sexta-feira, janeiro 28, 2011

ASSENTADOS NA RELVA

“DISSE JESUS: FAZEI O POVO ASSENTAR-SE; POIS HAVIA NAQUELE LUGAR MUITA RELVA. ASSENTARAM-SE, POIS, OS HOMENS EM NÚMERO DE QUASE CINCO MIL.” ( João 6.10)

Sei que neste dia alguém precisa ser despertado para tomar a atitude de assentar-se na relva. Não sei qual a sua necessidade, talvez não seja a mesma daquela multidão: alimento para o corpo; podemos estar necessitados de tantas coisas que não são alimentos! O Senhor sabe muito bem o que precisamos, Ele é Deus!
Interessante é observar que a multidão era constituída por quase cinco mil homens que tinham passado o dia a ouvir Jesus. Será que eles não trabalhavam? Será que perderam um dia de trabalho? O que teria levado tantos homens para um lugar deserto com a finalidade de ouvir um Homem?
O evangelista Mateus refere-se que ali também estavam mulheres e crianças, ou seja, as famílias estavam juntas para ouvir as palavras do Mestre.
É maravilhoso ler sobre este momento no ministério de Jesus!
A Bíblia não diz que o povo reclamava com fome; nem diz que as crianças estavam inquietas; tão pouco o povo tinha pressa em se retirar da presença de Jesus. Fantástico!
Oh, Deus! O que será que se passa conosco? Por que estamos tão atarefados que não conseguimos passar um tempo maior na presença de Jesus? Por que ficamos incomodados quando o culto se prolonga por alguns minutos? Por que as nossas crianças estão inquietas na casa de Deus? Por que os homens não podem tirar um tempo para estar nos pés de Jesus? Por que o trabalho secular é tão prioridade nas nossas vidas o que nos leva a viver apressados até mesmo quando estamos aos pés do Mestre?
Parece que o tempo parou para aquela gente. Por que o relógio não para quando estamos na oração? Por que em momentos onde a glória de Deus está manifesta temos que lembrar algo que temos para fazer, em particular, e precisamos sair imediatamente?
Amados, é hora de assentar-se na relva! Assentados na relva, sem que eles soubessem de onde e nem como veio a provisão chegou!
Nada de inquietação; nada de perturbação; nada de estresse; nada de questionamentos; tão somente assentar-se na relva e esperar, pois, afinal estamos na presença de Jesus, ou melhor, estamos nEle, aleluia! Nosso privilégio é bem maior do que o daquela multidão; eles viam a Jesus, podiam até tocá-lO, mas não O tinham dentro de si como nós O temos, aleluia!
No lugar onde Jesus está há provisão; necessidades são satisfeitas; ninguém é despedido vazio ou com necessidade, porque Ele é o Pastor e para quem O tem como Pastor nada lhe falta, glória a Deus!
Seja qual for a sua necessidade hoje pare, descanse, espere; sente-se na relva e aproveite um momento de quietude na presença de Jesus.
Calma, confie, creia tão somente que a provisão vai chegar nas suas mãos como chegou nas mãos daqueles homens que se assentaram em obediência ao mandado de Jesus. Eles não precisaram se levantar para pegar a provisão, eles foram servidos.
A provisão vai chegar para você e você será servido pelo instrumento que Deus usará para prover, glória a Deus!
O melhor é que a provisão de Deus não é regrada, mas abundante, pois todos comeram se saciaram e ainda sobrou bastante, aleluia!
Não será diferente! O que Jesus proverá suprirá a necessidade e ainda vai sobrar; não deite fora o que sobrar, aproveite bem, lembrando que Jesus mandou recolher os pedaços que sobejaram e disse:
“... PARA QUE NADA SE PERCA.” ( João 6.12).
Nada de extravagância; nada de desperdício. Buscar orientação do Amigo Espírito Santo acerca do que fazer com o que sobrou; Ele orienta, eu sei.
O Senhor não supre somente a nossa necessidade material, mas também a necessidade espiritual, a necessidade emocional.
Qual a sua necessidade hoje? Creia que o mesmo Jesus que estava naquele lugar deserto e se compadeceu da multidão não mudou! Ele continua atento as nossas necessidades e intercede por nós à direita do Pai. O segredo é estar na Sua presença, interessado nas Suas palavras, obedecendo ao seu mandar.
A multidão não sabia que um rapaz tinha um lanche e que daquele lanche individual tantos seriam beneficiados. O Senhor não traz a provisão apenas através de quem tem muito, do que lhe sobra, mas Ele usa quem está disponível e sensível para abençoar e ser abençoado como o foi aquele rapaz.
Atenção: se o Senhor quiser lhe usar para abençoar alguém com o pouco que você tem hoje não relute; entregue o que tem para o Senhor usar em favor de quem está necessitado e certamente o investimento retornará multiplicado para glória de Deus.
Relva, lugar de provisão, de cuidado, de carência suprida, de alegria pela multiplicação, de organização para receber o milagre; relva, lugar de famílias reunidas na presença de Jesus sendo por Ele alimentadas tanto espiritual quanto materialmente; relva, lugar de dependência total do Senhor!
Não se faça de rogado: assente-se na relva e receba a provisão das mãos do grande Provedor – Jesus!
Maranata!

Um comentário:

osvaldpinto disse...

Irmã Lidia, a paz do nosso Senhor Jesus!

Tenha certeza que alguém precisa assentar-se a relva (eu)imprimir para ler e ler ,releio esse texto para que fique gravado no meu coração, como eu preciso aprender e estar mas na presença do meu amado.Oro para que nosso Amigo " Espirito Santo" continue te inspirando.

Neide,