 2.15); para manifestar em todo lugar a fragrância do conhecimento de Deus (Colossenses 2.14), e outros para quês.
Contudo, essa mesma Igreja, o Corpo místico de Cristo, a universal assembleia, a igreja dos primogênitos arrolados nos céus (Hebreus 12.22.23), já está em regiões celestiais onde Jesus está! Cabeça e Corpo já se estão juntos! Glória a Jesus!
E aí está o grande mistério e a grande diferença entre os que se dizem cristãos, evangélicos, e os que estão em Cristo, membros do Seu Corpo: a posição onde se encontra.
Os que estão em Jesus se acham assentados em regiões celestiais, e nos lugares celestiais e por isso, já são abençoados com todas sorte de benção espiritual (Efésios 1.3;2.6); enquanto os que não estão em Jesus andam a correr atrás de bênçãos, especialmente no que se refere à vida material, esquecidos, portanto, de que já temos vida abundante, a vida que Ele, Jesus, nos dá ( os que estão nele).
Essa posição de estar onde Ele está, é destinada agora somente para aqueles que já ressuscitaram com Cristo, porque morreram com Ele, e desse modo, mortos, a vida já está escondida com Cristo em Deus (Colossenses 3.1.3).
Os que estão em Cristo não têm necessidade de se justificarem diante das acusações que lhe são feitas, porque como está escrito “... É DEUS QUEM OS JUSTIFICA.” (Romanos 8.33).
Não consigo entender como um irmão leva outro diante dos tribunais dos ímpios para julgamento
quando a palavra diz para não agirmos assim (1 Coríntios 6.1-6).
A propósito, uma palavra para alguém que se sente injustiçado, que tem pensado em entrar na justiça contra aquele que o tem prejudicado: não o faça! Espere que Aquele que Lhe comprou vai intervir nessa situação e não expor-lhe-á. Afinal, o Senhor tem responsabilidade com o que lhe pertence por direito de propriedade adquirida.
Aproveitemos cada minuto da nossa vida em Cristo, desfrutando de todas as coisas que já temos recebido e que ainda iremos receber conforme Ele mesmo nos prometeu.
Deixemos de lado as mesquinharias da carne, não nos envolvamos com as coisas de baixo a ponto de nos fazer descer das regiões celestiais, nos embaraçando com os negócios desta vida.
E, mesmo em aflições que temos aqui, façamos como Jesus, “...O QUAL, EM TROCA DA ALEGRIA QUE LHE ESTAVA PROPOSTA, SUPORTOU A CRUZ...” (Hebreus 12.2), sabendo que
“...A NOSSA LEVE E MOMENTÂNEA TRIBULAÇÃO PRODUZ PARA NÓS ETERNO PESO DE GLÓRIA, ACIMA DE TODA COMPARAÇÃO,” (2 Coríntios 4.17).
Reavaliemos nossa posição: Em Cristo ou numa igreja evangélica? Em Cristo, ou em uma denominação cristã? Em Cristo ou praticando certa determinada religião?
Façamos, portanto, nossas as palavras de Pedro: “SENHOR, PARA QUEM IREMOS NÓS?”
MARANATA!

domingo, fevereiro 03, 2019

IGREJA, SAL DA TERRA.

“TENDES SAL EM VÓS MESMOS...” (Marcos 9.49)

