quarta-feira, junho 30, 2010

A RESPONSABILIDADE COM OS IRMÃOS NA FÉ


“.. NEM FAZER QUALQUER OUTRA COISA COM QUE TEU IRMÃO VENHA A TROPEÇAR OU SE OFENDER OU SE ENFRAQUECER.” ( Romanos 14.21).

Meus amados e queridos irmãos que pela graça e misericórdia do Senhor nos lêem, já imaginaram se todos nós estivéssemos dispostos a obedecer a Santa Palavra de Deus nesta escritura em particular? Quantos problemas seriam evitados? Como o maligno deixaria de ter munição para atingir a tantos como ele tem atingido, dentro das igrejas locais?
Como está escrito:
“... ORA, VÓS SOIS CORPO DE CRISTO; E INDIVIDUALMENTE, MEMBROS DESTE CORPO.” ( 1 Coríntios 12.27).
Partindo da premissa de que a Igreja é o Corpo de Cristo, cada salvo, nascido de novo, é batizado neste Corpo pelo Espírito Santo, passando a ser um membro do Mesmo.
Desse modo, todos devem agir em comum, tudo fazendo para manter a unidade do Corpo tão desejada pelo Senhor Jesus Cristo, pela qual Ele orou ao Pai um pouco antes de ir para o Calvário.
No que depender de cada um de nós precisamos evitar qualquer coisa que venha fazer o nosso irmão, membro tanto quanto nós desse maravilhoso Corpo, tropeçar ou se ofender ou enfraquecer. Como falhamos nesse particular meus amados!
Quantas vezes com as nossas atitudes, com as nossas palavras provocamos escândalo ao nosso irmão novo convertido, fraco na fé ou mesmo a alguém que está chegando para a nossa comunidade local. E muitas vezes usamos a nossa língua para isso.
Lembro de que uma minha amiga estava recém chegada em uma congregação. Foi a um culto e do seu lado sentou-se uma irmã que, assim que teve a primeira oportunidade começou a perguntar se ela era nova naquela congregação. Ao ouvir da minha amiga que sim, começou a falar que minha amiga tivesse cuidado com a irmã fulana, a irmã sicrana, o irmão beltrano e assim foi dando a ficha de cada um dos irmãos. Aborrecida, a minha amiga virou-se para ela e perguntou-lhe:
-- E quem é mesmo a senhora, qual a sua ficha? Ela calou-se.
Meus amados, que o Amigo Espírito Santo nos dê cada dia mais sensibilidade para evitar ofender o nosso irmão.
E por que não mencionar o que se passa entre marido e mulher que, muitas das vezes são crentes, com cargos na igreja local, mas vivem em constante troca de ofensas, se desrespeitando um ao outro, esquecidos de que a Bíblia diz no contexto sobre casamento:
“PORQUE SOMOS MEMBROS DO SEU CORPO.” ( Efésios 5.30).
Tanto o marido quanto a mulher não podem esquecer que todo aquele que magoar um membro do Corpo de Cristo está magoando, ferindo, ofendendo a Cristo como Cabeça do Corpo. É muito sério!
Não é porque são marido e mulher que têm o direito de desobedecer à Palavra de Deus e se morder ou devorar um ao outro.
Também precisamos ter cuidado para não fazer com que alguém venha a enfraquecer na fé por causa do nosso testemunho, das nossas atitudes como salvos.
Por exemplo, quantos têm enfraquecido a ponto de se afastarem do Caminho por causa de crentes que lhes pediram dinheiro emprestado e simplesmente, além de não pagarem o que deviam ainda se tornaram seus inimigos. Outros usam o cartão de crédito do irmão e por fim se mudam sem cumprir com a sua responsabilidade, provocando o irmão à ira, fazendo-o pecar.
As pessoas que exercem liderança na casa do Senhor devem orar pedindo sabedoria como o fez Salomão, visto o povo do Senhor ser um povo especial, particular, propriedade exclusiva de Deus e como tal deve ser tratado.
Para cada pessoa há um tipo de tratamento. Nem todos podem receber o mesmo tipo de atenção, até porque há membros e membros no Corpo.
Eu fico a imaginar se de repente alguém se apresentar diante de Cristo no Seu tribunal e ouvir da sua boca a seguinte frase:
--- Sabe por que fulano não chegou aqui? Por causa do seu mau testemunho, porque você não respeitou a sensibilidade espiritual dele e não teve misericórdia na maneira como lidou com ele.
Que o Senhor tenha de nós misericórdia!
Todos tropeçamos como está escrito. Todos somos sujeitos a cometer falhas, todavia, precisamos ter a humildade suficiente para nos dirigir à pessoa com quem falhamos (isso serve também para marido, mulher e filhos), e mostrar nosso arrependimento pela atitude errada, pedindo perdão e declarando amor.
Busquemos ajuda do Amigo Espírito Santo para termos sensibilidade e, se possível, irmos procurar aquela pessoa que sabemos que ofendemos já há muito tempo para acertar a situação.
Nunca devemos esquecer que nem podemos ofertar na casa de Deus se não estivermos em paz com os nossos irmãos. A oferta de quem não está em comunhão com os irmãos não é aceita por Deus.
Não entendo como tanta gente boa pode fazer de conta que está bem quando sequer pode mencionar o nome de alguém, quanto mais demonstrar o verdadeiro amor por esse alguém. Guarde-me o Senhor disso!
Assim que meus amados e queridos irmãos que o Senhor nos dê a graça de sermos filhos obedientes, ainda que para isso tenhamos que abrir mão de nós mesmos, vivendo uma vida de abnegação e renuncia na presença de Deus.
Maranata!

Um comentário:

Sempre Senhor Jesus disse...

A paz do Senhor Jesus, é com muita alegria que conheci o seu blog, fico agradecida ao Senhor por ter na terra muitos que amam a sua palavra , pois muitos só querem o título de cristão , mas na verdade não são . A paz do Senhor! http://sempresenhorjesus.blogspot.com/
http://muitoespeciais.blogspot.com/