quarta-feira, agosto 19, 2009

ONDE ESTÃO OS EBEDE-MELEQUES?

“DISSE EBEDE-MELEQUE, O ETÍOPE, A JEREMIAS: PÕE AGORA ESTAS ROUPAS USADAS E ESTES TRAPOS NAS AXILAS, CALÇANDO AS CORDAS; JEREMIAS O FEZ.” ( Jeremias 38.12).
Quantos “Jeremias” estão nas cisternas de “Malquias”, em cisternas sem água, apenas com lama?
Jeremias, profeta de Deus, chamado por Deus, escolhido desde o ventre da mãe, viveu uma vida de inteira dedicação a Deus e ao Seu povo. Foi obediente a ponto de renunciar a casar-se, visto que o Senhor lhe ordenara.
“VEIO A MIM A PALAVRA DO SENHOR, DIZENDO:NÃO TOMARÁS MULHER, NÃO TERÁS FILHOS NEM FILHAS NESTE LUGAR.” ( Jeremias 16.1.2).
Este homem a quem Deus dissera:
“NÃO TEMAS DIANTE DELES, PORQUE EU SOU CONTIGO PARA TE LIVRAR , DIZ O SENHOR.” ( Jeremias 1.8).
Agora, depois de muito sofrimento de maneiras diferentes, encontra-se lançado em uma cisterna com lama, pelo simples fato de ter sido fiel ao que Deus lhe mandara falar!
Ainda hoje não é diferente. Todos quantos se dispõem a fazer a vontade de Deus e a obedecer ao que Ele manda pagam um preço muito alto! Mas com certeza vale a pena obedecer a Deus!
Glória a Deus pela vida de Ebede-Meleque! Era um homem natural da Etiópia, portanto, um africano, de cor negra. Era ele servo do rei. Que bom que o rei não discriminou os negros. O nosso Deus também não faz acepção de pessoas e aceita a todos como seus servos, aleluia!
É admirável a sensibilidade de Ebede-Meleque com a situação do profeta de Deus. Ele não questionou se Jeremias estava certo ou errado; não criticou o profeta; não o acusou, mas sentiu compaixão diante do quadro a que Jeremias fora submetido.
Imagine como se sentiu o profeta. Só Deus sabe o que lhe passou pela mente naquele momento. Afinal, ele fora fiel ao que Deus lhe mandara fala e agora, como conseqüência, estava naquela situação extremamente desagradável: atolado na lama!
Ebede-Meleque, um homem corajoso, não se intimidou mas dirigiu-se ao rei para interceder pelo profeta! Aleluia! Glória ao Senhor por todos quantos têm coragem de se colocar diante do Rei para interceder pelos que se encontram, como Jeremias em situações desconfortáveis simplesmente por obedecerem ao Senhor, como também procuram interceder diante dos líderes em favor dos que são injustiçados.
Mas onde estão os Ebede-Meleques?
Onde estão aqueles que com amor e compaixão estão dispostos a enfrentar sistemas para manifestar misericórdia? O etíope não mediu esforços, não pensou na sua reputação como servo do rei, não pensou nas conseqüências que poderiam lhe advir, mas tomou a atitude de buscar socorro para o profeta.
O que vemos é que Ebede-Meleque não era egoísta, não pensava em si mesmo, mas também na situação do seu próximo. Infelizmente há muitos que se chamam pelo Nome do Senhor, mas na hora de mostrar amor e misericórdia, de se colocarem do lado da justiça, preferem poupar a sua pele, manter a sua posição nos sistemas humanos, em alguns casos, buscando subir de posição ou adquirir honras.
Prouvera a Deus que neste dia muitos Ebede-Meleques sejam levantados no meio do povo de Deus para ajudar a não morrer de fome profetas e enviados de Deus.
O mesmo rei que ordenara que fizessem o que quisessem com Jeremias, agora dá ordem ao seu servo, o eunuco Ebede-Meleque, para juntar trinta homens e ir tirar o profeta da cisterna, aleluia! Ebede-Meleque encontrou graça diante do rei. Deus agiu em favor do seu servo, o profeta. Deus continua a agir por nós meus amados. E tem mais: se dentre o povo de Deus não se levantar um intercessor, Ele levantará alguém como levantou o etíope, escravo para ser instrumento de salvação! Deus é Deus!
Quando o povo da família não se dispõe o Senhor tem como despertar alguém de fora para fazer a Sua vontade, contanto que o Seu servo não morra de fome, glória a Deus! Se o livramento não vem por meio dos judeus, Deus usará gentios para fazer. Aleluia!
O Amigo Espírito Santo continua a nos perguntar: onde estão os Ebede-Meleques deste tempo? Quem está disposto a abrir mão da sua posição, do seu status evangélico, do seu cargo ou função, arriscando tudo para pedir ao rei um favor para o profeta?
Veja a sua volta pois com certeza há alguém atolado na lama (não do pecado, claro), mas na lama da calúnia, do falso testemunho, da inveja espiritual, das mentiras que enlameiam a reputação espiritual, enfim. Quantos encontram-se quase a morrer de fome, isolados do povo, por causa do incômodo que causam por buscarem a vontade de Deus para suas vidas.
Não é necessário se rebelar contra o rei (lideranças), porém ter coragem de interceder pelos que sofrem. Se não podemos fazer ao rei da terra, que o façamos diante do Rei dos reis! Intercedamos pelos profetas que estão pagando o preço por obedecerem a Deus.
E o final da história foi feliz. Jeremias foi tirado da cisterna, pois Deus deu a Ebede-Meleque companheiros para executarem o trabalho e serem bem sucedidos. Profeta de Deus não morre de fome atolado na lama! Deus é bom e cuida dos que são seus, aleluia!
Se você é profeta de Deus, instrumento do Espírito Santo para falar a Palavra de Deus, não tema a coisa alguma. Seja fiel ao que lhe comissionou e ainda que lhe metam na cisterna, Deus enviará Ebede-Meleque para que, com a ajuda de cirineus espirituais possa dar livramento ao seu servo.
O livramento virá não se preocupe e nem busque entender de que maneira virá. Ainda que seja através de cordas e trapos velhos, coisas que não têm valor, os que fazem a vontade de Deus não morrem de fome atolados na lama, glória a Deus!
Façamos, pois, a vontade de Deus custe o que custar. Sejamos fieis em tudo!
Maranata!