Todos sabemos que o sal é um mineral, encontrado na terra, o cloreto de sódio.
O homem que foi formado do pó da terra, tem em seu organismo todos os minerais que existem no solo, portanto, devido ao pecado que destrói o nosso corpo, precisamos repor tudo o que vamos perdendo ao longo dos anos.
Quando Deus mandou Moisés preparar o incenso para ser queimado antes do Secerdote se apresentar no LUGAR SANTÍSSIMO, a ordem foi para que se acrescentasse sal. Se faltasse sal ao incenso o mesmo não serviria para Deus. (Êxodo 30.35).
Ao dar instruções como seria a oferta de manjares oferecida pelo povo de Israel, novamente Deus ordena se colocar sal: “TODA OFERTA DOS TEUS MANJARES TEMPERARÁS COM SAL; À TUA OFERTA DE MANJARES NÃO DEIXARÁS FALTAR O SAL DA ALIANÇA DO TEU DEUS; EM TODAS AS TUAS OFERTAS APLICARÁS SAL.” (Levítico 2.13).
O poder sarador do sal foi demonstrado no evento em que o profeta Eliseu fora informado de que as águas de Jericó eram más, e por isso a terra era estéril, embora a cidade fosse bem situada.
A receita do profeta foi mandar trazer um prato novo e por nele sal. O sal foi colocado no manancial das águas, o Senhor tornou saudáveis aquelas águas e delas não mais procederam morte nem esterilidade. Que receita! Sómente o Deus da sabedoria poderia ensinar assim, glória a Deus!
Jó, se refere ao sal como necessário para dar sabor aos alimentos dizendo: COMER-SE-Á SEM SAL O QUE É INSÍPIDO? (Jó 6.6).
A Bíblia se refere ao sal como instrumento de purificação. Deus fala ao seu povo sobre o sua origem, figurativamente, ao fazer referência ao nascimento de Jerusalém: “ QUANTO AO TEU NASCIMENTO, NO DIA EM QUE NASCESTE, NÃO TE FOI CORTADO O UMBIGO, NEM

FOSTE LAVADA COM ÁGUA PARA TE LIMPAR, NEM ESFREGADA. OM SAL,NEM
ENVOLTA EM FAIXAS. “ (Ezequiel 16.4).
Deus fala ao seu povo pelo profeta Ezequiel, que os animais que lhe fossem oferecidos, os sacerdotes deveriam deitar sal sobre eles, para que depois fossem oferecidos em holocaustos. (Ezequiel 43.23,24).
Paulo escrevendo aos Colossenses 4.6, nos diz: A VOSSA PALAVRA SEJA SEMPRE AGRADÁVEL, TEMPERADA COM SAL...”
Como Igreja do Senhor Jesus Cristo, somos o sal da terra, como Ele mesmo afirmou quando falava aos seus discípulos no monte, Mateus 5.13).
Para nós, Igreja, o sal tem a ver com o nosso testemunho pessoal, nossa influência no mundo, nosso
comportamento como filhos da luz, cidadãos do Reino dos céus, aleluia!
Então vejamos:
Nossas orações (incenso) precisam do nosso bom testemunho para que sejam aceitas pelo Pai

celestial, bem como no nosso louvor (oferta de manjares), bem como os nossos holocaustos (nossa
entrega total ao Senhor).
Somente através do uso do sal na esfregação ao nascer a criança, o processo de limpeza era efetivado
 no meio do povo na antiga aliança.
O sal por seu efeito curador nas águas, transformou terras estéreis em fértil.
Do mesmo modo, através do nosso testemunho poderemos levar vidas que não frutificavam para o Reino de Deus (terras), a serem verdadeiros Ramos frutíferos da Videira Verdadeira!
A nossa palavra temperada com sal, tem sabor, não incomoda quem ouve, lê-lo contrário, as pessoas sentem prazer em nos escutar, quando falamos as eternas verdades da palavra, confirmadas com o
nosso bom testemunho, obras que glorifiquem o Pai que está nos céus.
A palavra de Jesus é enfática quando diz: TENDE SAL EM VÓS MESMOS, ou seja, o que
manifestamos em nosso viver diário deve ser brotado expontâneamente, o “sal do testemunho” o “sal
 da aliança “.
Só podemos ter sal se formos sal. Todo membro do Corpo de Cristo, é sal da terra, glória a Deus,
passamos pelo processo do sal: tirados do mar (lugar onde vivem os ímpios, pois a Bíblia diz que eles são como o mar bravio Isaias 57.20.21), colocados na salina (igreja local), dai, passamos pelo
processo de purificação em alta temperatura (provas, tribulações, aflições, tentações), para finalmente podermos ser usados beneficiando espiritualmente vidas.
O sal  nao se mistura, como se vê o evangelho em nossos dias. Mesmo sendo colocado com outros alimento não pega o sabor de nenhum outro, contudo, todos os que estão junto com ele, recebem a sua influência.
É desse modo que devemos viver como sal e tendo sal em nós , pois somente assim nossa
palavra será temperada para falar de Jesus.
E como consequência de termos sal em nós mesmos, teremos paz com todos, para glória de Deus
Quando o nível de sódio está baixo em nosso organismo sofremos de HIPONATREMIA.
Ha alguém hiponateêmico espiritual por aí.
MARANATA!


