terça-feira, setembro 18, 2007

PAULO, UM HOMEM QUE NÃO SE DEIXOU CORROMPER


“ AO MESMO TEMPO ESPERAVA QUE PAULO LHE OFERECESSE ALGUM DINHEIRO...” ( Atos 24.26).

A corrupção tem estado presente na vida do homem desde que o pecado entrou no mundo.
A questão do suborno, da peita, da troca de favores já estão registrados nas páginas do Sagrado Livro.
O suborno é o ato de corromper com dádivas.
“ ... O SUBORNO CORROMPE O CORAÇÃO”. (Eclesiastes 7.7).
Deus é enfático quando fala ao povo de Israel:
“NÃO ACEITE SUBORNO, POIS O SUBORNO CEGA ATÉ OS QUE TÊM DISCERNIMENTO E PREJUDICA A CAUSA DOS JUSTOS”. (Êxodo 23.8).
Aceitar suborno é atitude de ímpios e nunca de um filho de Deus:
“O ÍMPIO ACEITA ÁS ESCONDIDAS O SUBORNO PARA DESVIAR O CURSO DA JUSTIÇA”. (Provérbios 17.23). E ainda:
“NÃO ME DÊS O DESTINO DOS PECADORES, NEM O FIM DOS ASSASSINOS; NAS SUAS MÃOS EXECUTAM PLANOS PERVERSOS, PRATICAM SUBORNO ABERTAMENTE”. ( Salmo 26.10).
Parece até que estamos lendo o jornal de hoje em nosso país! Quanta corrupção! Quanto suborno!
Paulo estava preso. Era inocente segundo a lei, nada havia feito que justificasse a sua prisão. O presidente Felix sabia que Paulo não merecia estar preso, porém não tinha coragem de soltá-lo, e por isso mandava chamá-lo de vez em quando esperando que Paulo lhe corrompesse.
Paulo conhecia o que estava escrito na Palavra de Deus, o que Deus havia determinado ao povo de Israel. Jamais ele seria instrumento para praticar o suborno, ainda que fosse para ser livre. Ele preferiu sofrer a pena, do que se corromper.
A Bíblia está recheada de exemplos de pessoas que se corromperam, como por exemplo:
Jezabel subornou homens para dar falso testemunho acerca de Nabote (1 Reis 21.8).
Os libertinos subornaram homens para caluniarem Estevão (Atos 6.11).
Segundo as escrituras, o verdadeiro cidadão do céu não aceita suborno:
“QUE NÃO EMPRESTA O SEU DINHEIRO VISANDO LUCRO NEM ACEITA SUBORNO CONTRA O INOCENTE”. (Salmo 15.5).
Em um sistema extremamente corrompido é muito difícil viver sem se envolver com corrupção. Desde as pequenas coisas até as grandes, somos tentados a praticar suborno de alguma maneira.
Será que alguém está imune a uma proposta de corrupção? Terá alguém que nunca foi tentado para “dar um jeitinho” quando enfrentamos uma situação na qual estamos errados?
Entretanto, estejamos alerta meus queridos para não darmos legalidade ao inimigo das nossas almas. Jamais nos deixemos corromper e muito menos sejamos instrumentos de corrupção para não contaminarmos nossas vestes espirituais!
Na Jerusalém celestial não entrará nada que contamine:
“NELA JAMAIS ENTRARÁ ALGO IMPURO, NEM NINGUÉM QUE PRATIQUE O QUE É VERGONHOSO, MAS UNICAMENTE AQUELES CUJOS NOMES ESTÃO ESCRITOS NO LIVRO DA VIDA DO CORDEIRO”. (Apocalipse 21.27).
Aniversariantes PARABÉNS! Salmo 91.11


Um comentário:

rutinha disse...

Olá Irmã Lídia, aqui é Ruth, filha do Pastor Jonas e irmã Amilde. Serei mais uma leitora de seu blog.

Foi muito interessante e agradável tê-la tão perto esses dias.

Gostei muito do texto, realmente a Bíblia tem tudo, lição não nos falta!

Que Deus continue te abençoando, beijos.