quinta-feira, novembro 30, 2006

OS PENSAMENTOS DE DEUS – 21

“PORQUE OS MEUS PENSAMENTOS NÃO SÃO OS VOSSOS PENSAMENTOS”... (Isaias 55.8).
Seguindo nessa linha de meditação, os pensamentos de Deus nada têm a ver com os do homem.
Haja vista a experiência de Jó.
Um homem de quem Deus dera testemunho diante de Satanás. Homem que conhecia a Deus de ouvir falar, segundo suas próprias palavras e, mesmo vivendo em uma terra cujos moradores eram adoradores de muitos deuses, Jó adorava ao Deus verdadeiro e Deus o tinha como servo.
No meio da sua provação quando os seus amigos lhe apertavam com palavras de acusação tentando provar que tudo quanto ele estava passando era conseqüência do seu pecado, mesmo reconhecendo a grandeza de Deus, entretanto, foi tomado de pensamentos negativos, pessimistas. Assim falou Jó:
“... EU SEGUIREI O CAMINHO POR ONDE NÃO TORNAREI.” (Jó16. 22). E ainda:
“O MEU ESPÍRITO SE VAI CONSUMINDO, OS MEUS DIAS SE VÃO APAGANDO, E SÓ TENHO PERANTE MIM A SEPULTURA.” (Jô 17.1).
Eram esses os pensamentos de Jó. Não viverei mais. Tudo o que tinha perdi. Nunca mais terei parente, amigos que me considerem. Filhos? Nunca mais! Cheguei ao final de tudo!
Contudo, Deus pensava diferente a respeito de Jó!
A história de Jó teria de ser conhecida na terra com um final feliz. Tudo quanto ele passou iria ajudar a muitos através dos séculos. Somente a eternidade dirá o quanto o sofrimento de Jó serviu para encorajar a tantos que também passaram provações.
O pensamento de Deus era que Jó O conhecesse não apenas de ouvir falar, mas de vê-lo com os seus olhos (Jó 42.5).
O pensamento de Deus era dar a Jó um final de vida cheio de alegria, prosperidade em todas as áreas, aliás, ele recebeu em dobro tudo quanto fora perdido. Ele não morreu até que os pensamentos de Deus a seu respeito fossem cumpridos.
Todas as provações pelas quais passamos neste mundo têm um propósito bom para nós. Deus as usa como instrumento de aperfeiçoamento para a nossa vida espiritual e depois nos coroa de benignidade e de misericórdia, aleluia!
O sofrimento que vivemos hoje não pode se comparar com o fim que nós esperamos.
“PORQUE EU BEM SEI OS PENSAMENTOS QUE PENSO DE VÓS, DIZ O SENHOR; PENSAMENTOS DE PAZ, E NÃO DE MAL, PARA VOS DAR O FIM QUE ESPERAIS.” (Jeremias 29.11).
Creiam na palavra de Deus meus amados!
O pensamento de Deus a seu respeito é que o último estado será melhor que o primeiro (Jó 8.7); a glória da última casa será maior do que a primeira (Ageu 2.9). Aleluia!
Depois de entender a grandeza de Deus Jó pode se expressar com muita segurança:
“BEM SEI EU QUE TUDO PODES, E QUE NENHUM DOS TEUS PENSAMENTOS PODE SER IMPEDIDO.” (Jó 42.2).
Aniversariantes PARABÉNS! Colossenses 3.16

Um comentário:

VALDELANIA LOPES SOUSA disse...

Achei uma benção essa mensagem sobre os pensamentos de Deus, gostaria que se possivél fosse publicado algo mais sobre o assunto.