quinta-feira, janeiro 24, 2019

IGREJA : POVO ADQUIRIDO. FINALIDADE.


"... VÓS SOIS... POVO ADQUIRIDO,, PARA PROCLAMARDES AS VIRTUDES DAQUELE QUE VOS CHAMOU DAS TREVAS, PARA SUA MARAVILHOSA LUZ." (1 Pedro 2.9).

Todos quantos foram chamados das trevas, tranportados para o Filho do amor de Deus (Colossenses 1.13), devem ter consciência de pertencimento.
Jesus nos comprou com seu sangue, e quem é comprado pertence a quem lhe comprou, é adquirido para ser propriedade exclusiva de quem pagou por ele. Foi assim conosco, glória a Jesus!
Agora, essa aquisição tem uma finalidade: "ANUNCIAR AS VIRTUDES DAQUELE QUE NOS CHAMOU..." .
Meus amados, seria muito bom que todos os que professam o Nome do Senhor, obedecessem ao que diz as escrituras. Mas, na verdade, não é bem assim.
Muitos estão frequentando igrejas locais com a finalidade de receber bênçãos, saúde, prosperidade financeira, adquirir bens materiais, enfim... Nem todos anunciam, proclamam as virtudes de Jesus.
O ponto principal é que só podemos falar sobre as virtudes e qualidade de alguém se o conhecemos, mantemos amizade com ele, temos relacionamento de intimidade.
Há evangélicos que sequer conhecem os atributos de Deus!
Devemos anunciar as virtudes do Senhor Jesus não somente por palavras, mas principalmente por obras, através das nossas ações diante do mundo.
Em 2 Pedro 1. 5 a seguir, há uma lista de virtudes que são indispensáveis na vida dos que desejam um dia ter entrada no reino de Deus. Vejamos:
Fé, virtude, conhecimento, domínio próprio, perseverança, piedade, fraternidade, amor.
"PORQUE ESTAS COISAS, EXISTINDO EM VÓS, E EM VÓS AUMENTANDO, FAZEM COM QUE NÃO SEJAIS NEM INATIVOS, NEM INFRUTUOSOS NO PLENO CONHECIMENTO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO...POIS DESTA MANEIRA É QUE VOS SERÁ AMPLAMENTE SUPRIDA A ENTRADA NO REINO ETERNO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO." (2 Pedro 1.8,11).
Responda para si mesmo: para quantas pessoas temos anunciado as virtudes de Deus? O que é que muitos que se dizem cristãos estão anunciando?
Por exemplo, Deus é Santo. É isso exige de nós uma vida de santidade para termos um relacionamento verdadeiro com Ele.
É maravilhoso saber que Deus é bom, contudo, precisamos anunciar essa virtude dele, exercitando a
bondade, como manifestação do caráter de Cristo implantado em nós.
Portanto, amados e queridos leitores, que possamos cada dia receber a graça de espalhar em todo lugar a frangancia do conhecimento de Cristo, como está escrito.
Nossa obediência a Palavra, nos conduzirá de fé em fé, de glória em glória até o Dia da colação de grau, por causa da graça que se manifestou!
MARANATA!

quarta-feira, janeiro 16, 2019

SER CRISTÃO É CONHECER A DEUS?