5 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada irmã Lídia Fernandes,
A Paz do Senhor Jesus"!

Que benção seu texto.
Está faltando Ebede-Meleques no Reino!

Muitos, até tem boa intenção de ajudar os que estão no fundo do poço, mas por nâo buscarem estratégias concedidas pelo Espirito Santo, além de não conseguirem ajudar, findam por impor mais sofrimentos a quem já está por demais ferido.

Que o Amigo os ensine as estratégias.

Não basta querer salvar, é preciso estratégias que não aumente os ferimentos daqueles que estão quase à morte.

Que Deus continue fazendo o milagre em sua vida.

Um grande abraço ao Pb. Daniel!

Seu filho na fé,
Pr. Carlos Roberto

Cleonice Luiza Moreira de Sá disse...

A paz do Senhor amada irmã Lídia!

Que benção todos os seus posts!

Gostaria de pedir-lhe permissão para postar algum de seus textos no meu blog....aguardo sua resposta!

UM GRANDE ABRAÇO!

Cleonice - Cascavel - Paraná

blogs www.cleonicedesa.blogspot.com
e www.mulher-unica.blogspot.com

Lidia Fernandes Da Silva disse...

Glória a Deus! A paz do Senhor meu filho e Deus te abençoe
Sou agradecida a Deus por sua vida e por entender aquilo que temos tentado comunicar nos assuntos que o Amigo nos trazem à mente para escrever.
Em tudo e por tudo Deus seja louvado!
Meu abraço com oração para si e para a amada Sarah.
a conserva

Lidia Fernandes Da Silva disse...

Prezada irmã Cleonice, a paz do Senhor
Glorificado seja o Senhor por tudo quanto o Amigo me tem ajudado a transmitir através destas postagens.
Fique à vonte, pois afinal, nada é nosso tudo vem do Senhor.
Um abraço com saudações a todas as irmãs de Cascavel.
A conserva em Cristo

José Roberto Santos Pinheiro Santos Pinheiro disse...

Irmã que Deus o abencoe