sexta-feira, fevereiro 03, 2012

A OSTEOPOROSE ESPIRITUAL

“... MESMO QUE O NOSSO HOMEM EXTERIOR SE CORROMPA, CONTUDO, O NOSSO HOMEM INTERIOR SE RENOVA DE DIA EM DIA. ( 2 Coríntios 4.16).
O Amigo sempre me traz lições associando ao que estudamos na Universidade, na área de saúde, aplicando em relação a nossa vida espiritual.
Nesses dias estive meditando sobre essa patologia: Osteoporose. É uma doença assim denominada em virtude dos ossos ficarem porosos, isto é, descalcificados.
A osteoporose é uma patologia relacionada com o envelhecimento do ser humano, portanto, acontece no período da velhice; embora sendo mais presente no sexo feminino também ocorre em homens na terceira idade. Uma vez que os ossos ficam fragilizados, especialmente o fêmur e a coluna vertebral, o risco de fratura é cada vez maior e em alguns casos, não seria uma queda que provocaria a fratura, mas ao contrário, o osso partiu-se e a pessoa sofreu a queda.
Uma boa alimentação na infância onde a criança recebe a quantidade de cálcio suficiente para ter ossos fortes ajudará a retardar esse mal na velhice. A maior fonte de cálcio que se conhece é o leite e seus derivados, associado à exposição aos raios solres (vitamina D) e exercícios.
Se observarmos atentamente para a vida espiritual de muitos evangélicos (to fora!), o diagnóstico seria o de osteoporose espiritual. A osteoporose provoca falta de firmeza, de segurança, pelo risco da queda.
Dois fatores são importantes observar nesse processo:
1. A alimentação dos novos convertidos. Em muitos casos tais os recém-nascidos espiritualmente não recebem o leite puro, como está escrito: “ DESEJAI ARDENTEMENTE, COMO CRIANÇAS RECÉM-NASCIDAS, O GENUÍNO LEITE ESPIRITUAL, PARA QUE POR ELE, VOS SEJA DADO CRESCIMENTO PARA SALVAÇÃO.” ( 1 Pedro 2.2.).
Ao invés de se alimentarem da Palavra de Deus, o puro leite, estão sendo alimentados com guloseimas que ao invés de nutrir provoca obesidade.
As gerações que foram bem nutridas com o ensino verdadeiro da Palavra de Deus, embora não se tivesse tanto conhecimento teológico como em nossos dias, são homens espiritualmente com estrutura óssea saudável; têm ossos fortalecidos com o tutano, não há porosidade. Isso traz segurança e firmeza espiritual na caminhada com Cristo.
Em nossos dias tem sido oferecido aos bebês espirituais um leite misturado e o resultado é que muitos sequer chegam à maturidade.
2. Em segundo lugar sendo a osteoporose uma doença característica da velhice, há muitos que estão vivendo a velhice espiritual! Isso é um grande perigo; o perigo de ser um crente velho com todas as mazelas inerentes ao envelhecimento.
Não é difícil identificar essa fase na vida de alguém, tendo em vista que a Palavra de Deus nos sinaliza acerca do assunto (Eclesiastes 12). Alguns sintomas são: dias onde o prazer com as coisas do Reino acabou; nada agrada mais; é só descontentamento. A força para o trabalho no Reino acaba (braços trementes); dificuldade para caminhar a carreira que nos está proposta por conta de joelhos enfraquecerem. O apetite diminui; não sente sabor na Palavra, tem fastio. Os lábios se fecham, porque o fervor da juventude se foi. O tempo em que falar de Jesus era prioridade ficou para trás; há sempre uma desculpa para não evangelizar. Ossos descalcificados, porosos! Insegurança em prosseguir e o perigo maior é a queda e com a queda as conseqüências que podem impedir de voltar a caminhar a não ser com a ajuda de algum recurso.
Amados, no que depender de nós evitemos esse mal em nosso homem interior cuidado bem da nossa alimentação espiritual; não negligenciemos a meditação na Palavra enchendo dela o nosso coração para que sejamos nutridos com a melhor fonte de cálcio que há ( Provérbios 4.20 a 22)
Também não descuidemos da exposição aos raios do SOL; Ele, o Sol da justiça, o nosso amado Senhor Jesus! O contato diário com Ele fortalecerá os nossos ossos; é maravilhoso passar tempo com Ele em oração, adorando-O, louvando-O!
Mover-se é muito importante; exercitar-se na piedade como diz a Palavra. De modo nenhum sejamos pessoas imóveis, estáticas no Reino de Deus. Atentemos que a imobilidade leva à inatividade e por conseqüência à inutilidade e todos sabemos o que acontecerá ao servo inútil (Mateus 25.30).
Peço ao meu Senhor que eu seja uma velha crente e nunca uma crente velha! Devemos viver sempre em novidade de vida e temos a promessa de que a nossa “MOCIDADE SE RENOVA COMO A ÁGUIA.”
Concluindo com o texto base: “... O HOMEM INTERIOR SE RENOVA DE DIA EM DIA” até aquele dia em que o nosso corpo corruptível se revestir da incorruptibilidade e aí, nunca mais envelheceremos; osteoporose nunca mais! Aleluia!
MARANATA!

2 comentários:

ALEXANDRE disse...

PRECISO E QUERO ME ALIMENTAR SAUDAVELMENTE NO QUE DIZ RESPEITO AS COISAS ESPIRITUAIS,POIS PRECISO CRESCER NA FÉ E NÃO ENVELHECER A FÉ;PRECISO DA PALAVRA(LEITE ESPIRITUAL), PRECISO DO SOL(JESUS),PRECISO DE EXERCITAR(USO A FÉ),QUE DEUS EM CRISTO NOS PERMITA TAL PRIVILÉGIO AMÉM! IRMÃ LÍDIA,ÉS VERDADEIRAMENTE SAL DA TERRA E LUZ DO MUNDO,EXEMPLO DOS FIÉIS.DEUS TE ABENÇÕE.

Silene disse...

Maezinha, que palavra maravilhosa! No dia que Deus permitir eu subir em um púlpito para pregar, falarei desta palavra.
Serviu muito pra mim sabia? Estou precisando de muuuito leite e me exercitar, pois estou sentindo uma fraqueza por conta da responsabilidade que assumi e precisando de colo.
Jesuuuus tenha misericórdia de mim.
Bjs maezinha e não esqueça de mim em suas orações ok?
Amo vc!!!