"MAS O QUE SE GLORIAR, GLORIE-SE NISSO:EM ME CONHECER E SABER QUE EU SOU O SENHOR..." (Jeremias 9.24)

De que nos glóriamos em nossos dias como evangélicos ? (tô fora!).
Há os que glóriam por pertencer a certa determinada família importante; outros em seu elevado nível cultural teológico ( de bacharel a doutor em divindade); outros, ainda, da sua denominação; da quantidade de membros que tem no rol da sua igreja local; dos cargos eclesiásticos; do estatus social, enfim...
Mas será que os que frequentam os templos conhecem a Deus como diz as escrituras? Pois bem, o Amigo me falou algumas coisas acerca de conhecer a Deus:
Muitos vivem como Jó: conhecem-nO de ouvir falar, porque ouvem as experiências dos outros. Outros propõem conhece-lO como o povo de Israel, conforme Oseias 6, para receber as benesses que Ele pode dar. Alguns O conhecem como o Criador de todas as coisas. Há ainda, aqueles que O conhecem por estudarem sobre Ele, lerem muito sobre Ele, enfim...
Até os demônios podem conhecer a Deus como o endemoniado falou, conforme está escrito em Atos 19.15.
Conhecer a Palavra de Deus não quer dizer que O conhecemos, de modo nenhum. Muitos usaram o que está escrito em João 8.32, achando que serão liberto por conhecerem a Palavra, sem, contudo, viverem o que Jesus falou em João 8.31. O versículo 32, portanto, é o resultado do versículo 31.
O conhecer bíblico da Nova Aliança, significa intimidade, relacionamento e aí as coisas mudam.
Só pode conhecer a Deus quem está em Jesus, ou seja, é um com Ele, é membro do Seu Corpo. Essa é uma condição prioritária. E quem está em Cristo é necessariamente Sua ovelha e Ele disse: "EU SOU O BOM PASTOR; CONHEÇO AS MINHAS OVELHAS E ELA ME CONHECEM A MIM." (João 10.14) .
Por causa da intimidade com o Pastor,  as ovelhas ouvem a Sua voz (João 10.27).
Quem conhece a Deus ouve a Sua voz, conhece a Sua voz. Ē óbvio que se alguém mora na nossa casa, sua voz nos é familiar.
Não entendo porque  tantos cristãos precisam ir em busca de um "vaso" para ouvir Deus falar com eles... Deus fala conosco em qualquer lugar, a qualquer hora, independente do que seja, Ele fala e nós reconhecemos a Sua preciosa voz, aleluia!
Quem não ouve o Espírito Santo falar em si, deve repensar a sua fé.
Outra condição para se conhecer a Deus é obedece-lO, como diz a palavra: " AQUELE QUE DIZ: EU O CONHEÇO E NÃO GUARDA OS SEUS MANDAMENTOS É MENTIROSO, E NELE NÃO ESTÁ A VERDADE." (1 João 2.4).
Davi conhecia a Deus e no fim da vida, pode aconselhar o seu filho Salomão dizendo: " TU,   EU FILHO. SALOMÃO, CONHECE O DEUS DE TEU PAI..." (1 Crônicas 28.9).
A palavra é clara: QUEM AMA CONHECE A DEUS. QUEM NÃO AMA NÃO CONHECE A DEUS . (1 João 4.7,8).
Assim, conhecer a Deus ē tr a vida eterna como disse Jesus: " E A VIDA ETERNA É ESTÁ: QUE TE CONHEÇAM A TI SÓ, POR ÚNICO DEUS VERDADEIRO, E A JESUS CRISTO A QUEM ENVIASTE." (João 17.3). Aleluia! Temos a vida eterna agora, Ele nos deu a vida eterna. ( João 10.28) e quem tem Jesus tem intimidade com Deus!
O apóstolo Paulo escrevendo aos Filipenses diz que considerava tudo como perda para conhecer a Cristo (Filipenses 3.8-11).  O que nós estamos dispostos a perder para conhecer a Deus, para uma vida de intimidade com Ele?
Somente aqueles que O conhecem estarão prontos para se encontrar com Ele, naquele grande Dia!
MARANATA!